18 de julho de 2023

RESENHA: TALVEGUE

 


Organizadores:  Juliane Arruda 
Editora: Contos Livres
Ano de publicação: 2023
Compre através deste link.

A Editora Contos Livres orgulhosamente apresenta o belíssimo livro da autora Juliane Arruda: "Talvegue", confira a sinopse abaixo: "Esta obra baseia-se em sentimentos e correntezas, lutas e renascimentos. Antes de mergulhar nestes poemas, contemple em si, a imensa profundidade que é o simples fato de existir." Prepare-se para refletir, pensar e querer mais a cada verso contido nesta obra, é um livro para te ajudar a compreender sobre diversos assuntos e se aprofundar na vida da autora.
Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Talvegue lançado pela editora Contos Livres. O livro é de autoria de Juliane Arruda e a resenha foi escrita por Leonardo Santos.


Folhas secas pelo outono, 
Retirante nas estações, 
Somos feitos de carbono
E de mais composições. 

Tece a teia mais um dia, 
Veste-se a noite de estrelas, 
Diamantes na teoria, 
Luz em si por percorrê-la. 

Talvegue, o belíssimo livro da autora Juliane Arruda, publicado pela Editora Contos Livres, é uma antologia poética que mergulha nas profundezas dos sentimentos e das correntezas da existência. Com uma linguagem simples e acessível, a autora nos presenteia com uma coleção de poemas que nos convida a refletir, pensar e nos conectar com as diferentes nuances da vida.



O livro apresenta uma seleção de poemas que abrangem uma ampla gama de temas, permitindo ao leitor explorar e se aprofundar em uma variedade de assuntos. Cada poema é uma jornada em si mesmo, levando-nos a contemplar questões fundamentais da existência humana, principalmente depois de uma década tão turbulenta como nós tivemos após pandemia e etc.

Dois poemas em particular se destacam dentro da obra: "Tece a teia" e "Pelas ruas da união". Em "Tece a teia", a autora utiliza imagens poéticas e metáforas para transmitir reflexões sobre a transitoriedade da vida, a complexidade de nossa existência e a busca por significado. Através de versos bem construídos, a autora desperta emoções e nos convida a refletir sobre os desafios e os encantos de ser humano, eu simplesmente AMEI esse poema. 


Já em "Pelas ruas da união", Juliane nos leva a questionar nossas percepções e suposições sobre o mundo ao nosso redor. Através de contrastes e referências literárias, a autora nos lembra da diversidade, da individualidade e das complexidades presentes em nossas vidas. Os versos trazem uma reflexão profunda sobre as ambiguidades da realidade, desafiando as generalizações e estereótipos que frequentemente nos limitam.

Nem toda Clarice é Lispector
Nem todo pássaro passará
Nem todo menino é Hector
Nem toda poesia rimará

Nem todo sonho é ilusão, 
Nem todo reflexo é grade;
Nem tudo é imaginação, 
Nem toda imagem é realidade, 

Um dos aspectos mais notáveis de Talvegue é a linguagem simples e acessível utilizada pela autora. Juliane Arruda consegue transmitir suas ideias de forma clara e poética, sem se perder em excessos linguísticos. Isso permite ao leitor se relacionar facilmente com os poemas, mergulhando em suas emoções e reflexões sem obstáculos e criar, a partir das palavras do livro, suas próprias experiências. 

Além disso, a forma como a autora aborda temas universais em seus poemas é digna de elogios. Ela nos convida a refletir as relações que construímos e a forma como vemos o mundo, a busca por significado, a natureza da realidade e as complexidades da vida. Juliane nos envolve em suas palavras, fazendo com que cada verso seja uma jornada de autodescoberta e compreensão.


Talvegue é uma obra que toca o coração e a mente dos leitores, deixando uma marca duradoura. É um livro que nos faz refletir sobre a beleza e a complexidade do simples fato de existir.  

Recomendo enfaticamente Talvegue a todos aqueles que buscam poesia que vai além das palavras, que provoca reflexões profundas e que nos permite contemplar a imensidão do universo interior. Juliane Arruda nos guia através de sua linguagem lírica e sua compreensão perspicaz da condição humana, criando uma experiência literária que é ao mesmo tempo tocante e transformadora.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leonardo Santos



Olá leitories! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 28 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Guarulhos cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

Equipe do Porão

.

Caixa de Busca

Instagram

Destaque

RESENHA: CORDÉIS — MITOS VIVOS

  Organizadores:    vt Suzumura  Editora: Independente Páginas: 185 Ano de publicação: 2024 Compre através deste link. O imaginári...

Arquivos

LITERATURA E MÚSICA

LITERATURA E MÚSICA

Posts Populares

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Receba as novidades

Tecnologia do Blogger.

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!