.

RESENHA: O RETRATO DE DORIAN GRAY

24 de janeiro de 2022

 


O RETRATO DE DORIAN GRAY
Autor(a):  Oscar Wilde
Editora: Darkside Books

Páginas: 320
Ano de publicação: 2021
Compre através deste link.

Londres, 1890. Entre médicos e monstros, assassinatos e mistérios, uma história sobre imortalidade, beleza e criminalidade é criada por uma das mentes mais indomáveis da história da literatura. O Retrato de Dorian Gray, a história da pintura maldita que se degrada com a passagem das décadas, deixando o seu modelo intocado pelo tempo, finalmente adentra a galeria da DarkSide® Books em uma edição feita para agraciar admiradores e arrebatar novos leitores. Único romance de Oscar Wilde, O Retrato de Dorian Gray combina o apuro literário e estético de seu autor com uma trama sombria, pontuada por paixões, crimes e a brilhante e sarcástica verve wildeana. Publicado em 1890 na revista norte-americana Lippincott’s, o romance foi relançado em livro um ano depois em uma edição que censurou diversos trechos da obra. Dorian Gray primeiramente ofendeu uma geração vitoriana que encontrou na relação entre os amigos Dorian, o jovem retratado, Basil, o pintor apaixonado, e Henry, o lorde cínico, “o amor que não ousava dizer o seu nome”. Depois, fascinou leitores, críticos e artistas, que viram no enredo que remete ao mito de Fausto o Evangelho de um decadentismo que acredita em uma vida de arte, prazer e fascínio sensorial. Tudo isso em meio a um fim de século no qual a convenção e a moralidade corroíam qualquer prazer que a existência humana poderia desfrutar. Organizada por Enéias Tavares ― que além de autor da casa, é professor e pesquisador ― a edição especial da DarkSide® Books vem repleta de conteúdos exclusivos. Paulo Cecconi assina a nova tradução, que teve como base a edição original publicada na revista Lippincott’s e sem censura.  

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro O retrato de Dorian Gray lançado pela editora Darkside Books. O livro é de autoria de Oscar Wilde e a resenha foi escrita por Leonardo Santos. 

INDICAÇÃO DE LEITURA: ANA BEATRIZ BRANDÃO

20 de janeiro de 2022


Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje o post na verdade é uma indicação literária! Esses três livros de romance tem atraído muita atenção de diversos leitores e leitoras pelo país e decidi trazer mais informações sobre eles! 


Os três fazem parte da mesma série e tem autoria de Ana Beatriz Brandão! Quer conhecer mais sobre? Dá uma olhadinha logo abaixo!

RESENHA: MALDIÇÃO

 


MALDIÇÃO
Autor(a):  Vários autores
Editora: Trama
Páginas: 288
Ano de publicação: 2021
Compre através deste link.

Basta apenas uma picada de agulha, uma mordida na maçã ou um par de sapatos vermelhos. As maldições existem em todas as formas e tipos, surgem quando menos se espera e podem se dirigir a qualquer pessoa ― não apenas a quem tem padrastos não muito queridos… Muito além de uma simples antologia composta por autores consagrados e premiados, "Maldição" propõe, com exclusividade, uma reviravolta no próprio conceito dos contos de fadas. Do clássico ao moderno, aqui as fábulas que tanto amamos e mitologias totalmente novas convergem em uma perspectiva inédita, revelando histórias nunca publicadas, contos clássicos com ares contemporâneos e até mesmo poemas de terror. Seja para assustar ou para alertar, aqui estão as melhores ― e mais sombrias ― histórias de magia, por grandes nomes do gênero. Alguns desses textos podem chocá-lo, alguns podem fazê-lo rir, mas certamente todos vão impressioná-lo com sua originalidade. Pedimos apenas que tome cuidado ao ler este livro. Tome muito, muito cuidado…

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Maldição lançado pela editora Trana. O livro é de autoria de Vários autores e a resenha foi escrita por Leonardo Santos. 



RESENHA: FLORES DA MORTE

18 de janeiro de 2022

 


FLORES DA MORTE
Autor(a):  Jen Williams
Editora: Trama
Páginas: 368
Ano de publicação: 2021
Compre através deste link.

Após o inexplicável suicídio da mãe, a ex-jornalista Heather Evans precisa retornar à casa de sua infância e acaba descobrindo algo aterrador: centenas de cartas trocadas entre sua mãe e o famoso assassino em série Michael Reave. O Lobo Vermelho, como é chamado pela imprensa, está preso há mais de vinte anos pelas mortes brutais e ritualísticas de inúmeras mulheres, embora sempre tenha alegado inocência. Quando o corpo de uma jovem é encontrado decorado com flores, exatamente da mesma forma como Reave deixava suas vítimas, ele é a única pessoa que pode colaborar com a investigação. Depois de anos de silêncio, Michael Reave enfim está disposto a falar… apenas com Heather. Para descobrir a verdade sobre a morte da mãe e impedir que o sangue de outras vítimas seja derramado, Heather vai precisar enfrentar o Lobo — e este é apenas o início da caçada. Até que ponto conhecemos de verdade nossos familiares? Até que ponto conhecemos de verdade a nós mesmos?

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Flores da morte lançado pela editora Trana. O livro é de autoria de Jen Williams e a resenha foi escrita por Leonardo Santos. 

RESENHA: H.P. LOVECRAFT MEDO CLÁSSICO

16 de janeiro de 2022

 


H.P LOVECRAFT MEDO CLÁSSICO
Autor(a):  H.P. Lovecraft
Editora: Darkside Books

Ano de publicação: 2021
Compre através deste link.

Stephen King, Neil Gaiman, Caitlín R. Kiernan, Ridley Scott, Sam Raimi, Alan Moore e muitos outros criadores seguem o mesmo líder. Se você também é um adorador do lado mais sombrio da literatura, junte-se ao culto a H.P. Lovecraft.Hoje em dia fica difícil imaginar a cultura pop sem a presença de Howard Phillips Lovecraft. Reconhecido como o legítimo sucessor de Edgar Allan Poe, Lovecraft passou a vida desenvolvendo seres e universos fantásticos. Assim como Tolkien, ele criou sua própria mitologia com deuses e entidades ancestrais.Seu terror cósmico, onde o bem e o mal independem de carma ou moralidade, influenciou muitos dos livros, filmes, bandas e games que a gente tanto ama. De Evil Dead a Re-Animator, de Alien aos zumbis de George Romero, das músicas do Metallica às capas do Iron Maiden, das partidas de Alone in the Dark ao Asilo Arkham de Batman... os exemplos de adaptações e inspirações são incontáveis, a ponto de “lovecraftiano” ser considerado um estilo.A primeira editora brasileira inteiramente dedicada ao terror e à fantasia não poderia comemorar cinco anos de estrada sem o mestre dos mestres em sua casa.  
Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro H.P Lovecraft - Medo clássico lançado pela editora Darkside Books. O livro é de autoria de H.P. Lovecraft e a resenha foi escrita por Leonardo Santos.  

RESENHA: GAROTA A

11 de janeiro de 2022

 


GAROTA A
Autor(a):  Abigail Dean 
Editora: Verus 

Páginas: 280
Ano de publicação: 2021
Compre através deste link.

Para leitores de Quarto e Objetos cortantes, Garota A é um romance psicologicamente imersivo sobre uma jovem que foge do cativeiro ― mas não dos segredos que assombram sua vida. Ela pensou que havia fugido de seu passado. Mas há coisas que você não pode deixar para trás.Lex Gracie não quer pensar em sua família. Ela não quer pensar em como foi crescer na Casa dos Horrores. E não quer pensar em sua identidade como a Garota A, aquela que escapou, a que libertou o irmão mais velho e os quatro mais novos.É fácil evitar seus pais: o pai nunca saiu da Casa dos Horrores que ele mesmo criou, e a mãe passou o resto da vida atrás das grades. Mas, quando a mãe morre na prisão e deixa a casa da família para os filhos, Lex não pode mais fugir do passado. Com sua irmã Evie, Lex pretende transformar a Casa dos Horrores em um centro comunitário usado para fazer o bem. Mas primeiro ela precisa se reconciliar com seus irmãos ― e com a infância que eles compartilharam.O que começa como uma história eletrizante de fuga e sobrevivência se torna um envolvente drama psicológico sobre as alianças e traições entre irmãos ― e os segredos que eles guardam de si mesmos e uns dos outros. Quem cada um deles se tornou? Como suas memórias desafiam ou contradizem as de Lex? Conforme pressiona cada irmão a concordar com seu ato final, Lex descobre quão potente é a mitologia que cerca sua família, quem entre eles permanece escravo do passado e quem realmente se libertou. “Fantástico.” ― Paula Hawkins, autora de A garota no trem

 

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Garota A lançado pela editora Verus. O livro é de autoria de Abigail Dean e a resenha foi escrita por Leonardo Santos. 

RESENHA: CÉSAR & TIBÉRIO

 


CÉSAR & TIBÉRIO
Autor(a):  Allan Massie
Editora: Faro Editorial

Páginas: 256 | 240  
Ano de publicação: 2020
Compre através deste link.

Júlio César é apresentado ao leitor narrando suas memórias como general e político romano, cujo nome original era Décimo Júnio Bruto Albino. Na prisão, enquanto aguarda julgamento e condenação à morte por sua participação na conspiração contra o grande César – seu pai adotivo e grande líder da República –, Décimo Bruto tenta justificar a traição e aquele assassinato rememorando a obsessão cada vez maior de César pelo poder absoluto que poderia destruir os quase quinhentos anos da República Romana. Assim, narrando a vida de Décimo Bruto, Massie revela ao leitor uma admirável compreensão da política da época em toda a sua complexidade. Há nesse texto inúmeras passagens que se tornaram históricas, uma rede de intrigas, corrupção dentro dos círculos de poder no período da transição de Roma, que logo viria a constituir seu governo sob forma de Império, que duraria 500 anos. | Neste livro, Allan Massie apresenta ao leitor o próprio Tibério escrevendo suas memórias no final da vida. Foi imperador na época da Crucificação de Cristo, que foi comandada por Pilatos, prefeito da pequena Judéia. O segundo no comando do império romano, afilhado de Augusto, governou Roma por quase 23 anos, tendo atuado no comando de legiões romanas e como tribuno, antes de ser nomeado Imperador. Para sua coroação, uma estranha série de mortes de descendentes diretos de Augusto lhe abriram o caminho. Sua larga experiência política garantiu uma sucessão tranquila. No entanto, na etapa final de seu comando, havia se tornado um autocrata melancólico e hesitante, desgostoso com a degeneração que viu crescer no império. Nessa autobiografia romanceada, Massie reabilita seu protagonista, desmentindo alguns historiadores que retratam Tibério apenas como um déspota assassino e depravado. O testamento dessa figura cativante e quase trágica é oferecido como uma arte que é em si um testemunho do fascínio duradouro que os primeiros imperadores romanos exercem sobre nosso passado



Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é dos livro César & Tibério lançado pela editora Faro Editorial. O livro é de autoria de Allan Massie e a resenha foi escrita por Leonardo Santos. 



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: O RETRATO DE DORIAN GRAY

NOVIDADES PARA 2022

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels