17 de setembro de 2023

RESENHA: LÍNGUA NATIVA

 


Organizadores:  Suzette Haden Elgin
Editora: Aleph
Páginas: 440
Ano de publicação: 2023
Compre através deste link.

Em 1991, o direito feminino ao voto e à participação política são sumariamente revogados. Em 2205, são consideradas úteis apenas as mulheres que podem servir aos homens em cargos específicos e a eles subordinados. Contudo, a economia mundial depende de um número reduzido de mulheres linguistas, que atuam como tradutoras em negociações entre povos alienígenas e corporações familiares da Terra. Quando perdem sua utilidade, elas são enviadas para as Casas Estéreis, onde apenas aguardam a morte. Mas um pequeno grupo de mulheres vem desenvolvendo clandestinamente uma linguagem própria para resistir à opressão masculina.É nesse cenário que a linguista Nazareth Chornyak chega à Casa Estéril de sua Família. Dona de talentos únicos, ela pode ser peça-chave de um movimento audacioso: desafiar o poder dos homens e dar início à revolução. Clássico absoluto tanto da ficção científica quanto da literatura feminista, este livro é um manifesto da importância da liberdade.

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Língua Nativa lançado pela editora Aleph. O livro é de autoria de Suzette Haden Elgin e a resenha foi escrita por Leonardo Santos.



A história nos leva a um futuro sombrio, iniciando em 1991, quando o direito das mulheres ao voto é revogado nos Estados Unidos. O cenário se desloca para o ano de 2205, onde a opressão masculina atingiu seu ápice. As mulheres são subjugadas por um patriarcado cruel, onde sua autonomia é negada, e até mesmo suas necessidades mais básicas estão sujeitas à permissão masculina.

É nesse contexto que conhecemos Michaela Landry, inicialmente vendida como esposa para um homem abominável, ela é forçada a viver uma vida de submissão.  Conhecemos também Nazareth Chornyak, uma linguista talentosa desde a infância, desempenha um papel central.  Apesar de sua importância nas negociações com nações visitantes, ela é tratada com desdém por sua própria família e marido. 



"Língua Nativa" é uma obra literária extraordinária que mergulha em um mundo distópico repleto de nuances sociais, linguísticas e feministas. Escrito por Suzette Haden Elgin e originalmente publicado em 1984, este livro, traduzido para o português por Jana Bianchi, me pegou completamente desprevenido e já se tornou uma das minhas leituras preferidas do ano!

Como estudante de letras, eu fiquei simplesmente fascinado com a criação do Laádan, uma língua secreta e revolucionária feita pelas mulheres para se comunicar e se manifestar com a opressão patriarcal que tanto sofrem. Suzette Haden Elgin, uma especialista em linguística, demonstra sua profunda compreensão da linguagem ao explorar como ela pode ser usada como uma ferramenta tanto de controle quanto de liberação.

O que torna "Língua Nativa" verdadeiramente excepcional é sua capacidade de transcender as críticas sociais e de gênero, abordando questões de classe social e educação. A obra lança luz sobre as desigualdades sociais e os impactos do sistema educacional tradicional, provocando uma reflexão profunda sobre essas questões.


Enfim, esse é um livro que não apenas encanta com sua narrativa envolvente e personagens cativantes, mas também desafia o leitor a explorar questões profundas relacionadas ao poder, à linguagem e à resistência. Altamente recomendado para os amantes da ficção científica/especulativa, e principalmente para fãs de narrativas como a de Ursula K. Le Guin e outras grandes autoras da ficção. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leonardo Santos



Olá leitories! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 28 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Guarulhos cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

Equipe do Porão

.

Caixa de Busca

Instagram

Destaque

TRÊS MOTIVOS PARA LER "OS SETE CÉUS"

Olá pessoal do Porão Literário! Hoje vou compartilhar com vocês três motivos para ler  Os sete céus: O chorar dos anjos, livro 1, de Viniciu...

Arquivos

LITERATURA E MÚSICA

LITERATURA E MÚSICA

Posts Populares

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Receba as novidades

Tecnologia do Blogger.

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!