.

RESENHA: CAÇADORA DE ÁRVORES

25 de março de 2022

 


CAÇADORA DE ÁRVORES
Editora: Marie Paylenko
Páginas: 176
Ano de publicação: 2021
Compre através deste link

A pequena Samaa vive em um mundo que poderá ser o nosso em alguns anos: a vida na face da Terra desapareceu quase que totalmente e a areia devorou tudo. As pessoas, agora nômades, caçam as últimas árvores e vendem a madeira para sobreviver. Samaa também gostaria de caçar árvores, mas é impedida por este ser um trabalho considerado masculino. Um dia, porém, ela decide desobedecer às ordens dos mais velhos e secretamente seguir os caçadores até o deserto, onde descobre que longe de casa tudo é diferente. Ao se perder dos homens, a menina vai de encontro àquilo que pode mudar o destino de sua tribo para sempre. Tendo como cenário um tempo futuro, em que observamos o declínio do planeta devido as consequências do aquecimento global e do uso desenfreado dos recursos da Terra, A caçadora de árvores traz lições sobre a importância da vida e a preservação do meio ambiente, tudo isso envolto em uma narrativa bela e contemplativa.



Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Caçadora de Árvores lançado pela editora Nacional. O livro é de autoria de Marie Paylenko  e a resenha foi escrita por Leonardo Santos.  

Samaa é uma menina de doze anos que tem uma missão em mente: Ser uma caçadora de árvores. Na realidade em que vive, onde desertos tomaram o lugar que anteriormente eram tomados por florestas, encontrar uma árvore é um feito raro - assim como manter a própria existência humana. 

Nos quilômetros de desertos que se espalharam como uma doença pelo planeta, ser um Caçador de Árvores se tornou uma das funções mais importantes dos grupos de nômades que atravessam as regiões repletas de areias. Mas essa função é dada apenas a homens. 

Samaa, no entanto, não liga pra isso. Ao ver que uma pequena comitiva de Caçadores sai de seu refúgio para cumprir sua missão, a jovem garota se aventura e vai com eles secretamente. Porém, longe de casa ela irá entender que tudo é muito mais difícil do que aparentava ser nas histórias que ouvia. 

Comecei "Caçadora de árvores" sem pretensão alguma, na verdade eu nem conhecia a história direito, me aventurei de cara e o resultado foi ótimo! Em suas 170 páginas (um livro curtinho que pode lido de uma vez), Marie Paylenko nos dá uma narrativa muito bem construída e também que serve como um enorme alerta para onde nós, como humanos, estamos nos dirigindo. 

Além do papel de conscientizar (o que é incrível, pois o livro tem em si um teor infanto-juvenil), a história se sustenta por si só, nos dando personagens interessantes (como a própria Samaa) e um enredo que nos cativa desde as primeiras páginas. 


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: ESTADO ELÉTRICO

SIGA NO INSTAGRAM

PORÃO NO YOUTUBE!







Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels