2 de fevereiro de 2024

RESENHA: AS COISAS QUE GUARDAMOS EM SEGREDO

 



Organizadores: Lucy Score 
Editora: Alta Novel
Páginas: 544
Ano de publicação: 2023
Compre através deste link.

Nash Morgan, o chefe da polícia, é conhecido por duas coisas: ser um cara legal e ter um uniforme que realça o bumbum.Duas balas deram fim ao charme sulista, mas ― ainda bem ― pouparam seu traseiro espetacular. Ele anda ocupado procurando o homem que atirou nele e que continua à solta, enquanto se recupera e cuida de cidadãos que enxergam a lei mais como uma “recomendação”. Somando a tudo isso uma melancolia que insiste em o abater, a última coisa de que ele precisa é uma nova vizinha linda e com a língua afiada, que o faz sentir coisas com as quais ele não tem ânimo para lidar.Lina Solavita tem seus motivos para estar na cidade. Está numa missão e, quanto menos pessoas descobrirem, melhor. Ela trabalha melhor sozinha, e, assim que encontrar o que procura, vai pegar a estrada para a próxima aventura solo.Pena que a cidade de Knockemout tem outras ideias. Logo, Lina se vê envolvida no cotidiano da cidade pequena:Sendo babá de uma cachorrinha…Concordando em ser dama de honra…Ouvindo o chefe da polícia super sexy cuidar de si mesmo no chuveiro…Porém, quando Nash descobre o motivo de ela estar lá, amigos que gostam de flertar viram inimigos que gostam de trocar farpas. Mas as faíscas que rolam entre os dois não sabem a diferença entre luxúria e ódio. Quando o perigo os une, é questão de tempo até que acabem se queimando.

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro As coisas que guardamos em segredo pela editora Alta Novel. O livro é de autoria de Lucy Score e a resenha foi escrita por Leonardo Santos.

E estamos de volta a Knockemout!

Em "As Coisas que Nunca Superamos", o primeiro volume dessa série deliciosa, acompanhamos a história de Naomi Witt, que fugiu de seu casamento tumultuado para encontrar refúgio em Knockemout. No primeiro livro, nós conhecemos a protagonista como uma mulher quebrada, sobrecarregada com a responsabilidade de cuidar de sua sobrinha após a fuga de sua irmã gêmea, Tina. A vida dela se entrelaça com a de Knox, o rabugento chefe da polícia local.

Agora, em "As Coisas que Guardamos em Segredo", a trama se volta para Nash, o mais certinho dos Morgan! Alvo de um atentado, Nash escapa da morte por muito pouco e enquanto se recupera, ele embarca em uma missão pessoal para encontrar o homem que tentou tirar sua vida, mantendo a justiça viva mesmo em uma cidade onde a lei muitas vezes é vista como uma "recomendação".

No entanto, a rotina de Nash muda drasticamente com a chegada de uma nova vizinha, Lina Solavita. Lina é uma mulher bonita, independente e com a língua afiada, mas carrega consigo segredos e uma missão misteriosa.  

Tudo se torna mais tenso quando Nash descobre a verdadeira razão pela qual Lina está na cidade, e o relacionamento entre eles passa por altos e baixos. O que começa como farpas e tensão entre ambos se transforma em faíscas de uma atração ardente. No entanto, quando o perigo se aproxima, eles são forçados a superar suas diferenças e unir forças para enfrentar ameaças maiores.

Tudo o que Lucy Score traz de bom no primeiro livro ela amplia no segundo volume da provável trilogia dos Morgan! Confesso que nunca fui muito fã de romances, não é o gênero que eu mais costumo ler por isso tenho uma certa limitação em gostar de histórias do tipo. Me vi surpreso por ter gostado de "As coisas que nunca superamos" e de ter gostado ainda mais dessa continuação.
 
Isso porque fui surpreendido pelo fato de começar a gostar de Nash! No primeiro volume achei ele tão sem sal, mas a química dele com Lina é incrível e agora que ele ocupa os holofotes da trama é impossível não se apaixonar por sua figura!

Além disso o livre brinca com o romance policial em diversos momentos e isso foi TUDO PRA MIM! Por favor, leiam!




A entrada de Lina Solavita, a nova vizinha de Nash, adiciona uma camada intrigante à narrativa. Lina é uma mulher bonita e determinada, com segredos que ela guarda a sete chaves. Sua chegada não só desencadeia faíscas românticas entre ela e Nash, mas também a envolve no peculiar cotidiano da cidade, repleto de personagens memoráveis.

A habilidade da autora, Lucy Score, em criar personagens autênticos e dinâmicos continua evidente. A dualidade entre Nash e Lina proporciona uma dinâmica cativante, repleta de tensão e paixão. A trama, habilmente equilibrada entre o romance e o suspense, mantém os leitores ávidos por mais a cada virar de página.

A cidade de Knockemout, mais uma vez, se revela como um personagem por si só, com sua atmosfera peculiar e seus habitantes excêntricos, que adicionam um toque especial à narrativa.

"As Coisas que Guardamos em Segredo" não apenas continua a encantar os leitores que se apaixonaram por "As Coisas que Nunca Superamos" mas também amplia a riqueza do universo criado por Lucy Score. Com uma mistura irresistível de romance, humor e suspense, este segundo livro se destaca como uma leitura envolvente que promete manter os leitores cativados até a última página.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leonardo Santos



Olá leitories! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 28 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Guarulhos cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

Equipe do Porão

.

Caixa de Busca

Instagram

Destaque

TRÊS MOTIVOS PARA LER "OS SETE CÉUS"

Olá pessoal do Porão Literário! Hoje vou compartilhar com vocês três motivos para ler  Os sete céus: O chorar dos anjos, livro 1, de Viniciu...

Arquivos

LITERATURA E MÚSICA

LITERATURA E MÚSICA

Posts Populares

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Receba as novidades

Tecnologia do Blogger.

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!