.

RESENHA: PORCO DE RAÇA

21 de setembro de 2022

 


PORCO DE RAÇA 
Autor(a):  Bruno Ribeiro
Editora: DarkSide Books 

Páginas: 192
Ano de publicação: 2022
Compre através deste link.

No enredo, acompanhamos um professor negro, falido, preso a uma cadeia de acontecimentos inescapáveis que acabam por levar a uma jornada rumo a própria degradação física e psicológica. Um personagem kafkiano, com suas motivações, conflitos e traumas, vivendo em um país em transe. Ao ser capturado e confinado, ele se vê obrigado a fazer parte de um ringue de lutadores formado por párias sociais, lutando com uma máscara de porco para deleite de espectadores da alta sociedade. Como define o autor, o romance é “um Esaú e Jacó da deep web”, em referência ao clássico de Machado de Assis em que irmãos com ideologias diferentes e visões de mundo contrárias encontram-se em eterno conflito.

 

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Porco de Raça lançado pela editora Darkside Books. O livro é de autoria de Bruno Ribeiro  e a resenha foi escrita por Leonardo Santos.

Em "Porco de Raça" nós conhecemos um homem no fundo do poço. Nas margens de um sistema que pouco liga para seu bem estar, o professor negro e nordestino procurou se encaixar e conseguir uma carreira para si no Rio de Janeiro, todavia, tudo o que conseguiu foi arranjar problemas com cafetões e líderes do tráfico daquela região. 

Nisso, ele decide voltar para Paraíba, em uma tentativa de reestabelecer sua vida mais uma vez. Ao tentar fazer isso, ele é sequestrado e colocado em uma espécie de arena medieval, onde terá que lutar pela sua própria vida vestindo uma máscara de porco. 

Naquele ringue, o professor é despido de sua humanidade e visto como um mero animal para puro entretenimento daqueles que assistem a luta dele contra outras pessoas, todas elas vestindo máscaras de outros animais. Um estranho sentimento toma posse do narrador, já que ali ele começa a ser visto por aqueles que o observa - e até adorado por alguns. 

Que história doida. Comecei "Porco de Raça" sem saber direito para onde a história iria me levar e fiquei muito feliz por ter tomado tal decisão, isso porque fui surpreendido em muito pelo rumo que a história toma. Dividido em quatro partes, acompanhamos a jornada desse protagonista em um ambiente real até mais, num país tomado pelo ódio e racismo, a escrita de Bruno Ribeiro é pontual e visceral, onde além de criar um enredo esmagador também serve como denúncia para uma série de fatores. 

Não foi uma leitura fácil, mas ela é bem crescente (principalmente na terceira e quarta partes do livro), e depois que eu entendi uma das facetas do livro, justamente a parte que retrata a espetacularização do absurdo, eu consegui tirar enorme proveito dessa história tão macabra! 


























 


Nenhum comentário:

Postar um comentário



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: ESTADO ELÉTRICO

SIGA NO INSTAGRAM

PORÃO NO YOUTUBE!







Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels