.

RESENHA: A GREVE DE 1917

3 de novembro de 2019


A GREVE DE 1917
Autor: José Luiz Del Roio

Editora: Alameda

Páginas
: 129 páginas
Resenha escrita por:
 Leonardo Santos
Um protesto iniciado em uma tecelagem, no bairro paulistano da Mooca, há um século, marcou definitivamente a luta dos trabalhadores em nosso país. As condições de vida eram tremendamente precárias. Não havia leis trabalhistas, não havia garantias para as mulheres e o trabalho infantil era regra, por ser mais barato e mais fácil de controlar. Numa conjuntura de guerra, crise econômica e carestia, a inquietação localizada se espalhou. O patronato respondeu com os argumentos de sempre: pau, bala e demissões. Mas, daquela vez, a agressão não funcionou. A revolta se espalhou por outras fábricas e pelo comércio. Quando os bondes pararam, São Paulo parou junto. Multidões tomaram as ruas, em cenas inéditas até então
Para a oligarquia, plantada em seus casarões da Avenida Paulista e no bairro de Higienópolis, a visão foi aterradora. Dezenas de milhares daqueles considerados feios, sujos e malvados surgiram à luz do dia, entre junho e julho de 1917, para cobrar uma participação mínima por sua contribuição ao desenvolvimento.
Nem mesmo a brutalidade oficial deteve aquela gente munida de impulsos terríveis: o desejo de matar fome, ter teto e contar com condições para criar os filhos. A pressão das ruas foi tamanha que os ricos tiveram de ceder. A demanda por salários e melhores condições de vida e trabalho acaba espetacularmente vitoriosa.


Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é de um dos livros que veio no Clube do Livro Da Vinci, na edição do mês de setembro! A Greve de 1917: Os trabalhadores entram em cena, de José Luiz Del Roio. Vamos dar uma olhada? 





Primeiramente, é importante ambientar o leitor a respeito da obra que eu acabei de ler, afinal o que foi a greve de 1917? Muitas pessoas podem confundir esse livro com as greves que ocorreram na Rússia no mesmo ano, entretanto, por mais que o livro cite tais revoluções, o foco é na greve trabalhista que ocorreu em São Paulo no em de 1917. Com um pouco mais de cem anos do acontecimento, é extremamente importante relembrar por quais motivos a manifestação se instaurou!


José Luiz nos leva a um Brasil pós abolição da escravatura e completamente confuso, muitas das famílias de elite viram nas indústrias uma oportunidade para gerar ainda mais dinheiro, foi assim que São Paulo começou a evoluir como metrópole. Um guerra estava para explodir em cenário mundial, assim, as indústrias focaram em materiais para exportação, a demanda foi subindo cada vez mais, logo, o mercado precisava cada vez mais de trabalhadores. 

Entretanto na tentativa de poupar o máximo possível, o abuso foi crescendo nos ambientes de trabalho, afinal não existiam leis trabalhistas para assegurar o bem estar dos trabalhadores. Turnos estendidos além da conta, crianças trabalhando em fábricas, ambientes sujos e propícios a doenças... Tudo era aceitável, desde que poupasse algum dinheiro. 

A partir daí surgiu uma classe trabalhadora empenhada em estabelecer direitos. A greve foi instaurada, e mesmo sobre forte repressão do governo público e da Força Pública (atual Policia Militar), a voz do proletariado se fez por ser ouvida nos quatro cantos do país. 

Sim, o livro é muito intenso! Não sabia o quanto a greve havia sido violenta e tampouco sofrida para aqueles que trabalhavam, Roio faz um análise impressionante do movimento trabalhista e seus reflexos na sociedade atual. Um livro como esse se faz extremamente necessário num período tão truculento como o nosso, onde forças públicas retiram os direitos dos trabalhadores a cada dia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: A ASSOMBRAÇÃO DA CASA DA COLINA

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels