.

RESENHA: LORE OLYMPUS VOL. 2

9 de janeiro de 2023

 


LORE OLYMPUS VOL. 2
Autor(a): Rachel Smythe
Editora: Suma HQ

Páginas:  368
Ano de publicação: 2022
Leia através deste link.

Perséfone estava pronta para começar uma nova vida quando deixou o Reino Mortal para viver no Olimpo. Porém, ela logo descobriu o lado sombrio do novo e deslumbrante lar, e agora tenta encontrar seu lugar no mundo dos deuses, sempre em constante e rápida mudança. Hades também está abalado, lutando contra seus sentimentos pela jovem Deusa da Primavera, enquanto mantém seu reinado solitário do Submundo. Conforme se aproximam, os dois precisarão desatar os nós do passado e do presente para construir um futuro juntos.Ganhador do Prêmio Eisner e finalista do Prêmio Hugo, Lore Olympus reúne fãs ao redor do mundo todo. O segundo volume da série contém os episódios 26 a 49 do webcomic, além de um conto exclusivo e inédito.

 

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Lore Olympus Vol. 2 lançado pela editora Suma. O livro é de autoria de Rachel Smythe e a resenha foi escrita por Leonardo Santos. 

Enquanto gregos e romanos vivem em sua era arcaica, o Olimpo conta com a tecnologia dos dias de hoje. Em "Lore Olympus", os deuses que configuram a mitologia como conhecemos vivem dando festas, participando de eventos e se comunicando uns com os outros através de celulares e tudo o que há de mais moderno. Além disso, como em toda grande família, a fofoca e as intrigas são recorrentes. 

A mais nova notícia de que se tem é de que a jovem Perséfone, deusa da primavera, conseguiu escapar das garras de sua mãe super protetora, Deméter. Ao lado de sua amiga, a deusa da caça Ártemis, Perséfone começa a conhecer a vida e as brigas dos deuses e deusas do Olimpo em toda sua magnitude. 

O segundo volume das compilações de "Lore Olympus" trazem os episódios 26 a 49 dessa webcomic que já possui mais de 200 episódios lançados! E bom, agora já estamos mais aprofundados na releitura incrível que Rachel Smythe traz com as divindades da mitologia grega, esses novos episódios colocam Perséfone em uma posição mais madura conforme precisa entender o seu lugar no meio de figuras que já existem há mais de dois milênios - enquanto ela possui apenas 19 anos. 

Isso, então, é uma das temáticas que Rachel consegue desenvolver de forma tão polida, e às vezes tão necessária, em seu quadrinho - que logo no início do livro já diz que essa história contém temas como abuso físico e psicológico, traumas sexuais e relações tóxicas. Avisos esses extremamente necessários para não confundir essa narrativa como infantil ou para todos os públicos. 

Dito isso, a história é narrada em quadrinhos e todo o traço de Rachel é apaixonante, a coloração utilizada para definir os deuses e deusas também dizem muito a respeito de sua personalidade, assim como todo o humor ácido que a autora empunha em seus diálogos potentes e que transbordam carisma. 

Eu estou apaixonado por esse mudando antigo e moderno (ao mesmo tempo) e doido para ler os próximos volumes dessa série incrível! 



Nenhum comentário:

Postar um comentário



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: REALITY GAME

SIGA NO INSTAGRAM

PORÃO NO YOUTUBE!







Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels