22 de janeiro de 2023

RESENHA: SOBRE-HUMANOS

 


SOBRE-HUMANOS
Autor(a):  C. F. Telles
Editora: Gen41

Páginas: 118
Ano de publicação: 2023
Compre através deste link.

Neste século, um livro de magia que se encontrava desaparecido, proporciona a uma bruxa guerreira poderes ilimitados capazes de criar um terceiro poder além do Céus e do Inferno.Para impedi-la, seres celestiais, que já haviam previsto o seu reino de mortes e destruições contra a humanidade, criam os sobre-humanos.Porém, Alex, o mais poderoso dos sobre-humanos perde os seus poderes por causa de uma grande fatalidade, restando assim, aos seus amigos iniciar uma jornada de grandes batalhas e perigosas aventuras para ajudá-lo a recuperar os seus poderes.Évira, a bruxa guerreira e seu exército de criaturas do Mundo Sombrio, farão de tudo para conquistar a Terra, até mesmo libertar algo terrível que se encontra confinado por Deus, desde o início da criação do universo.


Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Sobre-humanos lançado de maneira pela editora Gen41. O livro é de autoria de C. F. Telles e a resenha foi escrita por Leonardo Santos. 


"Apesar de os seres humanos não perceberem, de tempos em tempos, a humanidade é colocada em risco por seres das trevas e do Mundo Sombrio. Seus objetivos são sempre os mesmos: matar, destruir e exterminar a raça humana. Contudo, apesar de muitas tentativas, as forças do mal nunca conseguiram prevalecer e erradicar com os humanos criados por Deus, isso porque, nos céus, há arcanjos e anjos guerreiros que lutam pelos habitantes da Terra e os protegem de todo perigo."

Com uma baita ambientação dessas, nós começamos a ler "Sobre-humanos". Em um clima de conflito eterno, nós conhecemos então uma nova ameaça, dessa vez liderados por uma grande bruxa, a rainha do Mundo Sombrio chamada Évira.

Com uma antagonista tão potente, o lado dos arcanjos enviam os sobre-humanos para terra; anjos que foram enviados para Terra na forma humana, com os poderes ocultos até mesmo de si próprios até o momento mais preciso, onde os poderes divinos se libertarão para que a guerra pudesse ser combatida de forma igualitária. 

Entre esses sobre-humanos nós conhecemos Alex. De uma força tremenda, Alex se vê fraco de uma hora para outra ao perder seus poderes. E conforme Évira começa a assombrar a Terra com seus animais amaldiçoados percorrendo os quatro cantos, a luta se torna uma prioridade, mas como ela será travada quando o principal guerreiro dos sobre-humanos encontra-se em um momento tão fragilizado? 

A leitura de "Sobre-humanos" se dá de forma rápida, divertida e fluída. Em cerca de 150 páginas (um pouco menos, na verdade), C. F. Telles consegue trazer uma narrativa envolvente e que vai direto ao ponto! O confronto está cada vez mais eminente, e com isso a tensão vai se estabelecendo de forma crescente na história, 

Até porque os sobre-humanos desconhecem esse lado celestial, e é muito divertido ver eles descobrindo suas habilidades conforme a história avança! Além disso, o autor consegue misturar momentos eletrizantes com algumas cenas engraçadas, rendendo carisma aos personagens e uma identificação mais fácil com os leitores! 

Por fim, gostei muito da experiência ao ler esse livro, foi divertido e eletrizante na dose certa! Além de envolver uma temática que eu amo que é todo esse cânone dos anjos e arcanjos da nossa história! 







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leonardo Santos



Olá leitories! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 28 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Guarulhos cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

Equipe do Porão

.

Caixa de Busca

Instagram

Destaque

TRÊS MOTIVOS PARA LER "EM BUSCA DO REINO"

Olá pessoal do Porão Literário! Hoje vou compartilhar com vocês três motivos para ler Em busca do reino, de Reyves L.B. 

Arquivos

LITERATURA E MÚSICA

LITERATURA E MÚSICA

Posts Populares

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Receba as novidades

Tecnologia do Blogger.

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!