.

RESENHA: SE A CASA 8 FALASSE

15 de novembro de 2021

 

SE A CASA 8 FALASSE
Autor(a):  Vitor Martins
Editora: Alt

Páginas: 440
Ano de publicação: 2021
Compre através deste link.

Ambientado e narrado pela mesma casa em três décadas diferentes, Se a casa 8 falasse é um romance sobre jovens lidando com mudanças drásticas, conflitos familiares e primeiros amores, que mostra que, apesar das gerações mudarem, algumas experiências são capazes de atravessar a barreira do tempo. Algumas casas guardam histórias especiais. A que fica no número 8 da rua Girassol tem muito para contar. 2000: Ana recebe a notícia de que vai se mudar e será obrigada a deixar para trás tudo o que conheceu até agora, inclusive a parte mais dolorida de todas: sua namorada. 2010: Enquanto os pais de Greg passam por um divórcio complicado, ele é enviado para a casa da tia, que é dona de uma locadora em tempos de internet e odeia companhia – e muitas outras coisas. 2020: Beto sempre quis se mudar e seguir o sonho de ser fotógrafo em São Paulo. Só que uma pandemia aparece para obrigá-lo a ficar trancado em casa com a mãe protetora e a irmã aparentemente perfeita.  

 

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Se a casa 8 falasse lançado pela editora Alt. O livro é de autoria de Vitor Martins e a resenha foi escrita por Leonardo Santos. 


Uma casa só se torna um lar por conta das pessoas que a habitam, certo? Então imagina se uma casa pudesse contar uma história? Acredito que a maioria delas teria muito a contar,  seja por conta do que rolou nos cômodos dela como as pessoas que ali moravam - quais seus sonhos, desejos, decepções e por aí vai. 

Bom, Vitor Martins nos concede uma história onde a protagonista é uma casa, isso mesmo, a casa número 8 da Rua Girassol. Durante o período de trinta anos, vamos criar raízes nessa casa que aos poucos se torna o nosso lar... e o resultado é maravilhoso!


Começamos em nos anos 2000 onde acompanhamos Ana, que recebe a triste notícia de que irá precisar se mudar e deixar toda sua vida para trás, a história é emocionante e mesmo em poucas páginas é possível ver o quando a personagem principal consegue ser muito bem trabalhada. 

Em 2010 conhecemos Greg e seu maravilhoso cachorrinho chamado Keanu Reeves, já na década atual temos uma outra história (que de fato me conquistou muito mais), Beto é o nosso protagonista que precisa vivenciar uma fase dura da qual todos nós tivemos que passar: a pandemia. 


Enfim, a escrita de  Vitor não se cansa de me surpreender, talvez nesse livro (seu terceiro romance) ela esteja ainda mais afiada e deliciosa. O modo como o autor nos dá a narrativa é delicioso e extremamente fluído, o que me ajuda muito quando estou pra baixo ou com pouca vontade de ler. 


Um livro confortável que aquele o coração? Bom, temos ele aqui! A história te envolve e com certeza vai conseguir te emocionar por trazer vivências (e referências) das quais são muito fáceis de se identificar, isso tudo com um toque poético e com humor que só o Vitor consegue trazer. Eu amei. <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: CIRCE

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels