.

RESENHA: A FILHA DAS PROFUNDEZAS

6 de janeiro de 2022

 


A FILHA DAS PROFUNDEZAS
Autor(a):  Rick Riordan
Editora: Intrínseca

Páginas: 336
Ano de publicação: 2021
Compre através deste link.

Em sua mais nova aventura, Rick Riordan constrói uma releitura apaixonante e divertida de Vinte mil léguas submarinas, clássico de Júlio Verne Depois de nos encantar e nos fazer gargalhar com as façanhas e confusões de inúmeros deuses, semideuses e pobres mortais desavisados, o autor best-seller da série Percy Jackson e os olimpianos se lança em uma nova aventura, dessa vez no fundo do mar. Inspirado em Vinte mil léguas submarinas, clássico de Júlio Verne, Riordan nos conduz em uma viagem eletrizante até as profundezas do oceano. Ainda em terra firme, conhecemos Ana Dakkar, uma das estudantes mais dedicadas da Academia Harding-Pencroft, uma escola que forma os melhores cientistas marinhos, guerreiros navais, navegadores e exploradores submarinos do mundo. Seus pais morreram em uma expedição científica dois anos antes, e a única família que lhe restou foi o irmão mais velho, Dev. A jovem e os demais alunos de sua turma se preparam para uma prova final importante e secreta. Ana tem muitas expectativas para a atividade, que vão por água abaixo quando testemunha uma terrível tragédia que mudará para sempre sua vida e a de seus amigos. Para piorar, a escola rival, o Instituto Land, está determinada a transformar os alunos da Harding-Pencroft em comida de peixe. Animador, não? Correndo contra o tempo, contra inimigos ameaçadores e contra as próprias inseguranças, Ana descobre ser herdeira de um legado ancestral lendário, e precisará liderar uma missão mortal para salvar seus companheiros e o lugar que aprendeu a chamar de lar. Com uma trama que reúne mistério, aventura, personagens apaixonantes e inúmeras referências à obra de Júlio Verne, A filha das profundezas é uma história imperdível sobre família, amizade e coragem, trazendo o olhar único de Rick Riordan sobre os erros e acertos daqueles que vieram antes de nós.
Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro A filha das profundezas lançado pela editora Intrínseca. O livro é de autoria de Rick Riordan e a resenha foi escrita por Leonardo Santos. 

Ana Dakkar está prestes a fazer uma das provas que vai mudar toda sua vida. Aluna exemplar da Academia Harding-Pencroft, que instruí os melhores profissionais do ramo marítimo, seja para trabalhar como um cientista ou para servir na marinha como soldado. 

As provas do segundo ano da academia HP são conhecidas pelo fato de serem extremamente importantes e imprevisíveis, isso porque todos os anos a diretoria muda os desafios da prova para torná-la difícil aos seus alunos.

Essa é apenas uma das preocupações da mente de Ana, pois no mesmo dia em que ela está prestes a fazer a prova, coisas estranhas parecem estar acontecendo no instituto. Além disso, Ana recebe de seu irmão, Dev, um colar que pertencia a sua mãe, que junto ao seu pai morreu em uma exploração anos atrás.

Nisso, ela é levada junto com as amigas para a prova, e durante o percurso até o local designado, Ana testemunha uma tragédia que pode dar um fim a toda dinastia da academia, e acima de tudo, na vida do próprio irmão - que Ana não sabe se está vivo ou não. 

QUE SAUDADES QUE EU ESTAVA DE LER RICK RIORDAN! Bom, eu sou muito fã do autor desde a época em que ele só tinha Percy Jackson lançado (eu era criança, veja bem) e lembro até hoje de comprar O ladrão de raios para começar minha leitura e... aqui estamos! Dez anos depois, o autor nos dá uma outra aventura, dessa vez distante de todo o universo mitológico do qual nos apaixonamos, e o resultado é incrível. 

Todos os elementos que fazem a escrita do Rick viciante estão em "A filha das profundezas", seja os personagens extremamente carismáticos, a trama envolvente que já ganha um plot cheio de ação e reviravolta nas primeiras páginas, os diálogos engraçados com situações que são absurdas e, ao mesmo tempo, eletrizantes... Bem, você vai encontrar tudo isso nesse livro!

Além disso, eu amei o fato do Rick pegar um clássico como Vinte Mil Léguas Submarinas para, a partir dele, criar uma nova narrativa de uma forma que apenas ele consegue fazer. O autor aborda sobre como teve a ideia de criar essa história no prólogo e eu achei genial, por mim ele poderia adaptar toda a obra de Julio Verne que eu ia ficar mega feliz! 

Por fim, eu gostei muito da leva de personagens que Rick trouxe pra essa história, temos inclusive uma brasileira! O mais legal dos personagens é o que desenvolvimento deles durante a narrativa é intenso, uma característica que Riordan passou a desenvolver bem conforme foi ganhando mais maturidade em sua escrita! Pretendo ler a trilogia "Magnus Chase" e estou bem animado para destrinchar ainda mais o universo fantástico do autor!



2 comentários:

  1. A Filha das Profundezas Fiquei muito feliz em saber que Rick Riordan está de volta, sou apaixonada por Percy Jackson e os Olimpianos, também adorei o fato dele fazer uma releitura de Vinte Mil Léguas Submarinas.

    ResponderExcluir
  2. Eu também gostei muito de A filha das Profundezas, não consegui lagar o livro por nada até o fim. Os personagens são ótimos, mas não sei se compreendi muito bem a motivação do "vilão", achei um pouquinho fraca, mas eu leria até lista de compras do Riordan, então está valendo!

    ResponderExcluir



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: LOVECRAFT - POE

SIGA NO INSTAGRAM

PORÃO NO YOUTUBE!







Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels