.

RESENHA: DUNA

17 de novembro de 2021

 


DUNA
Autor(a):  Frank Herbert
Editora: Aleph

Páginas: 680
Ano de publicação: 2017
Compre através deste link.

Uma estonteante mistura de aventura e misticismo, ecologia e política, este romance ganhador dos prêmios Hugo e Nebula deu início a uma das mais épicas histórias de toda a ficção científica. Duna é um triunfo da imaginação, que influenciará a literatura para sempre.Esta edição inédita, com introdução de Neil Gaiman, apresenta ao leitor o universo fantástico criado por Herbert e que será adaptado ao cinema por Denis Villeneuve, diretor de A chegada e de Blade Runner 2049.

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Duna lançado pela editora Aleph. O livro é de autoria de Frank Herbert e a resenha foi escrita por Leonardo Santos. 



Em um mundo muito distante do nosso, onde a viagem interestelar se tornou parte das civilizações através da galáxia, temos um sistema político cujas principais forças se estabelecem em um império intergaláctico. Nele, as principais casas (ou seja, famílias de grande importância para o funcionamento desse sistema), se integram ao império para fazê-lo cada vez mais poderoso e eficaz. 

Entre essas casas estão os Atreides, guiados pelo Duque Leto, os Atreides recebem uma proposta irrecusável, deixar o seu mundo natal e partir para Arrakis, um dos planetas mais importantes do império. O motivo? Nos desertos áridos do planeta de Arrakis é possível encontrar a substância melange, ela é uma espécie de especiaria que oferece a quem consume um conjunto de habilidades, entre elas a capacidade de fazer viagens interestelares. 

Logo, Arrakis é o ponto chave de todo o império, no passado quem zelava pela segurança do local era a família rival dos Atreides, conhecidos como Harkonnen. Essa transição de poder parece extremamente instável. 

Do outro lado está Paul Atraides, o filho herdeiro do Duque está se preparando para, um dia, assumir a liderança da Casa, mas seu treinamento não é para ser apenas um comandante; sua mãe, Lady Jessica, compartilha com o rapaz a sabedoria das Bene Gesserit, um conselho de mulheres consideradas feiticeiras pelos seus talentos místicos.

Ao chegar no planeta desértico, toda a família Atraides irá precisar se manter em estado de alerta na medida em que inimigos tentam se infiltrar para destruir toda a reputação da casa e do nome Atraides.

Que livro, meus amigos. Sim, finalmente li Duna (um dos principais livros de ficção-científica de todos os tempos). A obra já inspirou grandes clássicos, tais como Star Wars e muito outros que viraram febre no cinema. O clássico de Frank Herbert trás diversos assuntos pra sua narrativa: um sistema político completo, um alarme acerca da escassez de recursos naturais e escravização de povos nativos. Tudo isso brilha na sua narrativa que é composta de muitos diálogos reflexivos e filosóficos. 

Isso, inclusive, por gerar uma certa dificuldade em estabelecer um ritmo de leitura. Existem poucas cenas de ação durante a leitura do primeiro volume, todavia os personagens são extremamente bem construídos e até mesmo à frente do seu tempo (principalmente com relação a Jessica, que é um grande personagem feminina em uma época onde pouco se dava atenção para protagonismos femininos). 

Impecável, amei a forma como o autor coloca todos esses elementos e também mescla alguns temas de cunho religioso em sua analogia. Com isso, estou bem ansioso para continuar a ler e entender mais sobre esse universo. 

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: CIRCE

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels