.

RESENHA: SOMBRA E OSSOS

31 de maio de 2021





SOMBRA E OSSOS
Autor(a):  Leigh Bardugo
Editora: Planeta Minotauro

Páginas: 288
Ano de publicação: 2021
Compre através deste link.

Em um país dividido pela Dobra das Sombras – uma faixa de terra povoada por monstros sombrios – e no qual a corte real está repleta de pessoas com poderes mágicos, Alina Starkov pode se considerar uma garota comum. Seus dias consistem em trabalhar como cartógrafa no Exército e em tentar esconder de seu melhor amigo, Maly, o que sente por ele. Quando Maly é gravemente ferido por um dos monstros que vivem na Dobra, Alina, desesperada, descobre que é muito mais forte do que pensava: ela é consegue invocar o poder da luz, a única coisa capaz de acabar com a Dobra das Sombras e reunificar Ravka de uma vez por todas. Por conta disso, Alina é enviada ao Palácio para ser treinada como parte de um grupo de guerreiros com habilidades extraordinárias, os Grishas. Sob os cuidados do Darkling, o Grisha mais poderoso de todos, Alina terá que aprender a lidar com seus novos poderes, navegar pelas perigosas intrigas da corte e sobreviver a ameaças vindas de todos os lados.

 

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Sombra e Ossos lançado pela editora Planeta. O livro é de autoria de  Leigh Bardugo.






Alina Starkov possui uma rotina considerada comum, sua função naquele mundo é de ser uma das cartógrafas do exército. Tirando seu trabalho de recriar mapas, Alina passa seus dias ao lado de seu amigo Maly - por quem nutre um amor escondido. Essa rotina é quebrada quando ambos são enviados até a Dobra, uma espécie de cortina de fumaça que separa os dois continentes. Naquela área da dobra (que possui quilômetros de extensão), o único método de atravessá-la é com a ajuda dos Grishas. 

Grishas são seres humanos que foram atribuídos poderes elementais, enquanto alguns controlam a terra, ar, fogo e água outros possuem a habilidade de dobrar o sangue humano ou até mesmo curar as pessoas. Nisso, Alina e Maly entram em uma tripulação para atravessar a dobra, aventura que dá terrivelmente errado, e graças a isso Alina descobre que possuí dentro de si uma habilidade rara até mesmo entre os Grishas: Alina guarda em si a dobra da luz solar. 


Luz esta, que bem aplicada pode derrubar a Dobra. Nisso, Alina conhece Darkling, um ser extremamente mítico e enigmático que a leva até a sede dos Grishas, onde irá treinar para atingir o máximo do seu poder e - talvez- destruir a Dobra. 

Bom galera, é isso! Eu me rendi a hype de Shadow and Bone! Com a série sendo um enorme sucesso na Netflix eu peguei o primeiro livro da trilogia Grisha pra ler e minha opinião acerca do primeiro volume é um tanto mista... Mas vamos lá!

Aqui somos apresentados pro mundo de Alina e todo o começo de sua transformação de um ser humano ordinário até a Grisha que pode ser a salvação de todos. Gostei da protagonista e acredito que ela vá evoluir muito durante a história! 


Além disso eu gostei muito dos elementos mitológicos usados pela autora na construção daquele mundo (provavelmente da Rússia e países da europa oriental), é diferente dos elementos que costumamos ver em outros livros dessa temática young adult.

Já com relação aos pontos negativos... Bem, acredito que o livro não tenha atendido a minhas expectativas pois comecei a lê-lo com uma enorme hype! A história é boa, mas não dá muitas chances de desenvolver seus personagens, principalmente os secundários já que a história só é narrada pelo ponto de vista da Alina. Maly é um deles, mal vemos o personagem no livro e ele tem uma mega importância para a protagonista, no entanto não sentimos o mesmo pois ele mal aparece. Darkling, Zoya e outros personagens tem potenciais gigantes, mas acabam ficando desfocados pela narrativa. 


O final é interessante e altera muita coisa! Então acredito que os próximos livros consigam trazer um aprofundamento maior pros personagens e também pra ambientação daquele mundo (como a cultura, política e etc), bom... é torcer e ler! 

Um comentário:

  1. Leo!
    Há muito desejo poder ler essa série e acabei assistindo meio que sem querer a série na Netflix, maridão estava assistindo quando entrei no quarto e acabei ficando e assistimos juntos. Gostei demais de todo universo criado. Agora quero ler ainda mais a série de livros.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: VENHA O QUE VIER

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels