6 de fevereiro de 2024

RESENHA: COISAS FRÁGEIS

 



Organizadores: Neil Gaiman
Editora: Intrínseca
Páginas: 336
Ano de publicação: 2023
Compre através deste link.

Há poucos escritores que sabem contar histórias com o brilhantismo de Neil Gaiman. E quando a vida se impõe, ele não tem receio de rever seus planos de escrita ― e de se apropriar do que lhe escapou. Pois, como afirma na introdução do livro, “as pessoas se despedaçam com muita facilidade, assim como sonhos e corações”. É o que vamos conhecer ao nos deixarmos imergir em Coisas frágeis.Um circo itinerante choca a plateia com uma apresentação incomum antes de desaparecer na noite, levando um dos espectadores. Em uma Inglaterra vitoriana peculiar, um inspetor precisa solucionar um misterioso assassinato na realeza. Adolescentes entram por acaso em uma festa e conhecem as garotas de seus sonhos ― ou talvez saídas de seus piores pesadelos. Dois anos após os acontecimentos de Deuses americanos, Shadow se vê em um antigo casarão escocês, preso a um jogo de vida, morte e monstros.Essas e outras histórias estão reunidas no livro, composto por trinta e uma preciosidades literárias em prosa e verso, esculpidas por Neil Gaiman. 

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Coisas Frágeis lançado pela editora Intrínseca. O livro é de autoria de Neil Gaiman e a resenha foi escrita por Leonardo Santos.



"Coisas Frágeis"  nada mais é do que uma coletânea de contos escrita por Neil Gaiman, uma reunião de histórias que abrange uma variedade de estilos e temas que desde o começo da carreira de Gaiman tornaram sua escrita bem única. Além de trazer uma série de histórias diferentes, o autor evoca a criatividade e o processo criativo de uma forma maravilhosa que apenas Gaiman poderia trazer.

O livro começa com um prefácio onde o autor compartilha suas reflexões sobre a fragilidade da vida e a complexidade da criação literária. Gaiman revela a evolução do projeto, originalmente concebido como "Essas pessoas deviam saber quem somos e avisar que estamos aqui", mas que acabou tomando um rumo próprio.

A partir disso, vamos aos contos! Eu amei vários deles, mas farei uma breve analise sobre algumas das histórias que eu mais gostei! 

O primeiro conto, "Um estudo em esmeralda", é uma fascinante fusão entre o universo de Sherlock Holmes e o horror cósmico de H. P. Lovecraft. Gaiman habilmente tece esses elementos díspares em uma narrativa que tem sim suas principais características, mas ao mesmo tempo flerta com o horror cósmico e investigativo dos outros autores, uma ótima referência.

Já "Outubro na cadeira" revela uma colaboração frustrada com Harlan Ellison, evocando a peculiaridade do processo criativo. A história segue a jornada de um menino morto e um vivo, criando uma ponte para o futuro livro infantojuvenil de Gaiman, "O livro do cemitério".

"As noivas proibidas dos demônios desfigurados da mansão secreta na noite do desejo sinistro" revela uma jornada de mais de duas décadas. Inicialmente rejeitado, o conto encontrou seu caminho para publicação, ganhando reconhecimento com o Prêmio Locus de 2005 na categoria Melhor Conto. Eu particularmente amei mais a trajetória do conto em si do que a história! hahaha


"Grandes baixistas devem fazer assim" e "As pedras na estrada da memória" oferecem uma mistura de inspirações pessoais e experiências sobrenaturais. Ambos os contos apresentam uma abordagem única e autêntica, com o segundo vencendo o Prêmio Locus de 2004 na mesma categoria.

Enfim! Esses são apenas alguns dos contos presentes. A edição da Intrín está belíssima e o livro se torna um ótimo volume para o acervo de Neil Gaiman dentro da coleção. Depois de ler é inevitável não se apaixonar ainda mais pelo autor de livros como "Coraline" "Sandman" e "Deuses americanos" 

"Coisas Frágeis"  se torna uma viagem pela imaginação de Neil Gaiman, onde a fragilidade da vida encontra expressão em contos que variam do misterioso ao sobrenatural — e, portanto, bem Neil Gaiman.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leonardo Santos



Olá leitories! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 28 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Guarulhos cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

Equipe do Porão

.

Caixa de Busca

Instagram

Destaque

RESENHA: RAZÃO E SENSIBILIDADE

  Organizadores:   Jane Austen Editora: Faro Editorial Páginas: 288 Ano de publicação: 2023 Compre através deste link. Considerado...

Arquivos

LITERATURA E MÚSICA

LITERATURA E MÚSICA

Posts Populares

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Receba as novidades

Tecnologia do Blogger.

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!