.

RESENHA: UMA MULHER NA ESCURIDÃO

28 de maio de 2019


Uma Mulher na Escuridão
Autor: Charlie Donlea

Editora:
 Faro Editorial 
Páginas
: 303 páginas
Resenha escrita por:
 Leonardo Santos
Livro cedido pela editora



Ao limpar o escritório de seu pai, falecido há uma semana, a investigadora forense Rory encontra pistas e documentos ocultados da justiça que a fazem mergulhar num caso sem solução ocorrido 40 anos atrás. No verão de 1979, cinco mulheres de Chicago desapareceram. O predador, apelidado de Ladrão, não deixou nenhum corpo ou pista — até que a polícia recebeu um pacote enviado por uma mulher misteriosa chamada Angela Mitchell, cujas habilidades não-ortodoxas de investigação levaram à sua identidade. Mas antes que a polícia pudesse interrogá-la, Angela desapareceu. Agora, Rory descobre que o Ladrão está prestes ser posto em liberdade condicional pelo assassinato de Angela: o único crime pelo qual foi possível prendê-lo. Sendo um ex-cliente de seu pai, Rory reluta em representar o assassino, que continua afirmando não ser o assassino de Angela. Agora o acusado deseja que Rory faça o que seu pai prometeu: provar que Angela ainda está viva. Enquanto Rory começa a reconstruir os últimos dias de Angela, outro assassino emerge das sombras, replicando o mesmo modus operandi daqueles assassinatos. A cada descoberta, Rory se enreda mais no enigma de Angela Mitchell, e na mente atormentada do Ladrão. Traçar conexões entre passado e presente é a única maneira de colocar um ponto final naquele pesadelo, mas até Rory pode não estar preparada para a verdade.


Fala galera do Porão Literário, tudo bem? Hoje trago a resenha de um lançamento fresquinho da Faro Editorial de nada menos do que um dos maiores autores da editora, estamos falando de Charlie Donlea, o mestre do suspense! Em seu quarto livro, Uma Mulher na Escuridão, Charlie resgata muito daquilo que o colocou como um autor tão amado pelos fãs, e aí, bora conferir? É só continuar lendo.

 Em Uma Mulher na Escuridão, temos um thriller dividido entre dois pontos de vista. Aqui, tanto Rory quanto Angela são protagonistas da história, no entanto, cada uma em sua devida época. Digo isso porque enquanto tempos Rory nos dias atuais, Angela protagoniza uma trama no final da década de 70, mas vamos aos poucos... Pra começar, Rory é uma investigadora encarregada de reconstituir casos para a Polícia de Chicago, ela tem uma habilidade ímpar em analisar casos de homicídio e compreender a mente de um assassino, tais características levam ela a ser a melhor em sua área. Entretanto, Rory decide tirar umas férias para relaxar, e assim que decide voltar ao campo de investigações recebe a triste notícia da morte de seu pai.

O pai de Rory foi um advogado muito influente na região, e com sua morte Rory é encarregada de cuidar de um de seus casos mais importantes, a libertação de um homem conhecido como O Ladrão. Rory pouco conhece sobre o caso, apenas que o homem foi condenado por homicídio. Mas mesmo assim tal caso a atiça a pesquisar mais sobre, e conforme o passado vai sendo analisado, segredos vem a tona.

Em contraponto temos Angela, que após ver no jornal a série de assassinatos que está ocorrendo na cidade, torna-se obcecada em descobrir quem está por trás dessas mortes, mesmo sofrendo de surtos de ansiedade e enjoos contínuos, a mulher passa a caçar o serial killer que ganha notoriedade pelos cantos da cidade.

Vamos lá, gosto muito dos livros do Charlie Donlea, mesmo tendo opiniões divergentes com A Garota do Lago (uma de suas principais obras), acredito que o autor tem grande potencial narrativo no gênero de suspense, em seu quarto livro em senti uma narrativa muito mais madura e precisa, o que é sempre muito bom de se reparar em um autor! Uma Mulher na Escuridão é mais certeiro em desenvolver seus personagens para então apresentar uma trama de suspense, tanto é que eu acredite que o livro seja mais dramático do que tenso (e acredite, isso é uma coisa muito boa).

Mesmo eu achando que o enfoque realmente seja mais dramático, Charlie nos proporciona ótimos plot twists (marca registrada do autor), digo ótimos pois entre seus quatro livros, esse com certeza foi o que mais me surpreendeu positivamente. Amo quando um autor dá dicas do desenvolvimento final do roteiro ainda nas páginas iniciais, isso mostra o quanto a obra foi pensada desde o começo, e nesse livro Charlie faz isso.

Entrando em pontos negativos, creio que o único que realmente tenha me incomodado seria a parte final, que para mim ocorreu de forma muito rápida. A tensão foi muito bem construída nas três primeiras partes do livro, e quando chegamos na quarta (nomeada de A Escolha), parece que o autor teve pressa em finalizar a história e as coisas meio que se resolvem na pressa.

Mas no geral Uma Mulher na Escuridão me surpreendeu como uma obra bem desenvolvida em seus personagens e com drama e suspense na dose certa. Não sei se supera o meu amor por Deixada para Trás, que é meu livro preferido do autor, mas com certeza a história de Rory está disputando o pódio.

12 comentários:

  1. Olaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
    Gosto quando os livros têm duas visões. Normalmente as duas visões são completamente opostas. Pronto, o mais habitual é um casal como aqui. Nunca vi de dois homens ou de duas mulheres.
    Beijokitaz





    www.devaneiosdemissl.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Miss, siiim,isso atribuiu em muito pro livro, eu amei!

      Excluir
  2. Olá :)

    Quando adolescente, meus livros preferidos eram os livros de suspense, mas com o passar dos anos acabei deixando de lado e lendo mais poesia, crônicas, filosofia... Mas fiquei instigada a ler esse livro e a conhecer mais sobre esse autor!
    Ótima resenha :)
    Um beijo!

    www.oinstavelmundodajuh.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um suspense bem escrito é sempre uma boa pedida, espero que goste desse haha

      Excluir
  3. Sou uma romântica assumida, apaixonada por romances, mas também vivo de rolo com livros de suspense e mistério. Gostei bastante da tua resenha e fiquei super curiosa a respeito do livro. Já o quero nas minhas futuras leituras!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que todos nós amamos um bom romance, mas é bom dar uma variada e ir pro suspense às vezes, espero que goste desse!

      Excluir
  4. Charlie é o MEU NOME DO MOMENTO!! Adoro esse homem e suas obras. Estou com esse livro desde o lançamento, porém estou em leitura coletiva com o pessoal de um grupo de thriller. Esperando chegar a hora. Não aguento olhar para ele aqui o meu lado. hahahahahahaha
    Dica certeira!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHA espero que eles comecem a ler logo pra que você possa devorar esse livro, e olha, é muito booom

      Excluir
  5. Oi, tudo bem? Tenho visto muitos elogios sobre o autor nos últimos tempos e confesso estou muito curiosa para conhecer a escrita dele. Esse é meu gênero favorito de livro e histórias assim sempre me prendem. Uma pena o final ter sido tão rápido. Depois de uma história tão intensa esperamos que o final também seja. Espero ler em breve. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você gosta de um bom suspende e de plot twists com certeza vai amar os livros do Charlie, espero que possa ler um dele logo

      Excluir
  6. Olá
    Adoro livros policiais e de suspense, ainda mais quando tem um serial Killer, isso traz uma urgência bem empolgante para a leitura. Ainda não li nada do autor e a curiosidade sobre sis escrita só aumenta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente, esse livro te prende por conta disso, é muito louco!

      Excluir



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels