.

RESENHA: O CHAMADO DE CTHULHU

14 de março de 2022

 


O CHAMADO DE CTHULHU
Autor(a):  H.P. Lovecraft
Editora: Darkside Books

Páginas: 64
Ano de publicação: 2021
Compre através deste link.

Um horror indizível, inominável assombra a humanidade. Nas trevas, moram aqueles que desejam espalhar a loucura e a destruição. Você está pronto para despertar poderes ancestrais nas profundezas, e ajudar a trazer o fim do mundo? H.P. Lovecraft é um gigante da literatura de terror e da cultura popular. Desde os anos 1920, seus contos e novelas encantam gerações e influenciam inúmeros romances, jogos, quadrinhos, discos e filmes. Seu conto “O Chamado de Cthulhu”, escrito em 1926 e publicado pela primeira vez na revista Weird Tales em 1928, é um clássico absoluto. Agora, o artista francês François Baranger apresenta a versão ilustrada definitiva da história. Esta edição foi publicada originalmente através de financiamento coletivo, que conseguiu arrecadar nove vezes mais do que o autor havia solicitado. Não é difícil entender por quê. A arte de Baranger consegue evocar como poucos o universo sombrio, etéreo e nebuloso descrito por Lovecraft.

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro O chamado de Cthulhu lançado pela editora Darkside Books. O livro é de autoria de H.P. Lovecraft e a resenha foi escrita por Leonardo Santos. 


Aos 92 anos, um dos professores mais célebres da Universidade Brown, chamado George Angell, morre do que (até então) foi diagnosticado como "causas naturais". No entanto, não é nisso que seu sobrinho-neto, Francis Thurston, acredita. 

Isso porque o assim que seu avô morreu, Francis recebeu uma caixa como herança que é no mínimo... misteriosa. A caixa em si é toda entalhada e forma o desenho de uma criatura nefasta, nunca vista antes, já o que existe dentro dela faz com que as dúvidas de Francis se tornem mais mais evidentes: documentos feitos pelo próprio avô, que relatam coisas que só uma pessoa insana poderia relatar. 

Francis então parte para a investigação, e a primeira coisa que faz é conversar com o homem que entalhou tal figura na caixa, Henry Wilcox. O homem diz a Francis que tal figura grotesca foi obra de uma série de delírios e pesadelos, que por mais incrível (e terrível) que pareça, está tomando a mente de várias pessoas ao redor do globo. Mas talvez a resposta para tudo isso esteja no passado, e é pra lá que Lovecraft os leva. 

Somos guiados para a Nova Orleans, onde um detetive encontra um culto bizarro, onde uma das únicas pistas que o detetive tem é do ídolo que foi colocado no meio do centro de adoração. Este mesmo ídolo tem o formato da mesma criatura entalhada anos no futuro, mas, que criatura é essa? E qual o motivo de tantas pessoas estarem perdendo a sanidade por conta de sua existência? 

 O terror cósmico de H.P. Lovecraft sempre me deixou curioso por conta das inúmeras referências que eles tem na cultura pop atual. Foi com essa curiosidade que me aventurei nessa experiência única que é ler "O chamado de Cthulhu" na versão ilustrada da editora Darkside Books. 

O horror está presente da escrita do autor, isso é perceptível conforme vamos lendo... Mas não sabemos direito o motivo daquilo ser assustador! Por quê? Pois bem,  nessa edição fica claro que o horror cósmico só atinge seu ápice por conta da mesclagem entre texto e ilustração. Sério, o trabalho fantástico de François Baranger exalta o porquê do "Chamado de Cthulhu" ser exalado até hoje como um dos principais contos de horror na literatura mundial. 

Encontrando criaturas ou então indícios de sua existência, Lovecraft cria sua mitologia baseada em argumentos muitos "racionais", seus personagens são bem inteligentes e tentam ao máximo compreender se aquilo que estão vendo realmente é possível, isso atribui em muito pras histórias porque tornam elas muito mais verossímeis. Muitas vezes o leitor pode esquecer de que está lendo uma história fictícia, e isso deixa toda a experiência ainda mais subversiva.

Com essa edição definitiva, deixo aqui minha dica para quem quiser se aventurar no puro horror de uma forma nova e mais aprofundada!  

 




Nenhum comentário:

Postar um comentário



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: ESTADO ELÉTRICO

SIGA NO INSTAGRAM

PORÃO NO YOUTUBE!







Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels