.

LANÇAMENTOS DO MARÇO DA INTRÍNSECA

1 de março de 2019



Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Mês novo aí e eu estou tentando colocar minhas leituras em dia agora! Sério, desde o começo do ano ando meio parado por conta da rotina louca, mas prometo trazer mais resenhas pra cá conforme eu vá finalizando as minhas leituras.

Dado a informação, esse mês de março está repleto de livros incríveis aparecendo no mercado nacional, selecionei alguns da editora Intrínseca para compartilhar com vocês, gostei muito das sinopses dos livros abaixo e fiquei bem interessado em adquirir vários deles, espero conseguir ler todos e conforme as resenhas vão saindo eu atualizo esse post aqui para vocês lerem a minha opinião. 


O MUNDO EM CAOS

Todd Hewitt é o único garoto entre os homens da cidade de Prentisstown, e mal pode esperar para se tornar um deles. No entanto, o lugar esconde algo grave, capaz de mudar o futuro de Todd e do Novo Mundo para sempre. A apenas um mês de se tornar homem, um segredo impensável é revelado, e ele se vê forçado a fugir antes que seja tarde demais. Acompanhado por seu fiel escudeiro, o cachorro Manchee, ele empreende uma jornada repleta de perigos e se depara com uma criatura estranha e silenciosa: uma garota. Mas quem é ela? E por que não foi morta pelo germe como todas as mulheres

Em um mundo pós-apocalíptico, uma infecção rara e perigosa causou o inimaginável: a morte de todas as mulheres. O mesmo germe fez com que os pensamentos dos homens se tornassem audíveis, e agora o caótico Ruído está por toda parte. É impossível guardar segredos no Novo Mundo.



O CASO DA MANSÃO DEBOËN


Eles se conheceram na infância, nas férias em Blyton Hills - a cidade debruçada no lago
mais enigmático que uma criança poderia imaginar. Anos depois, Andy é uma mulher extremamente solitária e sente que não se encaixa em lugar algum; Kerri busca consolo para seus medos e complexos na bebida; Nate se interna voluntariamente em hospitais psiquiátricos e tem a constante companhia do fantasma de Peter, o amigo que se tornara um astro de Hollywood mas morreu de overdose. Nenhum dos quatro podia imaginar que seu futuro seria fadado ao fracasso por conta de uma aventura adolescente envolvendo a Mansão Deboën.

Mais de uma década antes, em 1977, eles eram apenas quatro jovens inquietos, acompanhados de um simpático cachorro, quando foram até o lago da cidade de Blyton Hills para desvendar um mistério. Em vez de monstros assustadores e espíritos vingativos, o Clube dos Detetives de Blyton, como eles se intitulavam, descobriu que tudo não passava da tramoia de um criminoso fantasiado. Mas o que eles viram e ouviram naquele dia jamais deixa de aterrorizá-los.

Com a vida estagnada e imersa em um caos insuportável, Andy se convence de que é preciso enfrentar o passado que não os permite seguir em frente. O grupo então se reúne para tentar entender o que realmente aconteceu naquele fatídico verão e, desta vez, terão certeza de que a resposta é muito mais macabra e perigosa do que imaginavam.




MATADOURO-CINCO

O humor e estilo únicos e originais de Kurt Vonnegut o fizeram um dos escritores mais importantes
da literatura norte-americana. Sarcástico, ele foi capaz de escrever sobre a brutal destruição da cidade de Dresden, na Alemanha, durante a Segunda Guerra Mundial — sem apelar para descrições sensacionalistas. Em vez disso, criou uma história imaginativa, muitas vezes engraçada e quase psicodélica, estrategicamente situada entre uma introdução e um epílogo autobiográficos.

Assim como Billy Pilgrim, o protagonista de Matadouro-Cinco, Vonnegut testemunhou como prisioneiro de guerra, em 1945, a morte de milhares de civis, a maior parte deles por queimaduras e asfixia, no bombardeio que destruiu a cidade alemã. Billy tinha sido capturado e destacado para fazer suplementos vitamínicos em um depósito de carnes subterrâneo, onde os prisioneiros se refugiaram do ataque dos Aliados. Salvo pelo trabalho, depois de ter visto toda sorte de mortes e crueldades arbitrárias e absurdas, Billy volta à vida de consumo norte-americana e relata sua pacata biografia, intercalando sua trajetória aparentemente comum com episódios fantásticos de viagens no tempo e no espaço.


HOLOCAUSTO BRASILEIRO

No Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena, conhecido apenas por Colônia, ocorreu uma das maiores barbáries da história do Brasil. O centro recebia diariamente, além de pacientes com diagnóstico de doença mental, homossexuais, prostitutas, epiléticos, mães solteiras, meninas 

problemáticas, mulheres engravidadas pelos patrões, moças que haviam perdido a virgindade antes do casamento, mendigos, alcoólatras, melancólicos, tímidos e todo tipo de gente considerada fora dos padrões sociais.

Essas pessoas foram maltratadas e mortas com o consentimento do Estado, médicos, funcionários e sociedade. Apesar das denúncias feitas a partir da década de 1960, mais de 60 mil internos morreram e um número incontável de vidas foi marcado de maneira irreversível.

Daniela Arbex entrevistou ex-funcionários e sobreviventes para resgatar de maneira detalhada e emocionante as histórias de quem viveu de perto o horror perpetrado por uma instituição com um propósito de limpeza social comparável aos regimes mais abomináveis do século XX.


Desses livros confesso que estou ansioso para ler todos, principalmente o Holocausto Brasileiro (sempre quis ler essa obra, e agora que Intrínseca lançou essa edição incrível, daí que eu quero ler mesmo) , O Caso da Mansão Deboën, cuja sinopse mega me agradou, e Matador Cinco, cuja arte da capa está incrível. Enfim, gostou de algum desses livros? Deixe aí nos comentários suas escolhas!

5 comentários:

  1. oi!
    Eu adorei as sugestões de lançamentos da editora Intrínseca :D são maravilhosos.

    ResponderExcluir
  2. Só livros bons, estaremos em excelente companhia com a Intrínseca em Março.

    ResponderExcluir
  3. Eu amo a Intrínseca! Volta e meia um livro me chama atenção e quando vou ver a editora, são eles. Traz uma resenha do “o caso da mansão deboen” - foi oq mais me interessou e chamou atencao entre todos!! Queria saber mais sobre!

    ResponderExcluir
  4. Adorei as sugestões e confesso que esse da mansão me chamou muita atenção e não sabia desse caso aqui no Brasil, teria curiosidade de ler também pra saber tudo o que aconteceu

    ResponderExcluir



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels