6 de fevereiro de 2024

TRÊS MOTIVOS PARA LER "DESCOBERTA NU DO MUNDO"



Olá pessoal do Porão Literário! Hoje vou compartilhar com vocês três motivos para ler a antologia poética Descoberta nu do mundo, de Vanessa Valentim. 

São 37 poemas que habitam 7 diferentes seções do todo Descoberta nu do mundo. O conjunto da obra é um passeio consciente pelo mundo, nu, sem capas, sem defesas, sem véus, sem filtro, vestida de pele e sentidos, dos mais primitivos aos mais sutis. Estar no mundo, dialogar com o mundo, com protagonistas “pouco prováveis”, que permitem o assombro da descoberta. Um passeio nunca é linear e óbvio, mesmo que o percurso seja conhecido. Os pés tocam terra, sub-terra e céu. A autora que não escreve para si, apesar de buscar sua inspiração nos esconderijos mais reservados do seu ser. Observa, absorve, ressignifica, revela e dá sentido a sentimentos que por muitas vezes preferimos não sentir. Sua forma de transmitir traduz o olhar de uma anciã que se distrai por momentos e vira uma criança repleta de desconhecimento útil. A poeta está imersa em um mundo disfuncional que perdeu o sentido, transmite dores, revoltas, reviravoltas intensas e profundas, no entanto encontra seu lugar nu no mundo.

 

Vamos ao post, mas antes: Compre o livro clicando aqui

1. Poesia crua 

Vanessa Valentim me surpreendeu ao despir-se de artifícios, apresentando seus versos de forma crua e despretensiosa. A habilidade da Vanessa em deixar de lado as camadas superficiais da existência e revelar suas emoções e pensamentos de maneira visceral, é notável; este desnudamento poético permite uma conexão mais íntima com as palavras, tornando a leitura uma experiência (no mínimo) impactante.

2. Uma série de reflexões

A antologia poética aborda temas fundamentais como revolta, existência e a busca pela liberdade. Cada poema nos ajuda a refletir sobre a condição humana de maneira subjetiva e profunda. A poesia de Vanessa Valentim oferece um espaço para contemplação e compreensão, onde exploramos suas próprias experiências e perspectivas em relação a esses temas tão universais.

3. Relações e traições inesperadas

A antologia apresenta metáforas intrigantes e uma complexidade poética que desafia a superficialidade. Por exemplo, o poema "Sou" utiliza a imagem do grão de areia em uma praia imensa para transmitir a insignificância diante da vastidão, enquanto "Entendimento" explora a importância do silêncio em situações aparentemente estáticas. Essas metáforas não apenas enriquecem a linguagem poética, mas também estimulam a reflexão sobre a vida e a existência.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leonardo Santos



Olá leitories! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 28 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Guarulhos cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

Equipe do Porão

.

Caixa de Busca

Instagram

Destaque

TRÊS MOTIVOS PARA LER "OS SETE CÉUS"

Olá pessoal do Porão Literário! Hoje vou compartilhar com vocês três motivos para ler  Os sete céus: O chorar dos anjos, livro 1, de Viniciu...

Arquivos

LITERATURA E MÚSICA

LITERATURA E MÚSICA

Posts Populares

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Receba as novidades

Tecnologia do Blogger.

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!