.

RESENHA: ATÉ QUE A CULPA NOS SEPARE

5 de outubro de 2019


Até que a culpa nos separeAté que a Culpa nos Separe
Autores: Liane Moriarty

Editora: Intrínseca

Páginas
: 464 páginas
Resenha escrita por:
 Leonardo Santos

Amigas de infância, Erika e Clementine não poderiam ser mais diferentes. Erika é obsessivo-compulsiva. Ela e o marido são contadores e não têm filhos. Já a completamente desorganizada Clementine é violoncelista, casada e mãe de duas adoráveis meninas. Certo dia, as duas famílias são inesperadamente convidadas para um churrasco de domingo na casa dos vizinhos de Erika, que são ricos e extravagantes. Durante o que deveria ser uma tarde comum, com bebidas, comidas e uma animada conversa, um acontecimento assustador vai afetar profundamente a vida de todos, forçando-os a examinar de perto suas escolhas - não daquele dia, mas da vida inteira. Em Até que a culpa nos separe, Liane Moriarty mostra como a culpa é capaz de expor as fragilidades que existem mesmo nos relacionamentos estáveis, como as palavras podem ser mais poderosas que as ações e como dificilmente percebemos, antes que seja tarde demais, que nossa vida comum era, na realidade, extraordinária.
Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é de uma autora que está cada vez mais ganhando o meu coração, Liane Moriarty! Pra quem não conhece ela é a autora de Big Little Lies e Nove Desconhecidos (ambos publicados pela Intrínseca). Enfim, vamos falar do livro que essa resenha irá falar! Intitulado "Até que a Culpa nos Separe", o livro da Moriarty já entrou nos meus preferidos dela, vamos lá?




Erika e Clementine são amigas desde crianças, ambas compartilham de personalidades bem antagônicas.Erika é extremamente organizada e controladora, seu casamento segue uma base de regras bem específicas, dentre elas seu desejo em não ter filhos é evidente, o que aparentemente não Oliver, seu marido. Sua amiga é a desorganizada Clementine, mãe de duas meninas que segue o sonho de ser uma violoncelista de sucesso, deixando assim as tarefas do lar para seu marido, Sam.

A  vida vai seguindo um rumo comum até o dia em que ambas são convidadas, junto aos seus respectivos maridos, a irem a um churrasco cujos anfitriões são Vid e Tiffany, um casal podre de rico que é vizinho de Erika. O evento tem tudo pra ser incrível, afinal a mansão do casal é de dar inveja a muitos, entretanto, algo acontece nesse churrasco, um evento tão chocante que muitos dos presentes escolheram tentar apagar de sua memória, mas... será que é possível?

É nesse cenário que Liane Mortiary nos joga em Até que a Culpa nos Separe. O livro em si já começa com um mistério que me atiçou a ler as primeiras páginas rapidamente, afinal é evidente que algo aconteceu, algo que mudou a vida de todos ali envolvidos, porém, o que foi que aconteceu? Essa pergunta foi criado quase que de imediato na minha mente e a partir daí eu mergulhei no universo da autora. 

Não é a primeira vez que isso acontece! Esse é o segundo livro que eu leio de Moriarty, o primeiro foi o seu último lançamento pela Intrínseca, intitulado Nove Desconhecidos (cuja resenha você pode conferir aqui). Em Nove Desconhecidos eu me apaixonei pelo estilo da escrita da autora, que vai nos conduzindo a lugares inesperados sem esquecer de se aprofundar nos personagens criados, aqui em Até que a Culpa nos Separe ela trabalha os mesmos elementos, trazendo uma complexidade incrível para os três casais que compõem esse livro. 

A narrativa é dividida em dois tempos, sendo o passado no churrasco em questão e no presente (período que se segue dois meses após o fatídico evento). Os flashes do churrasco vão sendo dado aos poucos durante a leitura, conforme vão se alternando com os capítulos do tempo presente, mas não vai achando que a leitura se torna cansativa (ou enrolada) por conta disso, é aí que a magia da Liane entra em ação, ela nos entrega tramas que fluem no tempo certo e personagens que vão se desenvolvendo da forma que amplia ainda mais o mundo criado. 

Um dos fatores que podem ter ajudado esse desenvolvimento é a divisão de capítulos entre pontos de vistas dos personagens, aqui não temos um protagonista que ocupa todo o livro, temos então vários personagens que ocupam o holofote, essa característica é bem marcante nos livros da Liane, (como em Nove Desconhecidos, por exemplo, cujos nove personagens tinham seus pontos de vista narrados) e digo marcante no melhor sentido da palavra, já que funciona perfeitamente! Se fosse eu pra lidar com tanto personagem, ia ficar doido!

Mas o que acontece nesse maldito churrasco? Pois bem, isso cabe a você ler para saber, mas o mais interessante do livro é como o evento muda cada personagem, Liane realmente pesquisa muito para escrever um romance e podemos ver como cada traço em sua narrativa não é a toa, sendo assim, através do cotidiano dos casais vamos descobrindo os esqueletos no armário de cada um. 

Não vou comparar as minhas leituras da autora para dizer qual foi a minha favorita, mas ambas já moram no meu coração! Com certeza quero ler todos os livros dessa mulher incrível! Enquanto a edição da Intrínseca confesso que estou morrendo de amores, a capa realmente condiz muito mais com o livro do que qualquer outra edição internacional, sem contar a diagramação perfeita e extremamente confortável aos olhos que a editora nos presenteou. Eu mais que recomendo, com toda a certeza. 

14 comentários:

  1. Eu já ouvi falar bastante dessa autora, mas ainda não li os livros dela. Estou é bem curiosa para saber o que acontece neste bendito churrasco! Vou adicionar o livro à minha lista.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna | Instagram

    ResponderExcluir
  2. Já tinha visto esse livro mas nunca tinha lido uma resenha sobre ele. Parece ser demais, espero ter a oportunidade de ler um dia.

    ResponderExcluir
  3. Olá.

    Eu sou louca para conhecer a escrita da autora. Acompanhei a série Big Little Lies e achei a história maravilhosa.
    Eu super fiquei curiosa para saber o que acontece nesse churrasco. Adoro quando a narrativa vai alternando-se entre vários pontos de vista.

    www.pactoliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá. Tudo bem? Essa é a primeira vez em que vejo algo contando a respeito dessa obra. Parece ser um livro bem interessante. Por tratar de questões como da personagem Erika, que é obsessivo-compulsiva. Eu não sabia que essa autora era a mesma de Big Little Lies e Nove Desconhecidos. Embora nunca cheguei a ler os livros, eu ouvi falar da série Big Little Lies, ou é um filme? Hehe

    ResponderExcluir
  5. Ahhhh amei a premissa desse livro !!! Não sabia que ela era autora de Big Little Lies !! Com certeza os dois livros já vão pra minha lista agora mesmo !! Parabéns pelo post 😍😍😍

    Bjs Aruom Fênix

    Blog Leituras de Aruom

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li nada da autora, mas essa obra me deixou muito curioso para saber da trama na íntegra e acho que irei começar por ela. Parabéns pela excelente resenha!!!

    ResponderExcluir
  7. Adoreiiii a trama desse livro e já estou doida pra ler! O primeiro livro da Moriarty que eu li foi O Segredo do Meu Marido e gostei bastante. Sobre Big Little Liars eu nem vou comentar pq sou fã!
    Adorei a dica!!!

    ResponderExcluir
  8. Sempre vejo resenhas sobre os livros dela e a vontade em ler algo da autora aumenta cada vez mais!
    Acredito que também vou amar o estilo de escrita dela!
    Bjus,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  9. O título já atraiu totalmente a minha atenção, e agora fiquei curiosa para saber o que acontece no churrasco. Já coloquei na minha lista de leituras futuras.

    ResponderExcluir
  10. Gosto quando uma história já começa com um mistério, achei legal que a história é dividida em dois tempos. A capa do livro e o título me atraiu bastante

    ResponderExcluir
  11. Eu só li um livro da Liane e adorei a escrita dela. Eu preciso muuuuuito me conectar com as outras recomendações que as amigas fizeram. Preciso pular uns livros na fila da TBR infinita!!!
    E seu post só me fez lembrar como é bom ler Liane.
    Beijão

    Carol, do Coisas de Mineira

    ResponderExcluir
  12. Já me interessei pelo título, adorei a resenha e fiquei curiosa com a leitura.

    ResponderExcluir
  13. Olá,

    Tenho muita vontade de ler algo da autora, pois sempre vejo muitos comentários positivos sobre a sua escrita e construção de narrativa. Adorei saber que esse livro traz um pouco de suspense, nos fazendo imaginar o que tenha acontecido nesse churrasco. Já fiquei aqui morrendo de vontade de ler e espero fazer isso em breve. Arrasou na dica!

    Beijos!

    ResponderExcluir



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: UM SOBRE INFINITO

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels