4 de maio de 2024

RESENHA: COVEN

 




Organizadores:  Harper L. Woods
Editora: Faro Editorial
Páginas: 256
Ano de publicação: 2024
Compre através deste link.

Willow, uma bruxa criada para se tornar a arma do pai contra o Coven – o grupo de bruxos que destruiu sua família e tirou sua liberdade –, está determinada a fazer de tudo para proteger o irmão mais novo...Sua missão é seguir até o Vale do Cristal, onde está localizada a Universidade Bosque – lugar em que os melhores e mais brilhantes bruxos aprendem a praticar magia, livres do julgamento humano.Determinada e com os poderes em ascensão, Willow planeja vingança, mas alguém pretende atrapalhar seu caminho – o diretor Grayson Thorne, um homem lindo e irritante que a despreza tanto quanto ela o detesta.Contudo, segredos ameaçam dividir a universidade em dois grupos. Ninguém mais fala sobre o massacre sangrento que forçou a instituição a fechar décadas antes. O único assunto em pauta é que, pela primeira vez em cinquenta anos, o Coven irá abrir as portas para treze estudantes promissores que estão destinados a mudar o mundo.Isso se os fantasmas das vítimas do massacre não os matarem primeiro...

 

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Coven, lançado pela editora Faro Editorial. O livro é de autoria de  Harper L. Woods e a resenha foi escrita por Leonardo Santos. 

Em um mundo onde a magia é real e os segredos são tão perigosos quanto os feitiços mais poderosos, nós conhecemos Willow, uma bruxa determinada a proteger seu irmão mais novo e vingar a destruição de sua família pelo Coven, um grupo de bruxos que tirou sua liberdade e a transformou em uma arma.

Sua missão a leva até a Universidade Bosque, onde os mais talentosos bruxos são treinados em segredo. Determinada a seguir seu caminho rumo à vingança, Willow se vê confrontada não apenas pelo diretor da universidade, Grayson Thorne, mas também por segredos antigos que ameaçam dividir a instituição.

Enquanto isso, o Coven planeja abrir suas portas para treze estudantes especiais, uma decisão que traz à tona lembranças sombrias de um massacre que assombra a universidade há décadas. Agora, com o destino dos estudantes pendurado em um fio, Willow precisa enfrentar não só seus inimigos vivos, mas também os fantasmas do passado, antes que seja tarde demais.

Olha... Eu gosto do gênero dark romance com pegada meio acadêmica que mistura elementos de fantasia e tal, mas isso quando bem escrito. Nunca li nada dessa autora, mas assim... Em diversos senti que ela estava escrevendo "Coven" só pra poder lançar logo, talvez. A história e as motivações dos personagens é super confusa e muitas vezes não parece fazer sentido. 

A relação de Willow e Gray é... bizarra. Não senti nenhum tipo de química inicial e o que veio a seguir foi estranho e até mesmo problemático. Não me importo que romantasias não expliquem muito o cenário mágico em que o livro se passa, afinal o foco é o romance, mas nesse caso toda a contextualização é tão genérica que não passa nenhuma verossimilhança. 

O plot final foi previsível (e tudo bem com isso), mas o livro parece acabar de uma hora pra outra, talvez a intenção fosse deixar um gancho para o próximo livro da série, mas não sei se isso dá muito certo, sinceramente...



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leonardo Santos



Olá leitories! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 28 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Guarulhos cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

Equipe do Porão

.

Caixa de Busca

Instagram

Destaque

RESENHA: PLANETA CORAÇÃO

  Organizadores:   Tatiana Fazio Editora:  Viseu Páginas: 70 Ano de publicação: 2024 Compre através deste link. Aqui, neste lugar ...

Arquivos

LITERATURA E MÚSICA

LITERATURA E MÚSICA

Posts Populares

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Receba as novidades

Tecnologia do Blogger.

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!