.

RESENHA: O QUE ACONTECEU COM ANNIE

26 de março de 2019


O Que Aconteceu Com AnnieO Que Aconteceu Com Annie
Autora:  C.J. Tudor

Editora:
 Intrínseca 
Páginas
: 288 páginas
Resenha escrita por:
 Leonardo Santos
Livro cedido pela editora


Uma noite, Annie desapareceu. Desapareceu de sua própria cama. Houve buscas, apelações. Todos pensaram o pior. E então, milagrosamente, depois de quarenta e oito horas, ela voltou. Mas ela não podia ou não iria dizer o que tinha acontecido com ela. Algo aconteceu com minha irmã. Eu não posso explicar o quê. Eu só sei que quando ela voltou, ela não era a mesma. Ela não era minha Annie. Eu não queria admitir, nem para mim mesmo, que às vezes morria de medo da minha própria irmãzinha.

Fala galera do Porão Literário! Tudo certo? Hoje eu trago uma resenha mega especial para o blog, afinal esse post é sobre um livro que faz parte do clube de assinatura mais amor do mercado literário! Recebi esse mês dos amores da Intrínseca a sexta edição do INTRÍNSECOS, o clube de assinatura da editora. Eles trazem todo mês uma obra exclusiva que está prestes a ser lançada no Brasil, e neste mês a obra escolhida foi O Que Aconteceu com Annie, um thriller de C.J. Tudor! A mesma autora de O Homem de Giz.





Enfim, eu devorei o livro e pretendo fazer uma resenha objetiva e sem spoilers, afinal como a obra nem saiu ainda seria extremamente inviável eu fazer uma análise com trechos que revelariam acontecimentos da obra, enfim, pra quem ainda não conhece a história ela tem como protagonista um anti-herói bem enigmático; Joe teve um infância comum até o desaparecimento de sua irmã mais nova, Annie. A caçula ficou desaparecida por dois dias, e no ápice das buscas, ela reaparece.

A garota não consegue lembrar nada do que aconteceu nesse período, e aos poucos as coisas vão voltando ao normal, menos para Joe... Muito ligado a sua irmã, o garoto começa a perceber que sua irmã não é mais a mesma... Vinte e cinco anos se passaram, Joe agora é um professor viciado em jogos e falido que retorna a cidade de natal de Anhrill. Os motivos que o trazem de volta a cidade onde cresceu são no mínimo curiosos. Ao voltar a cidade, o passado e o presente se mesclam na narrativa, que traz a tona todos os traumas e descobertas do mistério que ronda o desaparecimento de sua irmã. 

Vamos lá, eu ainda não li O Homem de Giz, por isso não sabia muito bem o que esperar deste livro, justamente por não conhecer o estilo de escrita e narrativa da autora, mas posso dizer que fui muito bem surpreendido. C.J. Tudor parece saber aonde quer chegar e cria personagens que são verossímeis o suficiente para que a história consiga te prender logo do começo, inclusive senti muito a vibe do Stephen King em seu modo de escrita, seja pelo tom meio sarcástico do personagem principal ou pelo tom dark adotado.

Li algumas opiniões a respeito do pessoal que já leu o thriller e muito tem se debatido a respeito do gênero do livro e como ele está sendo vendido, vejo muita gente dizendo que não concorda que o livro seja puxado pro terror, e sim pro thriller psicológico. Concordo com essa classificação, creio que ela representa melhor o tom que C.J. abordou suas páginas. Isso porque tudo é meio que introspectivo, e conforme o passado vai sendo construído através dos capítulos, as peças vão se juntando e a trama vai se revelando.

Um dos contras do livro, na minha percepção, pode ter sido a expectativa que as primeiras páginas criaram na minha mente, isso porque as primeiras páginas realmente prendem sua atenção e te deixa curioso para saber o que vai acontecer, entretanto o último terço do livro corre de forma menos aprofundada, principalmente no mistério que ronda Annie (personagem que aqui leva o título). Não estou dizendo que o final não é satisfatório (porque é!), mas poderia ser bem mais impactante mediante a todos os elementos que são apresentados nas primeiras páginas. Creio que a mitologia (coisa que King sempre cria com maestria) poderia ser mais aprofundada. 

Com isso a parte, a leitura flui muito bem devido ao mistério que vai se formando e da quantidade de páginas também - que são poucas. Isso me fez devorar O Que Aconteceu Com Annie em poucos dias, e de fato foi uma leitura muito proveitosa, indico a todos assim que a edição for publicada.

2 comentários:



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: ARSÈNE LUPIN E A ROLHA DE CRISTAL

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels