.

RESENHA: CHAMAS DA MALDADE

5 de fevereiro de 2021


CHAMAS DA MALDADE

Autor(a): Geraldo Rocha
Editora: Independente.

Páginas: 134
Ano de publicação: 2020
Compre através deste link.

Valentim e Patrícia eram amigos e de repente descobriram-se apaixonados um pelo outro. Sonhavam em construir um vida juntos, sem saber que o destino planejava outros caminhos para eles. Danilo era um garoto instável, com pesadelos que assombravam sua mente. Era amigo de Valentim e Patrícia, e em segredo, alimentava uma paixão doentia pela namorada de seu amigo. Miqueias era um guru espiritual que tentava ensinar o amor e a tolerância entre as pessoas. Queria fazer de Danilo seu sucessor na igreja Templo de Saturno. A vida desses personagens irão se cruzar em uma saga de amor, misticismo e violência. O que será mais forte? O amor ou a maldade que existe dentro de cada ser humano?


Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Chamas da maldade, lançado de forma independente. O livro é de autoria de Geraldo Rocha.



Em uma pequena cidade no interior da Bahia, nós conhecemos a trajetória de Danilo, um rapaz que é adotado por Pascoal e a Filomena, um casal sem filhos. Desde criança Danilo parece se diferenciar dos demais: seu comportamento muitas vezes é considerado estranho e o rapaz parece ter um lado cruel que desperta o medo de um de seus únicos amigos, Valentim.  Isso associados ao fato do menino dizer escutar vozes malignas o torna um estranho no ninho.

Também conhecemos Miqueias, o líder de uma instituição religiosa fundada por ele mesmo e chamada Templo de Saturno. O homem criou uma afeição ao Danilo desde muito cedo pelo fato do rapaz frequentar as reuniões do grupo. No entanto, os métodos adotados por Miqueias com relação a religião parecem um tanto... ortodoxos. Isso fascina muito Danilo, e logo percebe-se que o guru tem uma estranha influência no rapaz. 

Após uma série de acontecimentos que colocam Danilo fora de sua pequena cidade, ele retorna com a notícia de que seu amigo de infância está prestes a se casar com a menina que gostava, Patrícia. Danilo então sente que as vozes voltam a sua mente, o tentando a causar uma nova tragédia.

Pois bem, galera! Esse foi meu primeiro contato com a escrita de Geraldo Rocha e meu resultado foi bastante satisfatório! Por ser uma narrativa curta, o autor nos entrega uma progressão rápida da história, o que a torna fluída!

Além disso, gostei da construção dos personagens que rondam a história, principalmente pelo fato deles serem complexos (destaco aqui Danilo e Miqueias). Existe um certo desconforto em algumas cenas, principalmente no ato final do livro, mas ainda assim as ações são condizentes aos desenvolvimentos dos personagens. 


O autor toca em uma série de fatores sociais bem interessantes, mesmo que seja de forma breve (até porque esse não é o propósito da história, acredito), nos faz pensar a respeito de como a própria sociedade acaba sufocando indivíduos que não se encaixam em seus parâmetros rígidos, e como isso pode agravar um caso de distúrbio mental. 

O desenvolvimento do personagem principal e sua relação com terceiros foi algo que merece um destaque aqui, pois conseguimos captar a luta interna que é travada por Danilo, isso atribuí em muito para fazer a narrativa crescer conforme vamos avançando na leitura. 

Com relação ao final, confesso que esperava algo diferente... Achei brutal, condizente com toda a história, mas mesmo assim acabou me impactando um pouco. Por fim, a minha recomendação vai pra quem gosta de uma narrativa intensa e com personagens que te fazem questionar a respeito de suas intenções! Lembrando que o livro está disponível de forma gratuita na Amazon até o final de sábado (6 de feveiro) Boa leitura! 



4 comentários:

  1. Feliz de ver mais uma prata da casa aqui.
    Me parece ser uma leitura intensa com um protagonista de caráter duvidoso e com coadjuvantes enigmáticos.
    Pena que o final ficou aquém das expectativas

    ResponderExcluir
  2. Já pode ter desenhado um final na mente?? Com isso das vozes malignas, a gente que gosta de um bicho feio, já quer uma carnificina rs
    Nossa literatura brasileira é rica demais da conta e olha aí a prova disso. Um livro relativamente curto em número de páginas, trazendo uma estória rica!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  3. Leo!
    O livro parece intrigante e intrincado, gosto quando se mistura essa questão do misticismo religioso com aspectos de doenças mentais, fica mais instigante e nos deixa curiosos.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. A literatura nacional merece ser lida e difundida! Não conhecia esse título e com sua resenha, achei super interessante e misterioso.

    @yasmindeciles

    ResponderExcluir



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: VENHA O QUE VIER

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels