.

RESENHA: A MULHER COM OLHOS DE FOGO

25 de outubro de 2019



A MULHER COM OLHOS DE FOGO
Autora: Nawal El Saadawi

Editora: Faro Editorial

Páginas
: 160 páginas
Resenha escrita por:
 Leonardo Santos
Esta ficção é baseada no relato verdadeiro de uma mulher que espera sua execução em uma prisão no Egito. Sua história chega até a autora, que resolve conhecer Firdaus para entender o que levou aquela prisioneira a um ponto tão crítico de sua existência. “Deixe-me falar. Não me interrompa. Não tenho tempo para ouvir você”, começa Firdaus. E ela prossegue contando sobre como foi crescer na miséria, sua mutilação genital, ser violada por membros da família, casar ainda adolescente com um homem muito mais velho, ser espancada frequentemente, e ter de se prostituir… até que, num ato de rebeldia, reuniu coragem para matar um de seus agressores, levando-a à prisão. 
Esse relato é um implacável desafio a nossa sociedade. Fala de uma vida desprovida de escolhas, mas que em meio ao desespero encontra caminhos. E, por mais sombrio que isso possa parecer, sua narrativa nos convida a experimentar um pouco dessa liberdade encorajadora através das transformações internas de Firdaus. O que acontece com ela é o despertar feminista de uma mulher.



Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Neste mês é feito a campanha nacional Outubro Rosa, que tem como objetivo conscientizar as mulheres a realizar exames que podem detectar o câncer de mama e de colo de útero. Prevenção é tudo, e mesmo que você nenhum caroço na mama ou algo do tipo, o exame de prevenção deve ser feito a cada dois anos. Durante essa campanha então eu decidi trazer pra vocês resenha de livros que possuem mulheres fortes no protagonismo, esses livros são igualmente escritos por mulheres fortes! O da vez é A Mulher com Olhos de Fogo, da Faro Editorial. Vamos lá?



Nawal El Saadawi além de escritora é uma ativista de movimentos feministas e psiquiatra. É com essa função de psiquiatra que, durante a década de 70, Saadawi começa a trabalhar em um novo estudo sobre mulheres que sofriam "pertubação mental", atendendo em clínicas e casas de reabilitação, a autora foi coletando material acerca de mulheres que sofriam de neurose. Foi em uma dessas sessões em uma clínica que ela conheceu um médico que atuava também na Prisão para Muheres em Qanatir. Após trocar algumas palavras com o médico, entendeu que aquela prisão abrigava muitas mulheres que são consideradas prisioneiras políticas. 

O médico também lhe disse que muitas das detentas sofrem de neurose, logo, Saadawi ampliou seu campo de pesquisa até aquele presidio em específico. Ao chegar lá e entrevistar algumas prisioneiras, ficou sabendo de uma mulher que logo cumpriria sua sentença de morte. Firdaus foi acusada e julgada por ter matado um homem, e agora esperava sua própria morte. O que mais intrigou a pesquisadora foi o fato de que a mulher tinha uma opção de recorrer a pena, na tentativa de mudar seu destino fatídico, entretanto, não o fazia. 

Depois de muita insistência, Saadawi consegue então um encontro com Firdaus, nele, a detenta pede completo silêncio da psicóloga para que possa contar toda a sua história de vida. Um história extremamente dolorosa e injusta, baseada em um sistema cultural que menospreza a mulher desde sua infância e a objetifica da forma mais cruel possível. Um relato cru e transformador, que mudou para sempre a vida da autora deste livro, e a nossa. 

A Mulher com Olhos de Fogo é um livro aparentemente curto, mas muita dor resguarda em suas 160 páginas. Temos no início do livro um pequeno prefácio que serve para nos ambientarmos sobre a autora e o que levou a fazer sua pesquisa. Nawal é uma mulher fantástica, ativista fervorosa em prol dos direitos das mulheres, já escreveu vários livros a respeito da vida das mulheres do Islã. Nawal mesmo já foi uma presa política, em 1981, por "crimes contra o estado". 

Após seu prefácio e ambientação, conhecemos Firdaus desde sua infância através de seus relatos. A figura masculina pode mudar conforme os anos vão se passando para Firdaus, mas sempre é opressora e extremamente violenta, seja seu pai, seu tio, seu primeiro marido... Todos a violentam. 

Firdaus então foge da casa de seu marido, sendo apenas um adolescente, começa então uma busca pela independência, ter controle de seu próprio corpo e possuir sua própria voz parece ser algo impossível em uma sociedade marcada pelo patriarcado, entretanto Firdaus vê que não tem nada a perder, e assim, toma o empoderamento para si. 

No geral, creio que a leitura de A Mulher com Olhos de Fogo é extremamente fundamental para entendermos que o feminismo é um ato extremamente necessário ao redor do mundo, a leitura da vida de Firdaus deve ser feita e dialogada para que, com o conhecimento, esse tipo de cultura seja erradicada. 

7 comentários:

  1. Olá!

    Se não me engano a Faro Editorial lançou "A mulher com olhos de fogo" nesse ano, não foi? Gostei da sua resenha e para quem deseja entender ou aprofundar no tema feminismo é uma boa escolha.

    ResponderExcluir
  2. Curtinho! Da pra ler em uma semana no transporte público. haha Nunca li nada do tipo. Vou procurar.

    ResponderExcluir
  3. Gostei do livro. Acho que é uma boa leitura. Já quero ele. Anotado para não esquecer.

    ResponderExcluir
  4. Essa vai ser uma das minhas próximas resenhas no blog e posso dizer que a leitura é realmente impactante e faz a gente refletir sobre a situação das mulheres nos mais diferentes cantos do mundo.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  5. Olá! Achei a muito legal ideia de trazer livros de mulheres fortes sobre mulheres fortes. Eu não conhecia a publicação, mas fiquei muito curiosa. Apesar de achar que deve ser uma leitura bastante dolorosa, sempre acredito que essas são as que vão deixar marcas na gente e um monte de reflexão. Amei a dica. Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Leonardo!
    Eu amei a sua dica e principalmente a sua ideia de trazer um livro com mulheres fortes para falar de Outubro Rosa. Eu não conhecia o livro, mas fiquei bastante curiosa por ele. Anotada a dica!!
    Bjs
    Adriana Cardoso
    https://almde50tons.wordpress.com

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem Leonardo?

    Eu já conhecia o livro "Mulher com olhos de fogo", me parece ser uma leitura envolvente e cativante. Gostei de acompanhar a sua resenha, ficou bem legal. Parabéns!
    Abraço!

    ResponderExcluir



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

CLIQUE E PARTICIPE!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: NOVO MUNDO EM CHAMAS

parcerias

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels