.

LIVROS GRATUITOS NA AMAZON!

24 de março de 2020



Fala galera do Porão Literário! Tudo certo? Com essa pandemia assolando cada vez mais o nosso planeta, todos os cuidados devem ser tomados, certo? Já cansamos de ouvir quais são, mas nunca é demais reforçar que, caso você possa, não saia de casa e procure sempre lavar as mãos! Nesse estado de quarentena várias editoras disponibilização e-books gratuitos para download! 

Pensando nisso decidi juntar alguns desses e-books aqui para vocês baixarem, vamos tentar utilizar esse tempo para a leitura e reflexão, certo? Enfim, vamos lá. 

Sejamos todos feministas por [Adichie, Chimamanda Ngozi]
SEJAMOS TODOS FEMINISTAS
Chumamanda Ngozi Adiche

O que significa ser feminista no século XXI? Por que o feminismo é essencial para libertar homens e mulheres? Eis as questões que estão no cerne de Sejamos todos feministas, ensaio da premiada autora de Americanah e Meio sol amarelo. "A questão de gênero é importante em qualquer canto do mundo. É importante que comecemos a planejar e sonhar um mundo diferente. Um mundo mais justo. Um mundo de homens mais felizes e mulheres mais felizes, mais autênticos consigo mesmos. E é assim que devemos começar: precisamos criar nossas filhas de uma maneira diferente. Também precisamos criar nossos filhos de uma maneira diferente. "Chimamanda Ngozi Adichie ainda se lembra exatamente da primeira vez em que a chamaram de feminista. Foi durante uma discussão com seu amigo de infância Okoloma. "Não era um elogio. Percebi pelo tom da voz dele; era como se dissesse: 'Você apoia o terrorismo!'". Apesar do tom de desaprovação de Okoloma, Adichie abraçou o termo e — em resposta àqueles que lhe diziam que feministas são infelizes porque nunca se casaram, que são "anti-africanas", que odeiam homens e maquiagem — começou a se intitular uma "feminista feliz e africana que não odeia homens, e que gosta de usar batom e salto alto para si mesma, e não para os homens". Neste ensaio agudo, sagaz e revelador, Adichie parte de sua experiência pessoal de mulher e nigeriana para pensar o que ainda precisa ser feito de modo que as meninas não anulem mais sua personalidade para ser como esperam que sejam, e os meninos se sintam livres para crescer sem ter que se enquadrar nos estereótipos de masculinidade.




O Vilarejo por [Montes, Raphael]

O VILAREJO

Raphael Montes



Em 1589, o padre e demonologista Peter Binsfeld fez a ligação de cada um dos pecados capitais a um demônio, supostamente responsável por invocar o mal nas pessoas. É a partir daí que Raphael Montes cria sete histórias situadas em um vilarejo isolado, apresentando a lenta degradação dos moradores do lugar, e pouco a pouco o próprio vilarejo vai sendo dizimado, maculado pela neve e pela fome.



As histórias podem ser lidas em qualquer ordem, sem prejuízo de sua compreensão, mas se relacionam de maneira complexa, de modo que ao término da leitura as narrativas convergem para uma única e surpreendente conclusão.






Um estudo em Charlotte: Você nunca viu Watson e Holmes desse jeito antes (Charlotte Holmes Livro 1) por [Cavallaro, Brittany]

UM ESTUDO EM CHARLOTTE
Brittany Cavallaro

A ÚLTIMA COISA QUE JAMIE WATSON QUERIA era uma bolsa de estudos de rúgbi em Sherringford, uma escola de Connecticut que fica a uma hora da casa de um pai que ele mal conhece e em um continente diferente de sua família. Mas não é só isso: Sherringford é casa de Charlotte Holmes, a tataraneta do famoso detetive, que herdou não apenas sua genialidade, mas também seu temperamento volátil.
Desde o primeiro momento em que Jamie Watson e Charlotte Holmes se encontram, uma energia tensa os envolve, e parece que eles estão destinados a ser rivais e mais nada. Mas tudo muda quando um estudante da Sherringford morre sob condições suspeitas, fazendo uma releitura de um dos casos mais assustadores de Sherlock Holmes.




Cinder (As crônicas lunares Livro 1) por [Meyer, Marissa]

CINDER
Marissa Meyer

Embora esteja ansiosa para agradar o príncipe, Cinder é impedida de trabalhar no androide quando Peony, sua meia-irmã e única amiga, é infectada por uma peste fatal que tem assolado a Terra por anos. Culpando-a pelo destino da filha, a madrasta de Cinder a entrega como voluntária para as pesquisas da doença, uma "honra" a qual ninguém sobreviveu até então.
Logo, porém, os pesquisadores descobrem algo de incomum na cobaia recém-adquirida. Algo pelo qual há quem esteja disposto a matar.
Cinder tem dezesseis anos e é considerada uma abominação tecnológica pela maior parte da sociedade e um fardo por sua madrasta. Por outro lado, ser ciborgue tem suas vantagens: a interface de seu cérebro lhe deu a capacidade sobre-humana de consertar tudo — robôs, aerodeslizadores, os próprios membros cibernéticos quebrados—, tornando-a a melhor mecânica de Nova Pequim. Sua reputação faz com que o herdeiro do império, o príncipe Kai em pessoa, apareça em seu estande na feira, solicitando o conserto de um androide antes do baile anual.



Viagem ao centro da Terra: edição bolso de luxo (Clássicos Zahar) por [Verne, Jules]

VIAGEM AO CENTRO DA TERRA
Jules Verne

Em 1863, o impetuoso geólogo e mineralogista Otto Lidenbrock descobre uma mensagem cifrada em caracteres rúnicos descrevendo uma expedição ao interior do planeta. É o suficiente para o enérgico professor se lançar na mesma aventura, acompanhado de seu assistente e sobrinho Axel e do inabalável Hans, guia imprescindível para a empreitada.
Rios de lava, mares subterrâneos, os primórdios da vida no planeta, fauna e flora pré-históricos, múmias de homens primitivos… Embarque você também nessa fascinante e extraordinária Viagem ao centro da Terra!
Essa edição da coleção Clássicos Zahar traz texto integral, breve apresentação e cerca de 20 ilustrações originais. A versão impressa apresenta ainda capa dura e acabamento de luxo.




Sem coração por [Meyer, Marissa]

SEM  CORAÇÃO
Marissa Meyer

Catherine era uma das garotas mais desejadas do País das Maravilhas e a favorita do ainda solteiro Rei de Copas, mas seus interesses eram outros. Por seu talento na cozinha, ela só queria abrir uma confeitaria em sociedade com sua melhor amiga e oferecer ao Reino de Copas os mais deliciosos doces e bolos. Porém, de acordo com sua mãe, era uma ideia inaceitável para a jovem que poderia ser a próxima rainha. Em um baile real em que o rei pretende pedi-la em casamento, Cath conhece Jest, o belo e misterioso bobo da corte. Pela primeira vez, sente a força da pura atração. Mesmo correndo risco de ofender o rei e contrariar os pais, ela e Jest iniciam um relacionamento intenso e secreto.
Cath está determinada a escolher o próprio destino e se apaixonar nos seus próprios termos. Mas em uma terra repleta de magia, loucura e monstros, o destino tem outros planos...





Luzes de emergência se acenderão automaticamente por [Geisler, Luisa]

LUZES DE EMERGÊNCIA SE ACENDERÃO 
Luisa Geisler
De certa forma, um relacionamento são duas pessoas que se recusam a desistir uma da outra. Duas pessoas igualmente ferradas, claro. É o que escreve Henrique, ou Ike, em cadernos que carrega consigo para todos os lugares. São cadernos em que fala de seu dia a dia, dos amigos, e de sonhos difusos que ele guarda para o futuro.
Henrique mora nos subúrbios de Porto Alegre com os pais, e é um garoto que se considera, em todos os aspectos, uma pessoa normal. Está na faculdade, trabalha num posto de gasolina em meio período, tem uma namorada. Fala pouco, é introspectivo, mas cultiva amizades sólidas. Tudo muda quando seu melhor amigo, Gabriel, bate a cabeça num acidente banal e, pouco tempo depois, é hospitalizado em coma. Após uma cirurgia de emergência, não há muito que fazer por ele, dizem os médicos. Apenas esperar. E Ike, os pais de Gabriel, o irmão mais velho e os amigos aguardam o menor sinal de melhora.
É então que, perto do Natal, Ike começa a escrever. São cartas em sequência ao amigo, como uma conversa, onde relata o que se passa na ausência do amigo. Para "quando tu acordar", diz ele. "Queria saber quando tu ia acordar, como tu tá, o que tem acontecido, se tem algo que dê pra fazer", escreve Henrique. As cartas são entremeadas por narrativas curtas, que dão a elas uma dimensão adicional: até que ponto Ike sabe realmente o que acontece à sua volta? O que pensam os outros?




O jardim secreto por [Burnett, Frances Hodgson]

O JARDIM SECRETO
Frances Hodgson

Clássico da literatura inglesa, O jardim secreto conta a história de duas crianças solitárias que decidem restaurar um jardim proibido, cujo mistério remete a um acidente ocorrido anos atrás.
A amizade improvável entre os dois personagens funciona como uma metáfora para a descoberta do mundo e para o autoconhecimento.
Escrito em 1911, o livro já inspirou diversas montagens no teatro e três filmes - entre eles, o longa americano homônimo de 1993, dirigido pela polonesa Agnieszka Holland, vencedor do prêmio Bafta.
Esta edição traz introdução e notas da romancista e crítica literária Alison Lurie e um posfácio de Marise Soares Hansen, mestre em literatura brasileira pela Universidade de São Paulo. Em seu texto, ela traça paralelos do romance com autores importantes de literatura de língua portuguesa, como Eça de Queiroz e Clarice Lispector.
Durante a maior parte de sua vida profissional, Frances Hodgson Burnett foi uma escritora de sucesso. Desde cedo sustentou a si mesma (e a várias outras pessoas) com seus escritos. Suas peças de teatro, contos para revistas e romances ajudaram a tirar a mãe e as irmãs da pobreza. Sua carreira também pagou pela pós-graduação em medicina do primeiro marido e garantiu ao segundo a oportunidade de estrelar uma peça em Londres.



Memórias póstumas de Brás Cubas por [de Assis, Machado]

MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS
Machado de Assis

Em 1881, Machado de Assis lançou aquele que seria um divisor de águas não só em sua obra, mas na literatura brasileira: Memórias póstumas de Brás Cubas. Ao mesmo tempo em que marca a fase mais madura do autor, o livro é considerado a transição do romantismo para o realismo.
Num primeiro momento, a prosa fragmentária e livre de Memórias póstumas, misturando elegância e abuso, refinamento e humor negro, causou estranheza, inclusive entre a crítica. Com o tempo, no entanto, o defunto autor que dedica sua obra ao verme que primeiro roeu as frias carnes de seu cadáver tornou-se um dos personagens mais populares da nossa literatura. Sua história, uma celebração do nada que foi sua vida, foi transformada em filmes, peças e HQs, e teve incontáveis edições no Brasil e no mundo, conquistando admiradores que vão de Susan Sontag a Woody Allen.
Esta edição reproduz o prólogo do próprio autor à terceira edição do livro, em que ele responde às dúvidas dos primeiros leitores. Traz ainda prefácio de Hélio de Seixas Guimarães, professor livre-docente na USP e pesquisador do CNPq, e estabelecimento de texto e notas de Marta de Senna, cocriadora e editora da revista eletrônica Machado de Assis em Linha, e Marcelo Diego, pesquisador da obra de Machado na Universidade Princeton.


OUTROS TÍTULOS DISPONÍVEIS!

Minha vida não é uma comédia romântica: https://amzn.to/2y3DvoN
Atlas: https://amzn.to/2WzNcW0
Eu tive um sonho: https://amzn.to/3df8ZIq
Cartas: https://amzn.to/2QCnQ66
Nada me faltará: amzn.to/3abCBVa
Madame Xanadu: https://amzn.to/2vrcTN8
Peccatum Mortiferum: https://amzn.to/3aeqOp5
Estilhaços de Sangue: https://amzn.to/2J703XF
Histórias (mais ou menos) assustadoras: https://amzn.to/31YQJMM
Vilãs: https://amzn.to/2NZMlJQ
Auguste Dupin: o primeiro detetive: https://amzn.to/2UfCa6W
Aqueles que abandonam Omelas: http://bit.ly/CAPSULAleguin


Outros títulos da editora Rocco: https://amzn.to/3agxkvH

Créditos ao site Buzzfeed e ao twitter @sem_spoilers

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: SEGUNDA FUNDAÇÃO

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels