.

RESENHA: NUNCA SAIA SOZINHO

8 de outubro de 2020

NUNCA SAIA SOZINHO
Autor(a): 
 Charlie Donlea
Editora: Faro Editorial 
Páginas: 352
Ano de publicação: 2020
Compre através deste link.

SE ACEITAR O CONVITE, NÃO IGNORE O AVISO. Dentro dos muros de uma escola de elite as expectativas são altas, e as regras, rígidas. Na floresta, além do campus bem cuidado, há uma pensão abandonada que é utilizada pelos alunos como ponto de encontro noturno. Para quem entra, existe apenas uma regra: não deixe sua vela apagar ― a menos que você queira encontrar o Homem do Espelho... Há um ano, dois estudantes foram mortos em um massacre terrível. Desde então, o caso se tornou o foco do podcast “A casa dos suicídios”. Embora um professor tenha sido condenado pelos assassinatos, muitos mistérios e perguntas permanecem. O mais urgente é: por que tantos alunos que sobreviveram àquela noite macabra voltaram ao lugar para se matar? Rory Moore, especialista em casos arquivados, e seu parceiro, Lane Philips, começam a investigar a noite dos assassinatos, em busca de pistas que possam ter escapado da escola e da polícia. Porém, quanto mais descobrem sobre os alunos e aquele jogo perigoso que deu errado, eles se convencem de que algo fora do normal ainda está acontecendo. O jogo não acabou. Ele prospera... em segredo, em silêncio. E, para seus jogadores, pode não haver uma maneira de vencer ou de sobreviver.
Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Nunca saia sozinho, lançado pela editora Faro Editorial. O livro é de autoria de Charlie Donlea e tem tradução de Carlos Szlak

"Dentro dos muros da Escola Preparatória Westmont existe um grupo particular. Muitos já ouviram falar dele, mas poucos sabem algo a seu respeito. O corpo docente nega a sua existência,  e não adeptos tentam penetrar em seus segredos há anos" Acredito que esse quote seja essencial para entender um pouco sobre a nova história de Charlie Donlea, o queridinho entre os fãs de thriller está de volta em uma narrativa ainda mais macabra que suas anteriores. 


Em 21 de Junho de 2019 o internato de elite foi palco de um tenebroso evento: a morte de dois estudantes em uma antiga residência de professores nas propriedades da escola, perto da linha de trem local. As investigações a respeito daquele massacre ocorreram de forma rápida, um professor foi acusado depois que a polícia encontrou um diário de anotações que continha anotações  detalhando como mataria os dois alunos assassinados de forma precisa.

No entanto, antes de ser preso o homem se jogou na frente na frente do trem que passava próximo ao local fatídico. O professor não morreu, mas ficou extremamente debilitado e perdeu a consciência. 


Um ano se passou e o caso parece ter tomado novas proporções, isso porque alguns dos alunos que também estavam naquela casa durante a noite do massacre voltaram ao local e também se suicidaram na linha do trem. Tal mistério gerou muita discussão em fóruns de crimes reais na internet, inspirando um podcast de enorme alcance intitulado "A casa dos suicídios", liderado por Mack Carter. 

Depois de Mack entrevistar um dos estudantes que estava presente na noite de 21 de Junho, o caso volta aos holofotes: ao começar pelo estranho comportamento do garoto (alegando que iria contar a verdade a todos), e o acontecimento nada agradável que o segue. 


Isso faz com que a polícia contrate Rory Moore, uma especialista em casos arquivados para então tentar compreender o que realmente aconteceu naquela noite e quais mistérios se escondem nos muros de Westmont.

Pra começar eu gosto muito dos livros do Charlie, é muito legal pegar um autor desde seu primeiro trabalho e notar como ele vai amadurecendo durante a escrita de sua obra; Nunca saia sozinho demonstra exatamente isso! Notei que Charlie consegue desenvolver melhor as situações desse livro, até porque nele temos mais de um núcleo de personagens e também mais de um espaço temporal! Isso poderia fazer com que o autor perdesse o trilho (um trocadilho com a história do livro) rapidamente, o que não ocorre - ufa!


A história consegue ser bem amarrada, e já começa com uma série de acontecimentos importantes e que dão um gás pra leitura! Li as cem primeiras páginas rapidamente por curiosidade pra saber o que aconteceria a seguir. 

Entretanto a narrativa perde um pouco o fôlego quando chega em sua metade, talvez por ter começado tão bem minhas expectativas eram muito altas! Não chega a ser cansativo, mas fiquei ansiando por algum acontecimento mais marcante do que as investigações que estavam sendo feitas. 


Um ponto MUITO legal que eu pude apreciar no livro é o fato de ter uma personagem já conhecida pelos fãs do Charlie! Rory Moore já foi apresentada em um outro livro do autor, intitulado Uma mulher na escuridão! (inclusive já escrevi uma resenha sobre o livro, leia aqui!) Gostei muito dessa personagem no livro em questão e foi ótimo tê-la de volta nessa narrativa - inclusive tem várias referências para aqueles que leram o livro, até mesmo o nome da tese de seu namorado se chama "Uma mulher na escuridão". 

Sempre destaco o potencial de Charlie em criar um bom plot twist no final da narrativa, dessa vez eu vou me queixar um pouco: gostei do enredo final, mas esperava ser surpreendido de uma outra forma. O final é muito bom, amarra todos os enredos e etc, mas confesso que não fui TOTALMENTE fisgado! (acontece gente, experiências diferentes para cada um). 

Enfim, pra mim o Charlie poderia fazer uma série só da Rory que eu aceito de bom grado, estava com saudades da escrita do autor e devorei esse livro em pouquíssimo tempo, espero que façam o mesmo!






Nenhum comentário:

Postar um comentário



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: UM SOBRE INFINITO

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels