.

RESENHA: O CLUBE DO CRIME DAS QUINTAS-FEIRAS

3 de agosto de 2021

O CLUBE DO CRIME DAS QUINTAS-FEIRAS 
Autor(a):  Richard Osman
Editora: Intrínseca 

Páginas: 400
Ano de publicação: 2021
Compre através deste link.

Toda quinta, em um retiro para aposentados no sudeste da Inglaterra, quatro idosos se reúnem para ― segundo consta na agenda da sala de reunião ― discutir ópera japonesa. Mas não é bem isso que acontece ali dentro. Elizabeth, Ibrahim, Joyce e Ron usam o horário para debater casos policiais antigos sem solução, confiantes de que podem trazer justiça às vítimas e encontrar os responsáveis por algumas daquelas atrocidades do passado. Com todos os integrantes acima dos setenta anos, o Clube do Crime das Quintas-Feiras não é a equipe de detetives mais convencional em que se conseguiria pensar, mas com certeza está mais do que acostumada a fortes emoções. Afinal, Joyce foi enfermeira por décadas, Ibrahim ajudou pacientes psiquiátricos em situações dificílimas, Ron era um reconhecido líder sindical e Elizabeth... bom, digamos que assassinatos e redes de contatos sigilosas não eram nenhuma novidade para ela. Quando um empreiteiro local com projetos bastante questionáveis na cidade aparece morto, o grupo tem a oportunidade de seguir as pistas de um caso atual. Apostando em seus semblantes inocentes e habilidades investigativas estranhamente eficazes ― além de trocas de favores clandestinas com a polícia, que, apesar de todos os esforços, parece estar sempre um passo atrás de seus colegas amadores ―, os quatro amigos embarcam em uma aventura na qual as mortes do presente se entrelaçam com antigos segredos, e em que saber demais pode trazer consequências perigosas.

 

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro O Clube do Crime das quintas-feiras lançado pela editora IntrínsecaO livro é de autoria de Richard Osman e a resenha foi escrita por Leonardo Santos.



Em um retiro localizado em uma região do interior da Inglaterra, nós conhecemos Elizabeth, Ibrahim, Joyce e Ron, o grupo de senhores e senhoras integram o Clube do Crime das Quintas-Feiras, que, como o próprio nome diz, tem a intenção de reunir os integrantes para discutir crimes antigos que não foram solucionados. 


O quarteto não poderia ser mais diferente: Joyce é uma enfermeira aposentada, Ron foi líder de um enorme sindicato, Ibrahim foi assistente de um hospital sanatório durante muito tempo, já Elizabeth tem um passado que envolve investigações e também um certo mistério. Juntos, eles começam a revirar casos a procura de novas pistas como uma forma de distração para passar os dias. 

Tudo muda quando um empreiteiro novo na cidade aparece morto, com isso uma investigação oficial é aberta com os detetives Donna e Chris guiando as investigações. A partir daí, o quarteto utiliza de toda sua carisma e conhecimentos para se integrar a investigação e tentar solucionar aquele caso. 


Com doses que variam entre comicidade de investigação, somos guiados pro primeiro volume que tem tudo pra se tornar uma das mais instigantes séries estilo Agatha Christie. Eu simplesmente amo esse tipo de leitura investigativa que trabalha de forma leve e, em diversos momentos, divertida. 

É isso que a escrita de Osman se propõe, despido de qualquer pretensão, O clube do Crime é composto principalmente por seus personagens carismáticos e aquele típico humor britânico que conquistou todo o mundo por seu exagero cauteloso da rotina.

A narrativa se divide em capítulos cujo ponto de vista se altera entre os personagens, portanto começando com Joyce sendo "recrutada" para o grupo e a partir daí conhecemos melhor cada um dos membros do Clube. O modelo de narrativa funcionou comigo, mesmo eu ficando um pouco confuso no começo peguei rapidamente os nomes dos personagens. 


No principio a história não me puxou completamente, confesso que insisti um pouco pra continuar lendo, mas depois de uma tentativa ou outra finalmente eu consegui estabelecer meu ritmo e me divertir durante a leitura.

Não espere uma história épica, pois O Clube do Crime é grandioso em sua abordagem despreocupada, mas ainda sim é um livro divertido e que entretêm muito!


Nenhum comentário:

Postar um comentário



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: OS ASSASSINATOS NA RUA MORGUE E OUTROS CONTOS

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels