.

RESENHA: PALAVRAS INTERROMPIDAS

1 de setembro de 2021

 


PALAVRAS INTERROMPIDAS
Autor(a):  Marcos Debrito
Editora: Faro Editorial

Páginas: 144
Ano de publicação: 2021
Compre através deste link.

O corpo de uma jovem foi encontrado na praia. Carlos é chamado para identificar. É a sua filha, mas ele não a reconhece. Os cabelos tingidos de preto e a estranha tatuagem no ombro mostram que Fernanda não se parecia com a menina alegre de quem ele se lembrava. Ao reparar que em seu braço havia indícios de violência, o pai em luto começa uma busca incansável pelo culpado. Enquanto procura por respostas, Carlos se depara com segredos que a filha escondia, e sua investigação o leva a conhecer uma enigmática figura que promete ajudá-lo a encontrar o responsável pela morte de Fernanda, mas não sem antes pedir algo precioso em troca. O que um pai é capaz de fazer para descobrir a verdade? Errar, culpar, matar outras pessoas?

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Palavras Interrompidas lançado pela editora Faro Editorial. O livro é de autoria de Marcos Debrito e a resenha foi escrita por Leonardo Santos.


Carlos recebe uma chamada aterrorizante. Encontraram um corpo na praia e, ao que tudo indica, pertence a sua filha. Ao se confrontar com o corpo, no entanto, Carlos pouco reconhece aquelas feições - marcadas por uma melancolia gigante -, além dos cabelos tingidos de preto e da tatuagem no ombro que fora feita recentemente sem seu conhecimento. 


Mas sim, aquela era sua filha - mesmo tão estranha aos seus olhos. Tudo indica que sua morte foi um suicídio, mas Carlos nega-se a acreditar nisso. Sua negação cria sustento quando, ao receber o celular de sua filha, lê uma série de mensagens que podem levá-lo a um possível culpado. 

A partir daí, Carlos se envolve em uma jornada de vingança que o irá levar ao lado mais obscuro e selvagem da natureza humana. Até que ponto ele está disposto a ir para ter sua vingança? 


Em seu terceiro livro solo publicado pela Faro Editorial, Marcos Debrito traz uma narrativa curta, porém repleta de simbolismo em uma jornada que irá nos levar até o Inferno. Mas calma! Inferno é o nome de uma boate que existe no livro! Mas seu nome não foi escolhido de forma aleatória. Com isso, vamos nos aprofundando cada vez mais na mente de Carlos, em sua queda pelo instinto mais selvagem do ser humano: a busca por vingança. 


Vingança e justiça são dois termos que são bem discutidos nesse realismo fantástico criado por Debrito. Gostei muito da forma como ele brinca com esses dois conceitos e a linha tênue que os separa. O desenvolvimento da narrativa é rápido - até para se encaixar na proposta de uma história mais concisa - e seu final é melancólico e até mesmo surpreendente. 

As reviravoltas são coerentes e bem planejadas, dando mais veracidade a história. Já com relação a edição eu confesso que fiquei apaixonado! Amei muito os detalhes e cuidado que a editora e autor tiveram ao construir a ambientação - seja com as artes melancólicas que compõem o livro ou a diagramação confortável. 

Espere o inesperado, e assim você poderá se infiltrar na mente do nosso protagonista em sua queda pelos círculos do Inferno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: OS ASSASSINATOS NA RUA MORGUE E OUTROS CONTOS

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels