8 de julho de 2023

RESENHA: QUANDO A VIDA COBRA

 


Autor(a):  Nuno Rebelo
Editora: Letramento
Páginas: 406
Ano de publicação: 2016
Compre através deste link.

“Quando A Vida Cobra” é uma obra concebida por afirmativas que geram indagações. Mais uma vez o autor mostra sua inquietação tratando de temas como sociedade, direito, religião, estado, corrupção, violência, estupro, relacionamentos, estruturas de poder e comportamento humano. Tentar compreender o mundo enquanto ele desmorona. Lutar contra as direções da vida sem perceber o que o destino reserva. Encontros e desencontros. A força de um amor. As batalhas travadas o interior de cada um de nós. “Quando A Vida Cobra” entrelaça realidade e ficção numa narrativa que se confunde com fatos do cotidiano. Assume tom forte e impactante, mas com sutileza poética e visão filosófica, construindo um paradoxo que será sua tônica. Os policiais Greco e Romano assumem as investigações para desvendar uma série de homicídios.

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Quando a vida cobra lançado pela editora Letramento. O livro é de autoria de Nuno Rebelo e a resenha foi escrita por Leonardo Santos. 



 E mais uma vez somos presenteados com um thriller de tirar o fôlego! "Quando a vida cobra", o quarto livro da série Chicote do talentoso autor nacional Nuno Rebelo, nos leva a uma nova jornada repleta de investigações na capital mineira. Prepare-se para se envolver em uma trama cheia de mistério e questionamentos sociais, políticos e religiosos.

Grego e Romano, nossos adorados detetives, retornam para mais uma missão — e talvez essa seja a mais pessoal e mais intimidadora para ambos. Desta vez, encontram-se em um verdadeiro impasse, sem um caminho claro a seguir em suas investigações.


Tudo começa em uma investigação rotina em um apartamento. Grego e Romano são chamados para cobrir a cena de um crime quando percebem que a vítima está sem seus olhos! Esse é apenas o ponto de partida para a dupla de detetives se envolverem (mais uma vez) nas camadas mais profundas que tecem a rede de crimes em Belo Horizonte. 

Com certeza "Quando a vida cobra" é o projeto mais ambicioso de Nuno Rebelo para a série Chicote até então! Isso se espelha já no número de páginas, o quarto volume da série é o maior até então, com cerca de quinhentas páginas! Além disso, as proporções tomadas pela narrativa também estão maiores, isso porque em "Quando a vida cobra" nós temos diversos núcleos de personagens que são movimentados de maneira independente no começo do livro.


Doze, Danilo, Andressa, Igor (que guarda uma estranha relação com um livro anterior da série), Camila, Babel... São tantos personagens que no começo da história eu fiquei meio perdido sobre quem é quem. Inclusive, fiz até algumas anotações no bloco de notas para lembrar qual personagem estava associado a qual. Isso é legal, pois acabamos trabalhando como investigadores para tentar solucionar o mistério que nos é apresentado, e também quais são as ligações que um tem com o outro. 

Nuno Rebelo demonstra mais uma vez sua maestria ao criar uma trama habilmente amarrada. "Quando a vida cobra" apresenta elementos que já vimos de alguma forma nos livros anteriores, mesclado um debate político, social e filosófico a sua obra. Ao mesmo tempo em que introduz mais complexidade ao caso, aguçando nossa curiosidade e preparando terreno para futuras reviravoltas — que são nos apresentadas depois que Nuno consegue estabelecer o plano de fundo para a história. 


E como não mencionar os personagens? Grego e Romano continuam a brilhar, conquistando nosso coração a cada página. Sua evolução pessoal e sua importância no meio policial e além são aspectos que enriquecem ainda mais a trama. 

"Quando a vida cobra" é uma obra que merece destaque. Nuno Rebelo, com sua escrita envolvente e dinâmica, nos presenteia com um livro fascinante. A cada capítulo, somos confrontados com cenas intensas e descritas de maneira vívida, expondo o lado mais sombrio do ser humano, aquele que muitas vezes preferimos ignorar. É assustador, mas ao mesmo tempo instigante, despertando medo, insegurança e um senso urgente de justiça, e principalmente RAIVA com uma série de coisas que acontecem por parte da própria polícia, uma crítica bem consistente de como o sistema muitas vezes ignora as classes mais baixas da sociedade.


Esta resenha não poderia terminar sem ressaltar a importância de divulgar e conhecer a Saga Chicote. Uma série que vai além do entretenimento, nos faz refletir sobre questões importantes que, infelizmente, ficam em segundo plano em nosso cotidiano. Recomendo "Quando a vida cobra" e toda a série Chicote de coração, pois cada livro mescla todos esses elementos sociais a um suspense de primeira. 

Enfim, galera! Quando a vida cobra" é um livro fascinante, que nos mantém presos em suas páginas desde o início até o surpreendente desfecho. Com uma trama envolvente e personagens cativantes, Nuno Rebelo nos presenteia com a melhor dinâmica da série até agora!  


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leonardo Santos



Olá leitories! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 28 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Guarulhos cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

Equipe do Porão

.

Caixa de Busca

Instagram

Destaque

TRÊS MOTIVOS PARA LER "EM BUSCA DO REINO"

Olá pessoal do Porão Literário! Hoje vou compartilhar com vocês três motivos para ler Em busca do reino, de Reyves L.B. 

Arquivos

LITERATURA E MÚSICA

LITERATURA E MÚSICA

Posts Populares

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Receba as novidades

Tecnologia do Blogger.

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!