.

RESENHA: O CORVO

4 de fevereiro de 2021


O CORVO
Autor(a): Edgar Allan Poe
Editora: Faro Editorial 

Páginas: 96
Ano de publicação: 2020
Compre através deste link.

Escrito há quase duzentos anos, esse poema atravessa gerações e continua sendo um marco da literatura mundial. Imprescindível para todos os apaixonados por literatura, O Corvo é considerada a obra-prima de Edgar Allan Poe. Mesmo tendo escrito diversos livros e contos, nenhuma outra história atraiu tantos leitores e tamanho respeito pela crítica especializada. Um homem atormentado pela morte da amada é despertado pelo barulho incessante de um corvo e a trama que se desenrola no poema demonstra tanto a genialidade do autor quanto os demônios que ele carregava. Dizem que a vida imita a arte, mas nesse caso, a arte imitou a vida. O Corvo foi publicado dois anos após a morte precoce da esposa de Poe. E, como muitas vezes acontece, o autor não teve tempo para ver o sucesso de sua obra. Morreu na miséria e sem saber que seu corvo atormentaria muitas outras almas mesmo anos depois de sua morte.

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro O Corvo, lançado pela editora Faro Editorial. O livro é de autoria de Edgar Allan Poe.


'Nunca mais" ou "nevermore" com certeza é uma das expressões mais conhecidas quando falamos do poema mais famoso de Edgar Allan Poe. As adaptações deste poema já foram várias, seja no cinema, teatro, música e até mesmo na própria literatura.


Além de muitas adaptações e ressignificações, o texto de "O Corvo" já teve diversas versões no mercado editorial, no entanto a que eu tenho em mãos agora é uma das mais belas que eu já vi! Lançado no final de 2020 pela Faro Editorial, uma nova edição de O Corvo está disponível com várias artes e o poema tanto em português como em inglês. 



Com relação a história, Poe nos presenteia com cento e oito versos que narram a trajetória de um corvo que busca refúgio da tempestade na propriedade do eu-lírico, ou seja, aquele quem narra o poema. Esse eu-lírico encontra-se em estado de luto, visto que o amor de sua vida faleceu a pouco tempo. 

Este corvo, no entanto, possuí um traço estranho, seu grasnar emite o som da palavra "nevermore", o que acaba assustando o eu-lírico. 



Muitos estudos existem acerca do significado desta palavra no poema, assim como a própria figura da ave e como ela dialoga com a vida do próprio autor (que perdeu sua amada pouco antes de falecer também). 

Essa edição ajuda ainda mais a entrarmos na atmosfera que só Poe conseguiu criar enquanto vivo, portanto eu indico fortemente que você se aventure a descobrir por conta própria o poder e o fascínio das palavras do poeta imortal. 

3 comentários:

  1. Isso da Faro trazer grandes clássicos de volta, está de encher os olhos de alegria! A Editora pra mim é maravilhosa, por conta da fonte e diagramação que me ajuda muito por conta da quase cegueira!
    Amo Poe, mas vivo dizendo que ele não é para qualquer leitor,mas todos deveriam dar uma chance a ele.
    É difícil pegar a alma de volta quando a gente se joga num poema tão denso e tão pragmático como este!!!
    Adorei!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  2. Tão bom ver mais um clássico ganhar cara nova e chegar as novas gerações de leitores

    ResponderExcluir
  3. Leo!
    Sou fã do Poe há muuuuuuuuitos anos e O Corvo é um clássico que, mesmo para quem não gosta do estilo dedle, deveria ser lido, porque é um livro escrito de forma diferenciada para o estilo e aprender sempre é bom.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: SEGUNDA FUNDAÇÃO

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels