.

RESENHA: GALO DE BRIGA

11 de setembro de 2022

 


GALO DE BRIGA 
Autor(a):  Mitch Breitweiser & Mark Pellegrini
Editora: Poseidon

Páginas: 80
Ano de publicação: 2022
Compre através deste link.

Durante décadas, o venerável manto do Galo de Briga passou de geração em geração para combater os males mais antigos e nefastos do homem. Agora, contra todas as probabilidades, é a vez do hesitante Frank Cooper vestir a capa e a máscara neste conto de aventura e redenção ambientado na região do meio oeste dos EUA, atingida por uma forte seca na década de 1930, nos Estados Unidos. Uma trama que homenageia, também, a Era de Ouro dos Quadrinhos (1938-1956), período que influenciou toda a indústria de entretenimento e cultura pop hoje.Durante décadas, o venerável manto do Galo de Briga passou de geração em geração para combater os males mais antigos e nefastos do homem. Agora, contra todas as probabilidades, é a vez do hesitante Frank Cooper vestir a capa e a máscara neste conto de aventura e redenção ambientado na região do meio oeste dos EUA, atingida por uma forte seca na década de 1930, nos Estados Unidos. Uma trama que homenageia, também, a Era de Ouro dos Quadrinhos (1938-1956), período que influenciou toda a indústria de entretenimento e cultura pop hoje.

 

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Galo de Briga lançado pela editora Poseidon, selo da Faro Editorial. O livro é de autoria de Mitch Breitweiser & Mark Pellegrini e a resenha foi escrita por Leonardo Santos. 

O manto de Galo de Briga sempre foi passado de geração a geração, e em um mundo repleto de vigilantes, heróis e super-vilões, o Galo de Briga está ali para estabelecer uma justiça entre aqueles que não possuem poderes suficientes para lutar por si próprios.

É nisso que conhecemos Frank Cooper, um homem que tem uma missão árdua pela frente: enfrentar uma ordem de vilões que escaparam da prisão e desejam vingança contra a tradição do Galo de Briga. Para isso, o herói terá que buscar em si o espírito heróico para trazer a paz de volta à Silverscreen. 

Com um plot básico de herói versus vilão, Galo de Briga traz toda a glamourização das histórias em quadrinhos de heróis que ficaram extremamente populares no século anterior! Gosto muito dessas histórias, cresci lendo diversas delas e principalmente suas adaptações para o cinema e para a TV (Marvel e DC tem um peso gigante nisso, claro).  

Tanto é que hoje em dias temos um exagero desse tipo de mídia no ar, todavia, Galo de Briga não caí no clichê e nos oferece uma narrativa divertida, sombria e original (até certo ponto). Isso porque a HQ puxa mais o lado de que todo herói, além de herói, é humano e pode ser corrompido. 

As referências são óbvias, temos uma Ordem do Alvorecer que lembra em muito em Vingadores ou a Liga da Justiça, personagens como a Lesma, Homem 4D e Lacaia Negra que servem como ótimos antagonistas... Tudo interliga para um final que deixa com um gostinho de quero mais. 







Nenhum comentário:

Postar um comentário



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: ESTADO ELÉTRICO

SIGA NO INSTAGRAM

PORÃO NO YOUTUBE!







Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels