.

PORAOLIST 2020 | MELHORES LEITURAS DO ANO!

26 de dezembro de 2020




Fala galera do Porão Literário, tudo certo? É isso, estamos na última semana do ano! 2020 com certeza foi um dos anos mais estranhos que muito de nós vivemos e entre tantas mudanças e necessidade de adaptações, sempre é possível encontrar um conforto e uma familiaridade na literatura. 

E foi isso que muito de nós fizemos! Agora podemos tirar essa última semana pra rever nossas leituras e valorizar as histórias, autorxs, editoras e todes aqueles que ajudam a divulgar a a literatura! 


Nossa listinha de 2020 vai enaltecer as melhores leituras que fizemos nesse ano, sendo que esse post será dedicado as 10 MELHORES LEITURAS DO ANO Vamos nessa?



The outsiders
Autor(a):  S.E. Hilton
Editora: Intrínseca 
Leia a resenha completa desse livro clicando aqui

Por que está na lista?
Bom, já deixei muito claro no Instagram o quando eu gostei desse livro, comecei a ler ele de forma despretensiosa, mesmo achando a edição da Intrínseca perfeita logo de cada (com a arte da capa bem trabalhada e o corte trilateral todo vermelho), eu não sabia muito sobre a história e achei legal começar um livro sem expectativa alguma. Bom, três horas depois de eu ter pego o livro pra ler, o terminei com lágrimas nos olhos.





Vilão
Autor(a): V.E. Schwab
Editora: Intrínseca
Leia a resenha completa desse livro clicando aqui

Por que está na lista?
Além de toda a história que remete a fantasias de anti-heróis e outras classificações, Vilões traz em suas páginas algo muito interessante: personagens carregados de uma dualidade e complexidade enormes! Geralmente tais características são pouco aprofundadas em livros do gênero, mas V.E realmente soube utilizar essas artifícios ao seu favor. Tanto Eli quando Victor são muito parecidos (conforme eu já citei anteriormente), mas o que mais me prendeu em toda a leitura é em como pessoas tão parecidas (e tão amigas) tomam caminhos completamente diferentes e estabelecem uma relação de ódio no decorrer das páginas. 


Recursão
Autor(a): Blacke Crouch
Editora: Intrínseca
Leia a resenha completa desse livro clicando aqui

Por que está na lista?

Pra começar, não conhecia o autor Blake Crouch. Sabia que ele já tinha alguns outros livros publicados (até pela própria Intrínseca, como o Matéria Negra), mas nunca havia lido nada dele, mas por conta de todos os comentários a respeito da obra, pedi ele a editora e após começar a ler eu simplesmente NÃO CONSEGUI PARAR! O livro se desenvolve como um thriller de ficção científica num mundo onde grande parte da população é assolada pela Síndrome da Falsa Memória, uma doença que até então não tem nenhuma explicação pela ciência em como ela se espalha ou como é curada. A SFM tem como efeito um fator muito curioso: cria-se na mente da vítima memórias de uma vida que não pertencem a ela. Ou seja, do nada a pessoa lembra-se de ser casada com outra pessoa, de ter filhos ou de hábitos rotineiros do qual nunca vivenciou. 




Os sete maridos de Evelyn Hugo
Autor(a):  Taylor Jenkins Reid
Editora: Paralela
Leia a resenha completa desse livro clicando aqui

Por que está na lista?
Talvez uma das características mais perspicazes em Evelyn Hugo seja a capacidade de entender como a indústria e as pessoas funcionam, aquilo o que as movem: o desejo. Todos a desejam e ela  sabe disso: seja por conta de seu rosto ou seios perfeitos, seu olhar hipnotizante... Evelyn sabe que possuí seu próprio campo magnético, e vê em um ambiente extremamente machista uma chance de obter o que deseja utilizando esse magnetismo.  O grande mérito dessa narrativa está em tratar de tantos assuntos importantes de uma forma responsável e denunciadora. A autora Taylor Jenkins consegue trabalhar toda a crueldade que sabemos que existiu na terra onde os sonhos se tornavam realidade. Hollywood poderia até ostentar toda sua exuberância nas telonas, mas seus bastidores eram podres e completos de segredos e injustiças.





Os testamentos
Autor(a): Margaret Atwood
Editora: Rocco
Leia a resenha completa desse livro clicando aqui

Por que está na lista?
Em Os Testamentos não temos a retomada dos personagens que compuseram o primeiro livro (com uma exceção que eu falarei mais tarde), o que foi um grande alívio pra mim, porque gosto muito da forma como o Conto da Aia é escrito. Mas mesmo evitando ter uma relação direta com o primeiro livro, Atwood continua utilizando o mesmo modo de escrita: com sua personagem transcrevendo suas memórias em primeira pessoa. Aqui, ao invés das transcrições de Offred, temos a perspectiva de três mulheres de dentro e fora de Gilead. Os Testamentos com certeza entrará na lista de melhores do ano, pessoal. Quem ainda não leu, por favor, corra! E ah, um detalhe importante, a autora utiliza de elementos da série pra construir sua nova história, quem não assistiu a série até a segunda temporada pode perder algumas referências! Elas são importantes, mas não fundamentais pra leitura.


A troca 
Autor(a): Beth O'leary
Editora: Intrínseca
Leia a resenha completa desse livro clicando aqui

Por que está na lista?

O livro tem cerca de 350 páginas e eu acabei lendo ele em um período de 24 horas. De verdade, eu fiquei maravilhado com a escrita da Beth O'leary. Eu estava saindo de uma ressaca literária e esse livro me curou dela completamente, isso porque a narrativa é leve e os personagens dessa história são muito bem trabalhados (e bem engraçados). Não sei como resumir ele melhor do que falar: sabe aquele livro que aquece teu coração e te faz rir várias vezes? Pois bem. 
Ao mesmo tempo, a história emociona bastante! E acredito que essa seja a grande sacada da autora. Temos um plano de fundo um tanto trágico, a irmã de Leena morreu depois de "desistir" de realizar mais tratamentos para tentar curar o câncer. Isso fez com que as relações entre as personagens da família (principalmente de Leena com a sua mãe), logo, essa reviravolta na vida das duas mulheres trarão a tona algumas feridas (nem tão) antigas.



Candyman
Autor(a): Clive Barker
Editora: DarkSide Books
Leia a resenha completa desse livro clicando aqui

Por que está na lista?

Candyman se configura como um horror psicológico de primeira, nos fazendo questionar tudo aquilo que consideramos por horror. Afinal, o que lhe causa mais medo? Ao lermos algo assustador, podemos nos sentir mal (assustados, até), mas garanto que ao ouvir alguém narrando algo macabro ou nefasto, a sensação de horror será bem maior! É isso que a protagonista experimenta no conto, ao ouvir os moradores de Spctor Street contando tantas atrocidades, sua mente é aguçada pela curiosidade de verificar se aquilo realmente aconteceu. No geral a leitura me agradou muito! Candyman consegue manter você na ponta da cadeira durante suas 90 páginas, ansiando a próxima. Enquanto ao clímax e o final, vale cada arfada de ar que perdemos!




Minha sombria Vanessa
Autor(a): Kate Elizabeth Russell
Editora: Intrínseca
Leia a resenha completa desse livro clicando aqui

Por que está na lista?

Esta não é uma história de amor. Essa frase consta na quarta capa do livro (verso) e traduz bem o espírito da narrativa, o que temos aqui é a descrição de um relacionamento conturbado e de um predador sexual manipulando a realidade de uma garota de 15 anos. Nós temos essa visão desde o princípio, entretanto (e talvez esse seja o maior acerto da autora), Vanessa não possui essa visão.  É válido lembrar que este é o primeiro romance da autora, mas em nenhum momento sua escrita parece ser de iniciante. Cruel quando precisa ser, sensível quando a trama exige... Sem dúvidas Kate Elizabeth pesquisou muito para sua escrita, e isso fica evidente pelo fato da narrativa ser tão bem costurada.  Minha Sombria Vanessa é um livro que te incomoda, te faz sair da zona de conforto e ficar agoniado, porém não é imprudente. Caso vá ler, tenha essas informações em mente! Por minha parte, eu recomendo muito a leitura caso você não seja sensível a esses assuntos!






Você tem a vida inteira
Autor(a): Lucas Rocha
Editora: Galera Record
Leia a resenha completa desse livro clicando aqui

Por que está na lista?

Além de nos oferecer uma leitura sensível, leve e (em alguns pontos) divertida; Lucas Rocha nos traz uma enorme conscientização a respeito do tratamento de HIV no Brasil! A história é narrada em capítulos intercalados entre os três personagens principais, entretanto os capítulos de Ian brilham justamente por termos esse panorama de quais são os primeiros passos para um tratamento.  Já com relação aos demais personagens, gostei muito de como cada um tem um papel fundamental para termos uma visão completa sobre o assunto da história! Victor é aquele personagem que pouco conhece sobre o vírus e muito de sua opinião e medo foi moldada pelo conhecimento comum, a evolução desse personagem na história e sua relação com Henrique é um dos pontos altos da história (pra mim). Já Henrique traz muitos relatos sobre como é viver com HIV, acredito que o Lucas tenha feito muita pesquisa e conversado com muita gente para conseguir criar um personagem tão verossímil.





Pachinko
Autor(a): Min Jin Lee
Editora: Intrínseca
Leia a resenha completa desse livro clicando aqui

Por que está na lista?

Pachinko evoca em suas páginas a cultura e a tradição japonesa e coreana que até então não eram tão conhecidas pra mim. Mergulhar em uma narrativa tão rica e que contempla uma série de acontecimentos marcantes na cultura ocidental foi uma das melhores experiências que eu tive nesse ano. Poderia falar muito mais sobre a história, mas é interessante que quem esteja disposto a ler vá tirando essas referências por conta própria! Como já disse, essa narrativa realmente foi uma das minhas melhores experiências do ano! Minha edição é a do clube Intrínsecos, o clube de assinatura da Intrínseca! A escolha desse livro para se integrar ao catálogo do clube foi certeira, porque me deu uma experiência de leitura que talvez eu não teria caso visse o livro em alguma livraria. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: MOBY DICK

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels