.

RESENHA: LIÇÕES

25 de janeiro de 2023

 


LIÇÕES
Autor(a): Ian McEwan 
Editora: Companhia das Letras

Páginas:  448
Ano de publicação: 2022
Leia através deste link.

Enquanto o mundo ainda tenta lidar com as feridas da recém-terminada Segunda Guerra Mundial e a Cortina de Ferro se fecha cada vez mais, a vida de Roland Baines, um menino de onze anos, vira de cabeça para baixo. Em um internato a milhares de quilômetros de sua família, a vulnerabilidade infantil do garoto atrai a professora de piano, Miriam Cornell, deixando marcas profundas e memórias que nunca serão esquecidas.Contudo, já adulto, sua esposa desaparece, deixando-o sozinho com o filho ainda bebê. À medida que o medo da radiação de Tchernóbil se espalha pela Europa, Roland parte em uma busca por respostas que o fará se embrenhar cada vez mais profundamente em seus próprios traumas.Ao mesmo tempo épica história de um homem comum e retrato da Europa dos séculos XX e XXI, Lições é um debate sincero sobre família, Estado e, claro, amor.
Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Lições lançado pela editora Companhia das Letras. O livro é de autoria de Ian McEwan e a resenha foi escrita por Leonardo Santos. 

Ainda lutando contra as cicatrizes da Segunda Guerra Mundial, a vida de Roland Baines, de 11 anos, vira de cabeça para baixo à medida que a Cortina de Ferro se fecha cada vez mais. Longe de sua família, o jovem Baines foi colocado em um internato bem distante de tudo e todos que conhecia. 

A timidez e série de traumas que Roland carrega, no entanto, tornam sua experiência do internato um tanto quanto solitária. Ao notar aquele rapaz introspectivo, no entanto, a professora de piano do colégio, uma mulher chamada Miriam Cornell, se aproxima do rapaz. 

Esse encontro marcará a vida de Roland para sempre. 

Porém, ao se tornar adulto, sua esposa desaparece e ele fica sozinho com o filho pequeno. À medida que o medo da radiação de Chernobyl se espalha pela Europa, Roland se aprofunda cada vez mais em seu próprio trauma em busca de respostas.

Em um eterno fluxo que mistura traumas do passado e reconstituições do presente, a narrativa de "Lições" é meu primeiro contato com a escrita do prestigiado autor de "Desejo e Reparação. Sempre quis ler algo de Ian McEwan, justamente pelos comentários positivos que leio a respeito de sua obra no geral. Comecei a ler "Lições" e logo fui arrebatado pela história crua e brutal — e ao mesmo tempo poética — de Roland Baines. 

"Ouça. É um som simples, ondulante."

O evento que ocupa as primeiras páginas do livro irá ondular por todo o resto da narrativa, o encontro de Roland com sua professora e as consequências traumáticas daquele momento ecoam por todo o livro em todos os anos em que acompanhamos o protagonista, mas além de revisitar traumas passados, nós também acompanhamos toda uma trajetória de vida do personagem. 

O que mais me impressionou, no entanto, foi como Ian conseguiu criar uma história tão complexa e ainda nos ambientar em diversos momentos da história que conhecemos. Acontecimentos como a segunda guerra mundial e a explosão da usina de Chernobyl oferecem aqui um plano de fundo perfeito para uma narrativa caótica e que, acima de tudo, traz um protagonista em guerra com si próprio. 

Roland se via como um prodígio do piano, seu talento, no entanto, parece ter sido ofuscado completamente no decorrer dos anos. A ruína de Roland de prodígio a fracasso e a ascensão comercial e artística de sua esposa — que coloca a carreira em primeiro plano e deixa o protagonista a cuidar do bebê do casal; são narrados de forma impressionante pelo autor. 

Por mais que o livro carregue quase seiscentas páginas de história, eu pude apreciar cada ua delas devido a prosa do autor. Não vou mentir que a narrativa não seja pesada ou cansativa, justamente por ter tantos elementos que podem ser gatilhos para muitos leitores, mas me vi preso na trama desde o começo por seu fator poético e reflexivo! 

Mal posso esperar para ler outros títulos de Ian McEwan! 


 












Nenhum comentário:

Postar um comentário



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: REALITY GAME

SIGA NO INSTAGRAM

PORÃO NO YOUTUBE!







Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels