.

RESENHA: GAROTAS-MONSTRO: CRUEL REALIDADE

7 de julho de 2022


GAROTAS-MONSTRO: CRUEL REALIDADE  
Autor(a):  G. Caine
Editora: Independente

Páginas: 341
Ano de publicação: 2022
Compre através deste link.

O sino tilinta outra vez e quando pisco os olhos surpresa, Ela está sentada à minha frente, me avaliando com olhos verdes, verdes, verdes." A personagem misteriosa serve de ponto central para uma antologia de contos de fantasia adulta e horror, que exploram temas de saudade, luto e desejos secretos. As histórias de amor contadas nas páginas podem até parecer estranhas, mas são frutos da imaginação humana e não estão, de fato, tão longe da realidade. Cada conto apresenta um grupo distinto de personagens, com histórias que pertencem ao mesmo universo, dessa forma, a vida de cada um está fadada a se entrelaçar na vida do outro, todas ligadas de forma fantasiosa a misteriosa personagem.




Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro  Garotas-monstro: Cruel realidade  lançado de forma independente. O livro é de autoria de G. Caine e a resenha foi escrita por Leonardo Santos. 


Em "Garotas-monstro: cruel realidade" nós conhecemos Serena, uma adolescente que ama livros de vampiro e estuda no colégio Aristóteles, na capital de São Paulo. Ao voltar para casa em um dia aparentemente comum, a menina sofre a investida de um assaltante e todo o cenário termina em uma tragédia quando Serena sofre facadas no estômago e fica a beira da morte. 

Nisso, durante sua quase inconsciência, uma voz surge na cabeça de Serena, oferecendo-lhe ajuda com um certo custo. Sem hesitar, a menina aceita, e o que acontece em seguida é fora da realidade: ela se transforma em uma besta vampírica. Com isso, seu corpo é inundado por um poder (mana) e em seguida surge a figura de uma gata preta, cuja voz (sim, a voz) é a mesma que Serena escutou em sua cabeça. 

Chamada Theodora, a gata maga explica para a menina que a partir daquele momento ela é uma Bela Maldição, e que carrega consigo uma jóia vermelha brilhante, que faz parte de sua essência a partir do momento de fusão. Além disso, Serena agora tem uma missão. 

Theo explica que depois da descoberta de uma dimensão das trevas que existe paralelamente com a terra, chamada de Pesadelo, que diversas vezes tenta penetrar na dimensão em que vivemos para destruí-la. Inclusive, existe uma organização que luta para a vinda dos Primordiais, seres do Pesadelo, e essa seita é liderada por Amadeus e Afonso. 

Assim, a jornada de Serena e Theodora começa conforme a maga tenta encontrar outras garotas para se conectarem com as pedras, e assim formar o grupo de Belas Maldições para então exterminar com as chances dos Primordiais. 

Bom, vamos lá! "Garotas-monstro" se passa em São Paulo, e como eu adorei conhecer essa história tão divertida e instigante, que explora um cenário fantástico mas com temas que conhecemos bem, tais como a força da amizade e as dificuldades da adolescência. 

Além de Serena, uma menina tímida que tem problemas em interagir com terceiros, conhecemos Erika Hikari, uma exímia lutadora de karatê que tem um comportamento meio arrogante, (que se transforma em uma espécie de "fantasma japonês", conforme ela mesma diz); Maria, uma menina que veio do Recife e tenta seguir com a vida na capital paulista; e Eliana, uma menina de família extremamente religiosa que sofre opressão de uma mãe extremamente conservadora. 

Ir vendo como essas quatro meninas tão diferentes vão se conhecendo é incrível, pois a partir desse momento podemos perceber o quanto cada uma é incrível. Uma coisa que o autor faz muito bem nessa primeira metade do livro é introduzir os problemas que cada uma delas enfrentam, e em como elas conseguem encontrar forças umas nas outras para tentar vencê-los. 

Já na segunda metade do livro, partimos pro plot que movimenta a trama: o conflito entre as Belas Maldições e o grupo liderado por Afonso, conhecidos como os Atormentados, e é aí que a trama ganha mais agilidade em combates tensos conforme as páginas vão sendo lidas!

Além disso, o final é muito bem construído! Existe um plot final que me chocou, mas quando fui pensar sobre ele percebi que as dicas tinham sido dadas durante todo o tempo, só eu não percebi! Além disso, achei incrível como o autor traz questões de gênero e sexualidade em sua obra... De uma forma sutil e muito inteligente! 

Enfim, no geral eu gostei muito da leitura desse livro, e indico fortemente pra quem ama uma fantasia urbana bem construída!  

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: O SANTO DAS SOMBRAS

SIGA NO INSTAGRAM

PORÃO NO YOUTUBE!







Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels