.

RESENHA: A GAROTA ALEMÃ

17 de novembro de 2020

A GAROTA ALEMà   
Autor(a): Armando Lucas Correa 
Editora: Jangada

Páginas: 408
Ano de publicação: 2017
Compre o exemplar clicando aqui

Baseado numa história real, A Garota Alemã é um romance magistral. A bordo do famoso transatlântico St. Louis, uma garota de 11 anos e 936 refugiados judeus fogem da Alemanha Nazista. Berlim, 1939. Hannah Rosenthal, de 11 anos, tinha uma vida de contos de fadas. Ela passava as tardes no parque com seu melhor amigo, Leo Martin. Mas, agora, as ruas estão cheias de nazistas. Eles vislumbram uma esperança para sair desse inferno: o St. Louis, um transatlântico que pode propiciar aos judeus uma travessia segura para Cuba. Mas logo as circunstâncias da guerra mudam e o navio que era sua salvação agora parece ser a sua sentença de morte. Nova York, 2014. Anna Rosen, ao fazer 12 anos, recebe um envelope misterioso de Hannah, uma tia-avó que criou o pai falecido. O conteúdo do envelope inspira Anna e a mãe a viajarem a Cuba para conhecer Hannah e descobrir a verdade sobre o trágico passado da família.

 

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro A garota alemã, lançado pela JangadaO livro é de autoria de Armando Lucas Correa. 





Hannah Rosenthal é uma menina de 11 anos que tem uma vida normal para uma garota de sua idade, passa a maior parte do tempo brincando com seus amigos (especialmente o que morava perto de sua casa, Leo Martin). Entretanto, estamos em uma Alemanha do ano de 1939, logo a realidade de todos os moradores do país sofre uma bruta alteração: com o caminhar da guerra pelo território alemão, Hannah precisa fugir. 


Ela não entende muito bem os motivos, mas embarca em uma navegação em direção a um país que pouco tinha ouvido falar chamado Cuba, o transatlântico St. Louis, sofre as consequências do ódio e do preconceitos gerados por um dos regimes mais macabros da nossa história. 

Já em 2014, acompanhamos a trajetória de Anna Rosen, uma menina prestes a fazer doze anos que recebe uma carta um tanto quanto enigmática de sua tia-avó já falecida, Hannah. A carta traz um conteúdo que as faz se perguntarem mais da história da mulher, e nisso elas embarcam para Cuba. 


Antes de entrar na história desse livro em si, eu gostaria de parabenizar o autor Armando Lucas pelo seu trabalho como pesquisador e escritor, eu já li um outro livro (cuja resenha você pode ler aqui) e ressaltei o quanto sua narrativa é envolvente e histórica, já que muito de seu material é inspirado em fatos reais! 

Esse livro não foge disso, o autor utiliza-se da história da família Rosenthal para tecer sua narrativa voltando para o tenebroso cenário da Segunda Guerra Mundial. Sua escrita é muito sensível e respeitosa, mas ainda sim consegue ser bruta e nos fazer refletir ainda mais sobre o quão o homem pode ser cruel. 


Um outro ponto interessante foi a inserção da história da embarcação St. Louis que partiu de Berlim no início da guerra, desconhecia a história e entrar na narrativa conhecendo mais sobre o navio que levou quase mil judeus para fora do território alemão foi uma experiência muito assustadora e visceral. 

Esperava bastante desse livro depois de já ter lido algo do autor e minhas expectativas foram correspondidas! Portanto, indico fortemente esse livro!




Nenhum comentário:

Postar um comentário



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: CHERRY - INOCÊNCIA PERDIDA

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels