.

RESENHA: MINDHUNTER PROFILE: SERIAL KILLERS

15 de março de 2021


MINDHUNTER PROFILE: SERIAL KILLERS
Autor(a):  Robert K. Ressler & Tom Schachtman
Editora: DarkSide Books

Páginas: 406
Ano de publicação: 2020
Compre através deste link.

Como surgiu o método de investigação de serial killers que é usado hoje? Quem foram os responsáveis por desenvolver as ferramentas que permitem aos investigadores aprenderem e lidarem cada vez melhor com a prevenção ao crime e a resolução de assassinatos brutais? Uma dessas pessoas é Robert K. Ressler. Com Tom Shachtman, ele narra, em Mindhunter Profile: Serial Killers, seu período no FBI e revela o desenvolvimento do método de traçar perfis psicológicos dos assassinos seriais. Ressler é a principal inspiração do personagem Bill Tench, da série de televisão Mindhunter, e seu parceiro, John E. Douglas, foi a base para Holden Ford. Mindhunter Profile: Serial Killers leva o leitor para dentro do escritório do FBI e das salas de entrevistas com assassinos violentos e mostra passo a passo a forma como Ressler propôs seu modelo de análise e sua catalogação desse tipo de criminoso, o que fundamentou o trabalho de investigação dos agentes que é feito até os dias de hoje.

 

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Crime Scene Profile lançado pela DarkSide Books. O livro é de autoria de  Robert K. Ressler & Tom Schachtman. 



É estranho pensar que o termo serial killer é recente na nossa história, afinal pessoas com esse tipo de comportamento (o assassinato em série) sempre foi recorrente na nossa história. Mas uma coisa que não é estranha de se pensar é que o método investigativo para definir como uma pessoa como solucionar esse tipo de crime é recente. 


Pois bem! Especificamente durante a década de 1970, um grande estudo foi feito acerca desses assassinatos brutais, com o extremo uso da violência ou então com sua "bizarrices" que, no começo, fica difícil entender qual a lógica aplicada a ele. Vemos diversos filmes e séries de TV com vilões assassinos cheios de peculiaridades, geralmente com um agente de algum serviço de inteligência atrás dele. 

Uma das séries mais aclamadas nos últimos tempos foi a própria Mindhunter, que tece os eventos reais que levaram ao estudo acerca desses indivíduos (assassinos em série ou responsáveis por feitos extremamente cruéis ou insanos). A série é brilhantemente adaptada por John Penhall e narra a trajetória de dois agentes do FBI responsável por dar um ponta pé nesse estudo: Holden Ford e Bill Tech. 


Na vida real esses agentes tem outros nomes, Robert K. Ressler & Tom Schachtman, que são os autores de Mindhunter Profile! E gente, que leitura incrível que foi a desse livro! Temos transcrições diretas a respeito de como esse processo se deu: como os agentes traçaram o perfil psicológico dos assassinos e quais fatores eles utilizavam para definir um sistema de catálogo.  

Um motivo do livro fluir muito bem é o fato dele apresentar diversos casos que ocorreram e que servem de material de estudo para a dupla. É fascinante acompanhar os relatos, principalmente para quem gosta de livros que falem sobre true crimes. 


É bem interessante também pois muitos dos casos que são abordados nesse livro podem ser conferidos em outros livros do selo CrimeScene da Darkside! Inclusive o próprio BTK! (que na série parece que vai ter um ótimo desenvolvimento nas próximas temporadas). 

Enfim, a edição está maravilhosa! A DarkSide como sempre fez um trabalho impecável e isso reflete em todos os detalhes: seja nas imagens que acompanham os relatos, os trechos marcados... Tudo casa perfeitamente e ajuda a criar um clima único. 

4 comentários:

  1. Leo!
    Acredito que o mais interessante é todo detalhamento feito do método de se descobrir os serial killers. Deve ser um livro enriquecedor para quem, como eu, gosta de acompanhar o andamento de casos reais do tipo.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  2. Eu amo a série. Aliás, amei a primeira temporada, a segunda nem tanto,mas mesmo assim, valeu a pena rs
    Por isso, estou doida por esse livro e outros do selo da Dark. BTK é um dos meus livros queridinhos na estante.
    Eu gosto demais disso de assassinos misteriosos, principalmente aqueles que causam esse tipo de estudo.
    Espero ler em breve!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  3. Mesmo não sendo meu tipo de leitura, acho bem interessante mergulhar a fundo na mente de um serial killer e se sentir parte da investigação

    ResponderExcluir
  4. Gosto muito da darkside e dos temas mais sombrios e investigativos que a editora costuma trazer! Já assistir a série e gostei.

    @yasmindeciles

    ResponderExcluir



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels