10 de abril de 2024

RESENHA: INTUIÇÃO




Organizadores:  Laion Okuda
Editora: Viseu
Páginas: 366
Ano de publicação: 2024
Compre através deste link.

Uma garota corre pelas ruas de Paraty enquanto uma figura sombria a persegue incansavelmente, uma repórter tenta levar a cabo uma investigação sobre um assassino em série que as autoridades parecem querer ignorar, e um rapaz no ensino médio tem que lidar com o novo tratamento a sua esquizofrenia.Fantasia, terror e investigação se misturam em uma aventura onde a morte espreita em cada capítulo e apenas a intuição ilumina o abismo onde a loucura e a crueldade coexistem.Depois de anos de tratamento, Marcus por fim faz um amigo e passa a acreditar que poderá ter uma vida próxima do normal. Isso é claro, até a voz em sua cabeça começar a alertá-lo de um assassino perigoso que está cada vez mais próximo, ameaçando destruir tudo aquilo que com muito esforço ele vem conquistando.

 

Fala galera do Porão Literário, tudo certo? Hoje minha resenha é do livro Intuição: Livro I, Perdição lançado pela editora Viseu. O livro é de autoria de Laion Okuda e a resenha foi escrita por Leonardo Santos.


"O tempo é algo cruel quando se está sonhando"

Monica vai investigar uma série de crimes violentos que aconteceram em Paraty ao mesmo tempo em que busca provas o suficiente para conectá-los a uma série de assassinatos que estão acontecendo em outras regiões do país. Ao chegar em Paraty e se defrontar com a polícia, no entanto, Monica tem uma visita um tanto inesperada. 

Agatha, uma das meninas que foi assassinada, aparece para Monica. Ainda sem entender como, Agatha parece que consegue se comunicar com os vivos através de seus sonhos, e talvez o contato com Agatha seja essencial para que a jornalista consiga descobrir quem é o assassino por trás de tanta barbaridade. 


Isso porque Agatha consegue entrar na mente do assassino através dessa sua habilidade psíquica e ver todas suas memórias. É nesse jogo extremamente perigoso que Monica pode fazer alguma justiça a Agatha e Emily, as duas meninas assassinadas. 

Em paralelo, nós acompanhamos a história do jovem Marcos. É difícil para o rapaz conseguir viver de forma tranquila por conta do quadro clínico em que se encaixa: a esquizofrenia. Como se não bastasse todo o bullying que sofre na escola de elite da qual frequenta, alguns dos sintomas mais fortes da esquizofrenia oferecem ao garoto momentos de pura agonia. 

Fiquei curioso para saber como essas duas histórias iriam se encaixar... E o resultado final desse livro é incrível. Bom, pra começar esse é meu primeiro contato com a escrita de Laion Okuda, iniciei a leitura de forma despretensiosa e fiquei impressionado com a quantidade de assuntos que o autor consegue abordar logo nos primeiros capítulos. 

Bullying, neurodivergências, abuso policial e machismo são apenas alguns dos assuntos dos quais Laion tece em seu livro ao mesmo tempo que mistura um realismo mágico banhado a cenas tensas em um suspense policial. Gostei muito da forma como Monica é apresentada como uma jornalista forte e independente, mesmo que tenha um passado triste por conta da morte de seu irmão, a personagem utiliza desse luto para buscar justiça por conta própria. 


Além disso, sua relação com Mario, seu chefe, é muito dinâmica! Acompanhar os desdobramentos desse caso se torna uma tarefa muito divertida para nós, leitores. Como se não bastasse, a parte mais fantástica do livro acaba se encaixando muito bem a obra no geral, deixando ela ainda mais complexa!

A memória também é outro fator extremamente importante nessa narrativa, é através dela que Agatha consegue entender mais um pouco dos outros personagens e a si própria! Todas as cenas que envolve o assassino são extremamente tensas e gráficas, deixando o fato de thriller em evidência. 

Outros personagens, como Dora e Thiago, por exemplo, atribuem em muito a história e principalmente aos personagens principais. Dado o final do primeiro livro, acredito que o autor tenha muito a contar ainda sobre a habilidade desses personagens e o mal que se espreita com as novas descobertas!







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leonardo Santos



Olá leitories! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 28 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Guarulhos cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

Equipe do Porão

.

Caixa de Busca

Instagram

Destaque

RESENHA: PLANETA CORAÇÃO

  Organizadores:   Tatiana Fazio Editora:  Viseu Páginas: 70 Ano de publicação: 2024 Compre através deste link. Aqui, neste lugar ...

Arquivos

LITERATURA E MÚSICA

LITERATURA E MÚSICA

Posts Populares

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Receba as novidades

Tecnologia do Blogger.

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!