17 de dezembro de 2021

RESENHA: FANTASMAS

 


FANTASMAS 
Autor(a):  Tiago Toy
Editora: Faro Editorial

Páginas: 272
Ano de publicação: 2021
Compre através deste link.

Um lago em meio a montanhas esconde um passado tenebroso... Depois do desaparecimento de uma garota, eventos que parecem sobrenaturais começam a acontecer. Victoria, a filha do homem mais poderoso da cidade, retorna da capital sem aviso. Ela está assustada com os relatos que lhe chegaram, mas quer descobrir o que aconteceu com Uiara, sua única e melhor amiga daquela cidade. Três meses se passaram desde a última vez em que foi vista, e todos os moradores parecem estar num pacto de silêncio para que o caso seja simplesmente esquecido. Sem a colaboração do povoado, Victoria pensa em desistir, mas pressente que há algo ali que não pode ser simplesmente ignorado. Aquele evento trágico - a queda de uma barragem -, trinta anos atrás, que fez desaparecer todo o povoado original parece ter ligação com os estranhos casos que começam a acontecer. E o que há por trás desse desaparecimento que revolve cinzas da história de tanta gente?

 

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Fantasmas lançado pela Faro Editorial. O livro é de autoria de Tiago Toy e a resenha foi escrita por Leonardo Santos. 







A cidade de Monte Calvário tem um passado trágico: a cerca de trinta anos, a barragem da cidade estourou e um vilarejo inteiro foi soterrado, a tragédia levou a vida de quase cem pessoas, e desde então toda a cidade parece viver com os fantasmas daquele incidente nefasto. 

É desse histórico que Victoria, a nossa protagonista, tenta se livrar. Crescida na cidade de Calvário, ela deu graças a Deus no dia em que foi embora daquele cidade (sete anos da nossa história começar). No entanto, uma série de circunstâncias parece trazê-la de volta a cidade onde cresceu, entre elas o desaparecimento de sua amiga de infância chamada Uiara. 


Além disso, seu pai (um homem muito rico daquele vilarejo) encontra-se em um estado de saúde muito frágil, e voltar para a cidade vez Victoria perceber que existe um jogo de interesses muito grande a respeito da fortuna que seu pai possuí, principalmente com relação ao Barão, um dos funcionários e amigos de seu pai que está lhe auxiliando naquele momento de tensão. 

A tensão, no entanto, não é nada comparada aos calafrios e vozes que Victoria escuta naquele cidade, eles parecem... pouco naturais. E conforme sua investigação sobre o paradeiro de sua amiga vai evoluindo, Victoria passa a acreditar que existe muito sobre o passado daquele local que precisa ser desenterrado. 

Bom, conheci o trabalho do Thiago durante a leitura do Vozes do Joelma, da qual ele escreve o prefácio que foi uma das minhas partes preferidas! Agora pude me aventurar mais na história do autor e eu gostei muito da forma como ela se desenvolve. O suspense é muito bom e te fisga logo nas primeiras páginas, já que somos guiados pela curiosidade do "o que aconteceu com Uiara? Qual é o passado daquela cidade?" 


Esses dois elementos associados a história do pai de Victoria e do Barão oferecem uma boa tensão, e por mais que o livro seja rápido (e curto), a história não peca em desenvolver todos eles de uma forma precisa e que não deixa pontas soltas. 

A edição está maravilhosa e quero muito ler mais livros que o Thiago for escrever, agora só nos resta esperar pelo próximo lançamento! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leonardo Santos



Olá leitories! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 28 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Guarulhos cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

Equipe do Porão

.

Caixa de Busca

Instagram

Destaque

TRÊS MOTIVOS PARA LER "EM BUSCA DO REINO"

Olá pessoal do Porão Literário! Hoje vou compartilhar com vocês três motivos para ler Em busca do reino, de Reyves L.B. 

Arquivos

LITERATURA E MÚSICA

LITERATURA E MÚSICA

Posts Populares

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Receba as novidades

Tecnologia do Blogger.

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!