12 de novembro de 2023

RESENHA: O CONTO DO LORDE CEIFADOR

 


Organizadores:  Lilly Lune
Editora: Voe
Páginas: 492
Ano de publicação: 2023
Compre através deste link.

Morguelamore é uma cidade remota sem qualquer contato com o mundo exterior. Seus habitantes são pessoas diversas condenadas à tirania de um cativeiro que oferta apenas a morte como porta de saída.Quando seu misterioso habitante, Logan Crowne, que passou anos enclausurando o segredo de sua natureza em uma cúpula de criatura derrotada, presencia uma inusitada tragédia, uma válvula obscura liberta seu elemento secreto. Determinado a executar o assassino que escapa incólume de cada crime que comete, Logan convence seu melhor amigo, Oliver Frame, a participar de um plano que contraria seu caráter benigno. Porém, o desfecho do grande confronto se torna a revelação de uma mudança extraordinária no plano inicial...Das raízes da floresta à vastidão do céu escuro, uma tempestade de maravilhosa ousadia rompe a desolação de um mundo distorcido ao lançar o raio de esperança que comunica a todos a chegada de uma resistência com poder para conduzir à liberdade.

 

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro O conto do lorde ceifador lançado pela editora Voe. O livro é de autoria de Lilly Lune e a resenha foi escrita por Leonardo Santos.  


Nas terras isoladas de Morguelamore, uma cidade remota e esquecida pelo mundo exterior, seus habitantes sofrem sob a opressão implacável de um cativeiro sem esperança. Presos nesse ambiente desolador, eles veem apenas a morte como uma possível rota de fuga.

É nesse ambiente sombrio e gótico que conhecemos a figura extremamente  de Logan Crowne, cuja presença é tão fascinante quanto obscura (e ameaçadora). O homem tem uma reputação em Morguelamore pelo seu comportamento instável e melancólico, ao mesmo tempo em que resguarda poderes dentro de si que causa um certo horror a população local. 


Logan acaba presenciando o assassinato de um homem chamado Gavin Underwood e esse evento desencadeia uma válvula obscura que libera toda sua fúria. Determinado a capturar o assassino que parece escapar impune, Logan convence seu único amigo, Oliver Frame, a se juntar a ele em um plano audacioso, que vai contra a natureza benevolente de Oliver.

No entanto, à medida que a perseguição desenrola, Logan e Frame percebem que aquele confronto pode levar a consequências que podem alterar de modo definitivo a vida de todos que moram em Morguelamore. 


Ambientada em uma espécie de cenário atemporal, conhecemos Morguelamore através de Logan e Frame, nossos protagonistas nesse suspense noir de Lilly Lune. Primeiramente, devo dar os parabéns a autora por criar um ambiente não melancólico e gótico que logo me remeteu a autores como Edgar Allan  Poe. Sério, nós nos sentimos em um vilarejo sombrio e nebuloso por boa parte da narrativa, repleto de mistérios e sussurros. 

Essas características também podem ser atribuídas ao nosso protagonista Logan. Fiquei fascinado por entender mais sobre esse personagem cinza logo depois das primeiras páginas de "O conto do lorde ceifador", isso porque ele é muitas vezes cruel com seu único amigo (que parece mais um serviçal); mas, ao mesmo tempo, sua presença é magnética. 

Nesse livro, temos divagações profundas dos personagens a respeito de suas ações e suas naturezas, gostei da forma como Lilly consegue dar camadas de complexidade a eles de uma forma convincente e que mantenha o ritmo da narrativa mais fluído. 

Talvez isso dê certo porque durante toda a primeira metade do livro nos vemos dentro da caçada ao homem que matou Gavin. A sede de sangue e vingança de Logan associada a empatia de Frame os colocam como lados opostos da mesma moeda, formando assim uma dupla ideal para acompanharmos. 



O livro é grande, com cerca de 500 páginas! Eu demorei um pouco para lê-lo porque essa leitura exigia de mim um grau de atenção, até por conta do vocabulário um tanto mais rebuscado e também das introspecções dos personagens. Mas valeu super a pena, isso porque vamos entrando nada vez mais em suas mentes e compreendendo (parcialmente) algumas de suas motivações. 

O resultado final foi extremamente positivo. Gostei muito da forma como Lilly consegue conectar os pontos em sua história e as pontas deixadas para o próximo livro são empolgantes o suficiente para voltarmos a esse universo em breve! Mal posso esperar para que isso aconteça!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leonardo Santos



Olá leitories! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 28 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Guarulhos cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

Equipe do Porão

.

Caixa de Busca

Instagram

Destaque

RESENHA: OS FRÁGEIS FIOS DO PODER

Organizadores:    V. E. Schwab Editora:  Galera Record Páginas: 756 Ano de publicação: 2023 Compre através deste link. Antigamente...

Arquivos

LITERATURA E MÚSICA

LITERATURA E MÚSICA

Posts Populares

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Receba as novidades

Tecnologia do Blogger.

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!