.

RESENHA: CAIXA DE PÁSSAROS

13 de dezembro de 2018

Caixa de Pássaros
Autora: Josh Malerman

Editora:
 Intrínseca
Páginas
: 272
Resenha escrita por:
 Leonardo Santos

Romance de estreia de Josh Malerman, “Caixa de Pássaros” é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler. Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão.


Fala galera do Porão Literário! Tudo  certo? Nesse final de ano estou tentando focar em livro mais curtos para ter uma leitura mais fluída durante essa época tão agitada, acho que tenho lido bem (pelo menos até agora) e esse método tem me ajudado um pouco. Pensando nisso peguei um livro que comprei mês passado e estava doido pra ler, Caixa de Pássaros! Quer saber o que eu achei? Confira a resenha logo abaixo:


Estranhos acontecimentos começam a ganhar atenção na mídia global, todos estão ligados a uma série de suicídios extremamente violentos que se alastra como uma epidemia extremamente viral. No entanto, antes de cometer o suicídio em si, essas pessoas muitas vezes acabam matando pessoas ao seu redor, seja amigos, seja os próprios filhos. 

O surto toma proporções apocalípticas, tudo o que se sabe até então é que algo, alguém ou alguma coisa se estreita nas ruas, em plena vista de todos, e basta um único olhar para a criatura para que a pessoa tenha um surto violento e acabe cometendo suicídio. Enxergar não é mais seguro, sair de casa sem estar vendado pode ser fatal. Qualquer vestígio de luz externa pode lhe matar. Nesse mundo, Malorie precisa sobreviver. Vivendo com sua irmã em uma casa no subúrbio,  Malorie descobre que está grávida em um momento onde a humanidade presencia aquilo que pode ser seu fim. 
Cinco anos se passaram desde o início do fim, no presente, Malorie se encontra com duas crianças (O Garoto e a Menina) que foram treinados para possuir uma audição apurada, afinal, nesse mundo onde a visão não pode ser confiada, os outros sentidos precisam ser aguçados. Entretanto a maior dúvida é, o que aconteceu com Malorie durante esses quatro anos? Como ela sobreviveu?

Com uma pegada de suspense bem estilo Hitchcock, Caixa de Pássaros me surpreendeu muito pela dose de suspense muito bem arquitetado, isso pela subjetividade da principal ameaça do livro. Apelidado de criatura por alguns dos personagens, a grande questão que fica no ar é "afinal, o que está forçando as pessoas a cometerem suicídio?" Ninguém sabe o porquê, só sabem que está associado ao que a pessoa enxerga antes de surtar. Essa deixa pode ser entendida em muitos parâmetros, seja metafísicos ou filosóficos, e a genialidade da narrativa não está em explorar o lado ficcional de tudo isso, mas muito pelo contrário, está em explorar a condição humana.
Assim como imaginou anos atrás, antes de as crianças terem nascido, quando a inércia da porta da frente a lembrou de que a insanidade estava à espreita, independentemente do fato de que alguém que você gostava estava do lado de fora com ela.
Perder a visão para aqueles que tem dela um recurso disponível parece ser doloroso, mas imagine possuí-la e não poder usá-la? Imagine estar em um ambiente aberto completamente desconhecido com uma venda nos olhos, sentir algo passar próximo a você, tocar sua pele ou ranger de forma assustadora em seu ouvido enquanto tudo o que você pode fazer é tentar imaginar um cenário onde você possa escapar sem saber para onde está correndo? Pois é, dá calafrios em qualquer um. E é esse recurso que Josh Malerman utiliza tão bem em sua obra. 

Malorie é uma personagem incrível, acompanhamos ela em dois momentos, um quando o surto começa e ela ainda vive com a sua irmã e descobre estar grávida; e o presente, onde com duas crianças de quatro anos, parte em uma viagem de barco para tentar sobreviver. Esses dois momentos são alternados entre os capítulos, e mesmo a maioria sendo focada no "passado" (ou seja, no início do surto), cada um carrega uma carga de tensão que te prende a leitura. Josh utiliza bastante da tensão sonora e sensitiva, já que nos momentos mais aflitivos não temos o personagem narrando a situação através de sua visão, ele utiliza sons e sensações para provocar o terror. Tal método poderia dar muito errado se o autor não soubesse como desenvolver esses elementos, já que estamos acostumados a sentir medo por aquilo que vemos, por sorte o autor consegue criar uma tensão ainda maior pelo o que não podemos ver. 

Sério, em muitos momentos você fica tão tenso achando que o personagem vai tirar a venda que quando percebe está começando a roer as unhas! 

Muito se fala sobre o final do livro, e sem spoilers, eu gostei muito do final por ser condizente com toda a obra. Só te digo que não vá esperando um final que conclua toda a obra, porque grande parte da magia de Caixa de Pássaros está na sua abordagem psicológica e sensorial. A evolução e principalmente, adaptação de Malorie ao novo mundo é incrível e verossímil, sua relação com as crianças e indagações sobre ser mãe em um mundo completamente diferente daquele que conheceu mostra um lado extremamente humano da personagem e nos faz sentir muito mais empatia por ela. 
E, se o problema for uma criatura que nossos cérebros não são capazes de entender, merecemos isso. Sempre supus que o fim viria da nossa própria estupidez.
No geral Caixa de Pássaros é um livro rápido que provoca aflição e reflexão ao leitor! Os elementos narrativos utilizados por Malerman funcionam e garantem uma experiência bem sensorial, enquanto a medida psicológica proposta ao pensar o que levaria o ser humano a ter um comportamento tão imediato e agressivo quanto a descrita no livro também serve como um ótimo ponto de partida para enxergar (cuidado!) Caixa de Pássaros como um thriller psicológico de arrepiar.  

13 comentários:

  1. Olha.. Palmas para você! Sério.. Assim que acabei de ler a resenho fui correndo comprar um exemplar, já quero ler! Valei pela super indicação!

    ResponderExcluir
  2. Meu muito massa, fiquei intrigado pra ler.
    Me corrija se eu estiver errado, mas a netflNevai lançar o filme ainda esse mês, certo? Eu vi anúncios pelo metrô e hoje pude ler a resenha que me deixou mais curioso pra ler e pra ver o filme

    ResponderExcluir
  3. Toda resenha que eu vejo desse livro eu faço questão de falar que foi realmente a minha melhor experiência literária de 2018. Cara, é surreal você "ouvir" o livro, nada é descrito, e o que é descrito é quase nada! É muito bom, eu comi o livro com farinha de tão sensacional que ele é!

    Bom, preciso falar que acho que o filme vai ser horrível, mas só por causa da minha experiência com o livro, em que você ouve mais do que vê, não acho que vá ser uma boa adaptação, mas tô pagando pra ver mesmo assim.

    Belo trabalho!

    ResponderExcluir
  4. Eu amoooo esse livro. Aguardando ansiosa pelo filme. Adorei a resenha! Ficou show

    ResponderExcluir
  5. Adorei essa resenha e coloquei esse livro na minha lista, mas só depois que eu terminar um do mestre King rs.
    Emerson Lemes.

    ResponderExcluir
  6. Realmente esse livro me deu uma aflição enorme! E realmente gostei muito dele,mas podem dizer muitas coisas,porém acho que aquele final poderia ser melhor trabalhado,mas não tira o mérito do livro ser bom.

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Esse é um livro que divide opiniões e confesso que não li ainda exatamente pelos comentários negativos que tanto escutei a respeito do mesmo. Mas, depois que vi o trailer do filme, fiquei completamente instigada a lê-lo. Estou querendo comprar, mas só acho com a capa do filme e queria a capa original.
    Por ter essa carga de tensão, imagino o quanto vá mexer com nossas emoções e nos levar por um passeio repleto de suspense. O final é bem criticado, sei que é um final em aberto, mas tenho curiosidade em saber o que de fato acontece. Adorei sua opinião e resenha!

    beijos!

    ResponderExcluir
  8. Ja li várias resenhas sobre esse livro e a cada uma vejo que realmente vou precisar le-lo para ter uma opinião condizente com o mesmo. Percebo que ele agrada uns e desagrada a outros e fico feliz de ver que este não foi o teu caso. Fiquei curiosa sobre o final.
    Parabéns pelo post e pela resenha!

    ResponderExcluir
  9. Oi! Nossa, eu tenho esse livro há séculos, mas ainda não li a leitura. Ainda que thriller psicológico seja um dos meus gêneros favoritos, pelo tanto o que mexe com a nossa mente, sempre me peguei com o pé atrás devido as grandes críticas ao final. Mas, com a adaptação chegando, PRECISO ler e farei isso essa semana. Sua resenha, uma das melhores que li sobre ele até hoje, me despertou a vontade real. Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  10. Gente, amei a sua foma de escrever!!
    Não sei se o livro é bom, se a história me chamou a atenção ou até mesmo pelo fato de sua escrita ser simplesmente convidativa para leitura. rs
    Confesso que o livro me lembrou muito o "Ensaio sobre a Cegueira, José Saramago".
    Adorei a indicação, parabéns!!

    ResponderExcluir
  11. Olá
    Nossa esse é um livro que estou sempre recomendando para quem pergunta, o clima que o autor consegue criar é sensacional.
    Li um outro dele esse ano e lá descobri que o autor é músico, deve ser por isso que ele consegue mexer tão bem com essa coisa do som.

    ResponderExcluir
  12. Esse livro está na minha lista, adoro esse tipo de história, sempre envolvente.

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem?
    Eu estou lendo "Caixa de pássaros" e estou curtindo até o momento. O filme já tentei assistir duas vezes e pelo cansaço que estou acabei dormindo, mas está bom, mesmo com as diferenças.
    Abraço!

    ResponderExcluir



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels