.

RESENHA: O IDIOTA

13 de outubro de 2022

 


O IDIOTA
Autor(a):  Fiódor Dostoiévski
Editora: Penguin Companhia 

Páginas: 944
Ano de publicação: 2022
Compre através deste link.

Ao retornar a São Petersburgo após um tratamento médico, Míchkin envolve-se em triângulos amorosos da alta sociedade, centrados na disputa pela atenção de Nastássia Filíppovna, uma beldade multifacetada, muitas vezes interpretada como louca pelos homens que a cortejam. Apesar das boas intenções, a presença do príncipe provoca uma série de conflitos que dinamitam aquele círculo social dependente de aparências. Em parte romance de ideias, em parte romance de costumes, que trata do nacionalismo russo e de um contexto sócio-histórico específico, a prosa de Dostoiévski reluz, em especial, ao contrapor o idealismo de Míchkin com o niilismo individualista de Ippolit, um rapaz tuberculoso despreocupado com a ética de suas ações. Este livro oferece a análise severa e complexa que o mestre russo faz de uma sociedade moderna que perdeu seu norte moral ― crítica que se mostra relevante até hoje, no capitalismo tardio. Afinal, que espaço há para as boas ações, a compaixão e a caridade em um mundo onde o dinheiro é a força motriz? As agruras do protagonista representam com agudeza a visão desoladora que Dostoiévski tinha de seu entorno, o que levou o escritor a defender as ideias contidas no romance até o fim de sua vida.

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro O idiota lançado pela Penguim Companhia. O livro é de autoria de Fiódor Dostoiévski e a resenha foi escrita por Leonardo Santos. 

A jovem aristocracia em uma Rússia da era pós escravagista ganha vida nas páginas de O Idiota, uma das principais obras de Dostoiévski. Já tinha tentado ler esse livro há alguns anos atrás, porém fui fadado ao fracasso por achá-lo muito enfadonho. Agora, alguns anos depois, peguei a edição da Pinguim/Companhia para tentar fazer uma nova leitura, e dessa vez ela finalmente deu algum resultado. 

Talvez seja a tradução, ou talvez a minha maturidade... Não sei, mas dessa vez consegui apreciar muito mais o material que tenho em mãos. Em "O idiota" nós conhecemos o príncipe Lév Nikoláievitch Míchkin, um homem que precisou de ausentar de sua terra natal para tratar sua epilepsia. Em sua viagem de volta, Michkin precisará se reintegrar na sociedade russa novamente. 

Entretanto, seu cerne bondoso e inocente poderá ser um empecilho para sua ascensão. De origem pobre, o rapaz recebe uma carta que lhe indica uma grande herança, o que tornará sua nova existência regada com maior luxo, na alta burguesia da Rússia.

Burguesia essa que parece circular ao redor de uma mulher de aspecto fascinante: Nastácia Filíppovna. uma mulher de beleza ímpar e um senso para um humor extremamente ácido e, muitas vezes, cruel. Nastácia parece atrair a atenção de todos os homens de São Petesburgo, entre eles Gania. Um ser de aspecto ganancioso e traiçoeiro. 

Bom, como disse anteriormente, dessa vez eu consegui apreciar muito mais a leitura de "O idiota", e muito disso deve a tradução feita por Rubens Fugueiredo, que evoca os principais temas da obra de Dostoievski de uma forma que fluí muito bem e soa natural ao português. 

É estranho ver a figura quase que bíblica do príncipe Liev desenvolve durante a história, e como todo o meio turbulento e violento acaba oprimindo e adoecendo a figura principal - até um destino trágico. Em contraponto temos Rogzhin, uma personalidade que acaba realizando uma das maiores cenas (e mais chocantes também) do livro. 

Um outro livro que li de Dostoievski foi "Noites Brancas", um conto que funciona como uma história de amor, e o contraste dessas duas obras não poderia ser mais evidente, o que demonstra o talento do autor russo na escrita. 

Quem estiver interessado em ler Dostoievski, recomendo que comece com "Noites brancas" e depois mergulhe em obras mais complexas, como Crime e Castigo, O idiota e assim em diante!



Nenhum comentário:

Postar um comentário



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: LOVECRAFT - POE

SIGA NO INSTAGRAM

PORÃO NO YOUTUBE!







Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels