5 de julho de 2023

RESENHA: O MÁGICO DE OZ

 


Organizadores:  L. Frank Baum
Editora: Antofágica
Ano de publicação: 2023
Compre através deste link.

Ao imaginar um conto de fadas para o mundo moderno, O mágico de Oz revoluciona as histórias para crianças. Um mundo de cores, magia e aventura espera pela garotinha Dorothy, que chega em Oz por acidente quando um grande furacão carrega sua casa até essa terra longínqua. Os habitantes deste lugar tão especial logo recebem a menina como uma heroína capaz de combater bruxas malvadas, mas tudo o que Dorothy mais deseja é voltar à sua terra para reencontrar os tios. Na esperança de conseguir retornar para casa, ela parte em uma aventura para pedir ajuda ao Grande Mágico de Oz, e, no caminho, novos amigos se juntam a Dorothy: o Espantalho, que tem esperança de que Oz lhe dê um cérebro, o Homem de Lata, que deseja um coração, e o Leão Covarde, que sonha em ser corajoso. Ilustrada e apresentada por Arnaldo Baptista, a nova edição da Antofágica traz tradução de Davi Boaventura e posfácios de Carol Chiovatto, pesquisadora com mestrado sobre a representação do feminino nas obras do mundo de Oz e da escritora, ilustradora e roteirista Janaina Tokitaka. O QR Code na cinta direciona a duas videoaulas sobre o livro disponíveis no YouTube com Cláudia Fusco, mestre em Ficção Científica pela Universidade de Liverpool.

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro O mágico de Oz lançado pela editora Antofágica. O livro é de autoria de L. Frank Baum e a resenha foi escrita por Leonardo Santos. 



Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro O mágico de OZ, lançado pela Antofágica. O livro é de autoria de L. Frank Baum e tradução de Davi Boaventura e ilustrações Arnaldo Baptista.

Através do arco-íris existe um lugar para encontrar o amor, a coragem, a inteligência e a... aventura! Dorothy só não sabia que ao acordar naquela pacata manhã em sua pequena casa do Kansas, iria se defrontar com tantas aventuras de uma só vez!

Dorothy é uma garota orfã que mora com os tios e seu cão Totó em uma região afastada do Kansas, o lugar é famoso pela enorme quantidade de ciclones que varre as terras todos os anos, em um desses eventos começa nossa história. Dorothy não consegue chegar no bunker a tempo do ciclone passar e levar a casa às alturas. Nisso, a pequena e o cachorro dão adeus a tudo o que conhecem e se defrontam com um terreno nuca visto antes chamado OZ. 

A menina e seu cão já chegam em Oz como heróis, isso porque a casa onde eles estavam caí em cima da Bruxa Má do Leste, a matando e libertando o povo que era escravo de suas maldades. Dorothy, ainda desolada, só tem uma missão: voltar para casa. Mas para isso ela irá precisar chegar até o coração do país de Oz, também conhecida como A cidade das esmeraldas, para falar com o grande mágico de Oz.

Para isso ela terá que seguir a estrada de tijolos amarelos, na esperança de que seu pedido seja atendido. Nesse meio caminho Dorothy e Totó irão conhecer alguns personagens que já entraram pra história da literatura... E pros nossos corações. 

Como uma história escrita a mais de um século ainda pode ser tão forte na nossa cultura atual? As respostas podem ser das mais diversas, e ao reler esse clássico da literatura infanto-juvenil, consigo pensar em várias delas. É incrível ver como essa fábula continua a ganhar corações e mentes de todo o mundo, e o motivo disso pode estar na narrativa completamente apaixonante criada por Frank Baum.

O Espantalho busca um cérebro, pois assim irá conseguir fazer tudo o que (agora) considera impossível, o Homem de Lata busca um coração, já que o seu foi roubado e não a nada mais valioso do que a capacidade de amar. Já o Leão busca coragem, afinal depois que vencemos nossos medos, estamos aptos a tudo! 

Uma das lições mais valiosas que O Mágico de Oz pode nos oferecer é que a jornada nos entrega o que realmente procuramos, e não o resultado em si. É apaixonante ver como o quarteto de protagonistas dessa história (e nosso ilustre Totó) vão vencendo suas dificuldades e superando seus objetivos iniciais ao trabalhar em equipe! Se prevalecendo mesmo contra as circunstâncias (seja uma bruxa má, um abismo ou um campo de flores soníferas) 

Dorothy em si já é uma protagonista bem diferente daquela que conhecemos em contos de fábula: é forte, determinada e com um só foco: voltar para casa. Banhada de gentileza e compaixão, é emocionante ver suas novas amizades e como seu senso de justiça é forte. 

Agora... acompanhar essa história pela edição magnífica da Antofágica fez minha leitura ficar ainda mais fica, repleta com ilustrações originais feitas por Arnaldo Baptista, o livro age como um ciclone e te leva para Oz. Deixe-se transportar para a magia além do arco-íris e o resultado não poderá ser melhor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leonardo Santos



Olá leitories! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 28 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Guarulhos cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

Equipe do Porão

.

Caixa de Busca

Instagram

Destaque

RESENHA: TEIAS MORTAIS

  Organizadores:  Vários autores Editora:  HarperCollins Brasil Páginas: 240 Ano de publicação: 2023 Compre através deste link. C...

Arquivos

LITERATURA E MÚSICA

LITERATURA E MÚSICA

Posts Populares

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Receba as novidades

Tecnologia do Blogger.

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!