.

RESENHA: O SENHOR DO CAOS

20 de abril de 2020


O SENHOR DO CAOS
Autor(a): Robert Jordan
Editora: Intrínseca

Páginas: 1072
Ano de publicação: 2018
Compre através deste link.

Recuperando-se em meio às Sábias, Egwene deseja prosseguir por conta própria em seus estudos sobre o Mundo dos Sonhos, mas ainda precisa aprender uma dura lição sobre o código de honra Aiel. Em Salidar, a lealdade de Elayne e Nynaeve às dissidentes da Torre Branca as coloca em uma posição difícil: elas devem tentar proteger as Aes Sedai de si mesmas.
Mat e Perrin, por sua vez, precisam arriscar a própria vida para seguir Rand. Enquanto isso, o Dragão se divide entre governar Cairhien e Caemlyn, sem jamais encontrar refúgio das decisões difíceis e da voz de Lews Therin, que ameaça fazê-lo sucumbir à loucura.
Em O senhor do Caos, as intrincadas tramas continuam a se desenrolar e Jordan demonstra maestria em resolver os conflitos dos volumes anteriores criando novos suspenses. A ordem e as antigas instituições desmoronam para abrir caminho para o senhor do caos no novo volume de A Roda do Tempo, uma das mais extraordinárias séries já escritas.


Fala galera do Porão Literário, como vocês estão? Finalmente estamos aqui, na resenha do sexto volume da série A Roda do Tempo! Mal posso acreditar que agora, oficialmente, eu já li todos os livros da série já traduzidos para português! Isso mesmo, O Senhor do Caos é o sexto volume da série, desde quando eu comecei a ler no ano passado, muita coisa se passou nos reinos fantásticos criados pelo Robert Jordan




Pois bem, antes de entrar no conteúdo mesmo do sexto volume, preciso avisar  que esta resenha não conterá spoilers deste em específico, mas terá breves análises dos acontecimentos anteriores ao Senhor do Caos, então esteja avisado! E ah, lembrando que a produção de uma adaptação está a topo vapor! A Roda do Tempo será uma série da Amazon Prime e tem tudo pra ser incrível, vamos esperar pra ver, não é?

Enfim, partindo pra história: Foi muito bom reencontrar os personagens Mat,  Rand, Egwene, Nynaeve, Elayne e outros tantos novamente, por mais que eu esteja num ritmo frequente de ler algum livro da série, (sendo que o quinto eu li a poucos meses atrás), já estava com saudades de reencontrar com esses personagens nas páginas dos livros. Pois bem, O Senhor do Caos é um dos maiores (se não for o maior) livro da franquia, são cerca de mil e cem páginas. Mas, ao contrário de alguns outros volumes da franquia, a leitura não chega a ser cansativa. 

Isso porque o livro é fragmentado em diversos POVs diferentes, ou seja, ao invés de termos a narrativa contada apenas pelo protagonista (ou poucos personagens), em O Senhor do Caos a distribuição e capítulos é mais justa entre os personagens, isso torna a trama mais acelerada, já que não dá pra ficar enrolando muito quando se tem TANTOS personagens pra lidar. Neste caso a escrita se aproxima muito do que vimos em Crônicas de Gelo e Fogo. Essa fragmentação é muito bem-vinda, visto que já estamos no sexto volume e muitos leitores podem se cansar durante a leitura.

Além disso, é realmente INCRÍVEL ver o quanto nossos personagens principais amadureceram durante o decorrer da saga, já disse isso em várias das resenhas que trouxe da Roda do Tempo, entretanto nesse é com certeza mais visível esse fator, principalmente no personagem principal, que outrora negava quaisquer associação ao poder, agora age com responsabilidade acerca de suas atitudes. Que ORGULHO. 

Pela primeira vez acredito que eu só tenha pontos positivos para destacar nessa série, isso porque já critiquei anteriormente a forma como Jordan constrói os antagonistas da história, porém desta vez o autor consegue tecer uma complexidade incrível para o antagonista, sendo os capítulos que ele Shayoul Ghul e sua trupe de abandonados aparecem os melhores do livro. 

Os melhores? Acho que não, isso por conta do final eletrizante que Jordan nos dá, senti como uma facada em meu peito, confesso! Isso porque até então não temos o sétimo volume para ler, mas aguardo ansiosamente até lá!

Um comentário:



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

CLIQUE E PARTICIPE!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

TRÊS MOTIVOS PARA LER "CABEÇA DE ALHO"

parcerias

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels