17 de dezembro de 2023

RESENHA: ENTRE PAREDES AMALDIÇOADAS

 


Organizadores:  Lauren Blackwood
Editora: Alta Novel 
Páginas: 336
Ano de publicação: 2023
Compre através deste link.

Andromeda é uma debtera: uma exorcista contratada para purificar lares e livrá-los das Manifestações do Mau-Olhado. Ela seria contratada se o seu mentor não a tivesse expulsado antes que conseguisse tirar a licença. Agora, a sua única esperança de emprego estável é encontrar um Patrono: um indivíduo rico e bem relacionado para atestar as suas habilidades.Magnus Rochester, um jovem e belo herdeiro, entra em contato para contratá-la e ela aceita o emprego sem pensar duas vezes. Não importa que ele seja rude, exigente e excêntrico, que o contrato tenha várias regras bizarras e que quase uma dúzia de debteras tenham pedido demissão antes dela. Se Andromeda quiser se sustentar, ela não tem escolha.Mas ela percebe logo de cara que este trabalho é único, com Manifestações horripilantes em todo o canto, e que o que Magnus está escondendo é muito maior do que tudo o que ela aprendeu no treinamento. A morte é o resultado mais provável se ela ficar, motivo pelo qual os outros debteras foram embora. Mas deixar Magnus sozinho com a sua maldição não é uma opção, porque ela se apaixonou por ele.

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Entre paredes amaldiçoadas lançado pela editora Alta Novel. O livro é de autoria de  Lauren Blackwood e a resenha foi escrita por Leonardo Santos.


"Entre paredes amaldiçoadas" de Lauren Blackwood é uma reescrita fantástica do clássico romance "Jane Eyre", inspirada na Etiópia. A protagonista, Andromeda, é uma debtera, uma exorcista contratada para purificar lares e livrá-los das Manifestações do Mau-Olhado. 

No entanto, seu mentor a expulsou antes que ela pudesse obter a licença necessária para exercer a profissão. Agora, sua única esperança de um emprego estável é encontrar um Patrono, alguém rico e bem relacionado que possa atestar suas habilidades.

Magnus Rochester, um jovem e belo herdeiro, entra em contato com Andromeda para contratá-la, e ela aceita o emprego sem pensar duas vezes. Apesar de sua rudeza, exigências e excentricidades, e das várias regras bizarras do contrato, Andromeda não tem escolha se quiser se sustentar.


No entanto, ela percebe rapidamente que este trabalho é único, com Manifestações horripilantes por toda parte, e que o que Magnus está escondendo é muito maior do que tudo o que ela aprendeu em seu treinamento.

A morte parece ser o resultado mais provável se Andromeda permanecer, o que explica por que as outras debteras pediram demissão antes dela. Todavia, deixar Magnus sozinho com sua maldição não é uma opção viável para ela, porque ela se apaixonou por ele.  

Desde as primeiras páginas, me senti imerso na atmosfera claustrofóbica de um castelo amaldiçoado, com essa sensação palpável de tensão e suspense que Blackwood consegue trazer. A autora habilmente utiliza a ambientação para estabelecer uma constante sensação de perigo iminente em uma história que se desenrola em um ritmo eletrizante e bem fluído!

A personagem de Andromeda é complexa e bem desenvolvida, eu amei conhecer essa personagem e principalmente a forma como ela é desenvolvida na história. A autora mergulha profundamente em suas emoções, explorando seus medos, desejos e motivações com autenticidade. O relacionamento entre Andromeda e Magnus é construído de forma gradual e convincente, misturando tensão e romance de maneira envolvente, acrescentando uma camada extra de complexidade à narrativa.

Um dos pontos mais fortes do livro é a maneira como os elementos culturais etíopes são incorporados à trama, adicionando uma riqueza única à construção do mundo. A autora tece habilmente tradições, mitologia e folclore etíopes à história, proporcionando uma imersão profunda na cultura e na atmosfera do livro. Isso eleva a obra acima de uma simples recontagem, criando uma experiência enriquecedora e cativante.


Além disso, "Entre Paredes Amaldiçoadas" aborda temas como poder, redenção, sacrifício e amor proibido, trazendo profundidade e reflexão à trama. Os personagens secundários desempenham papéis significativos na história, contribuindo para o crescimento e a jornada emocional de Andromeda.

Lauren Blackwood demonstra habilidade excepcional ao criar uma atmosfera sombria e assustadora que envolve o leitor. Sua escrita é visualmente rica, transportando-nos para dentro do castelo, com suas paredes sangrentas e manifestações sinistras. A combinação habilidosa de horror e romance mantém o equilíbrio perfeito, proporcionando uma narrativa envolvente e satisfatória.

"Entre Paredes Amaldiçoadas" é uma leitura eletrizante e envolvente, que oferece uma experiência completa e gratificante. Recomendado para os amantes de horror, fantasia e releituras criativas de clássicos literários, este livro confirma Lauren Blackwood como uma autora talentosa e promissora. Aguardo ansiosamente suas próximas obras, certa de que ela continuará nos encantando com sua escrita imaginativa e envolvente.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leonardo Santos



Olá leitories! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 28 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Guarulhos cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

Equipe do Porão

.

Caixa de Busca

Instagram

Destaque

RESENHA: RAZÃO E SENSIBILIDADE

  Organizadores:   Jane Austen Editora: Faro Editorial Páginas: 288 Ano de publicação: 2023 Compre através deste link. Considerado...

Arquivos

LITERATURA E MÚSICA

LITERATURA E MÚSICA

Posts Populares

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Receba as novidades

Tecnologia do Blogger.

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!