.

RESENHA: CAINDO DE PARAQUEDAS

30 de agosto de 2022

 


CAINDO DE PARAQUEDAS
Autor(a):  KellyYang
Editora: Nacional

Páginas: 364
Ano de publicação: 2022
Compre através deste link.

Ao ser tirada de sua vida privilegiada em Xangai e mandada para estudar na Califórnia, Claire Wang se sente perdida, mas ao mesmo tempo livre pela primeira vez. Dani De La Cruz é uma aluna exemplar e está determinada a conquistar uma vaga na universidade de seus sonhos, mesmo não tendo as melhores condições financeiras. Quando sua mãe abre as portas para que Claire vá morar com elas, Dani fica furiosa por precisar dividir a casa com uma estrangeira desconhecida e mimada. Embora tentem ficar longe uma da outra, as histórias de Dani e Claire se entrelaçam, em rota de colisão, enquanto são empurradas para experiências que podem mudar seus destinos. A autora premiada Kelly Yang constrói uma inesquecível história sobre imigração, amor, trauma, família, tristeza, e o poder de se fazer ouvir.

 



Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro  Caindo de paraquedas lançado pela editora Nacional. O livro é de autoria de Kelly Yang e a resenha foi escrita por Caroline Gomes.


Dani De La Cruz tem uma vida relativamente comum, estudante do ensino médio na Califórnia. De extrema inteligência, a garota ruma a uma carreira brilhante, que talvez tire ela e sua mãe da situação econômica apertada da qual se encontram. 

Do outro lado, conhecemos Claire Wang, uma garota que mora em Xangai de família extremamente abastada que, da noite pro dia, é enviada para viver na Califórnia, na mesma casa onde Dani e sua mãe moram. A relação entre as duas começa de modo tenso, afinal Dani vê Claire como uma garota irritante e cuja a realidade é pouco parecida com a dela. 

Todavia, a convivência direta das duas irá provar que ambas compartilham algumas coisas em comum, e uma amizade será fundamental para uma apoiar a outra em todas as experiências que virão pela frente. 

Tá, vamos lá: Eu sinceramente não esperava que esse livro fosse me impactar tanto. Sabia que não era um romance infanto-juvenil, mas nossa... Antes de tudo, esse livro pode conter gatilhos para leitories mais sensíveis, tratando de assuntos como assédio sexual, estupro e xenofobia, por exemplo.

Mas em nenhum momento a escrita de Kelly Yang é irresponsável, muito pelo contrário, ela pontua e desenvolve essas problemáticas de uma forma consciente, tornando-se o ponto alto da leitura. Não consegui me conectar muito bem as personagens principais, não sei exatamente o motivo, e isso me atrasou um pouco a leitura, mas o enredo vale extremamente a pena de ser lido por conta de todos os fatores que eu apresentei acima.

Principalmente com relação a exploração da cultura chinesa (da qual eu conhecia pouquíssimo) e toda a xenofobia que imigrantes sofrem ao vir para o ocidente. A editora Nacional está se empenhando em trazer obras importantes (com autories representativos) para seu catálogo e eu estou AMANDO isso, espero que ele aumente cada vez mais! 

Dado os avisos, a leitura é impactante e podemos tirar muito dela, espero que vocês leiam e gostem! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: ESTADO ELÉTRICO

SIGA NO INSTAGRAM

PORÃO NO YOUTUBE!







Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels