.

RESENHA: O OLHO DO MUNDO - A RODA DO TEMPO #01

15 de junho de 2019


O Olho do Mundo - Col. A Roda do Tempo -  Livro 1O Olho do Mundo
Autor: Robert Jordan

Editora:
 Intrínseca
Páginas
: 798 páginas
Resenha escrita por:
 Leonardo Santos

Um dia houve uma guerra tão definitiva que rompeu o mundo, e no girar da Roda do Tempo o que ficou na memória dos homens virou esteio das lendas. Como a que diz que, quando as forças tenebrosas se reerguerem, o poder de combatê-las renascerá em um único homem, o Dragão, que trará de volta a guerra e, de novo, tudo se fragmentará. Nesse cenário em que trevas e redenção são igualmente temidas, vive Rand al’Thor, um jovem de uma vila pacata na região dos Dois Rios. É a época dos festejos de final de inverno — o mais rigoroso das últimas décadas —, e mesmo na agitação que antecipa o festival, chama a atenção a chegada de uma misteriosa forasteira. Quando a vila é invadida por bestas que para a maioria dos homens pertenciam apenas ao universo das lendas, a mulher não só ajuda Rand e seus amigos a escapar dali, como os conduz àquela que será a maior de todas as jornadas. A desconhecida é uma Aes Sedai, artífice do poder que move a Roda do Tempo, e acredita que Rand seja o profético Dragão Renascido — aquele que poderá salvar ou destruir o mundo.



Fala galera do Porão Literário, tudo certo? A resenha de hoje é extremamente especial, isso porque o livro do  qual irei falar sobre está sendo uma das experiências literárias mais intensas que eu como leitor já me aventurei. O livro em si se chama O Olho do Mundo, sendo o primeiro de uma série chamada de A Roda do Tempo. Muitos já devem ter ouvido falar desta série ou então visto algum dos livros dela em livrarias ou blogs literários, pois bem, a série é considerada uma das maiores safas fantásticas de todos os tempos. 


O Olho do Mundo foi publicado em 1990, escrito Robert Jordan por toda a série possui 14 livros! Além da grande quantidade de livros, o que impressiona é o tamanho de cada um, pra você ter ideia a média de páginas por livro fica em torno de 700, sim... SETECENTAS PÁGINAS. É muito material, mas será que vale a pena? Posso ter dado um spoiler a essa pergunta já, mas vamos lá. 

Rand, Perrin e Mat são três jovens que vivem em Campo Emond, uma vila localizada em Dois Rios. Famosa por ser pacata e bem acolhedora, todos ali se preparam para o Bel Time, um festival que comemora o fim do inverno que tanto castigou as plantações e o gado do local. 

Rumores de guerra são cantados quando visitantes chegam a cidade para o festival, assim como os boatos de que um homem com o poder do Dragão foi encontrado, tal dragão é detentor de um poder que pode causar a ruptura no mundo, trazendo assim o fim dos tempos. Entretanto tudo deixa de ser um rumor quando Trollocs (criaturas das trevas a serviço do Tenebroso) atacam Emond a procura dos três camponeses. 

Já era sábio que uma Aes Sedai estava na cidade para o festival, consideradas perigosas por qualquer mortal, as Aes Sedai são mulheres que conseguem canalizar o poder da Fonte e utilizar de forma própria. Matt, Perrin e Rand são surpreendidos ao serem abordados por uma Aes Sedai, Moiraine Sedai os avisa que as criaturas estão a procura deles por algum motivo ainda não revelado, motivo esse que só poderia ser decifrado em Tar Valon, cidade sede das Aes Sedai. Daí inicia-se uma jornada contra o tempo para chegar em Tar Valon antes das forças do Tenebroso agirem de forma definitiva. 

Acreditem que escrever essa mini sinopse foi muito complicada, isso porque o mundo criado por Robert Jordan é extremamente vasto e rico, criar uma sinopse de três parágrafos para um livro de quase 800 páginas é no mínimo desafiador. 
Todo o conceito de escrita de Jordan lembra muito Tolkien, principalmente o estilo de jornada que o autor propõe logo no início do livro, utilizo a referência ao mestre do Anel como um baita elogio, já que o autor de O Olho do Mundo conseguiu me prender logo nas primeiras páginas pelo estilo de narrativa. A introdução de personagens é feita de forma apropriada, logo não somos introduzidos a muitos personagens de uma vez só, dá tempo de irmos conhecendo cada um deles antes de novos rostos aparecerem. 

A mitologia que começa a ser desenhada nesse livro nos mostra que o mundo ambientado é rico, mesmo não sendo aprofundado de uma forma mais intensa no decorrer das páginas, temos vislumbres de povos e culturas diferentes conforme o bando vai seguindo sua jornada em direção a Tar Valon, isso não tira o foco dos personagens principais (que são muito bem construídos), pelo contrário, tal ação é responsável por aprofundar mais ainda cada um deles. 

Mesmo sendo o primeiro de quatorze livros, durante a leitura de O Olho do Mundo uma coisa que não me agradou muito foi a falta de detalhes a respeito do mundo em que a história se passa, mesmo com os protagonistas conhecendo várias cidades e pessoas diferentes, senti a carência no que se diz a respeito da política e religião das sociedades, todos falam sobre a Roda e como ela tece o destino de todos ao redor, ou então sobre os conceitos de Luz e Sombras, mas pouco disso é explicado ao leitor... Talvez seja questão de ser ampliado nos próximos livros, mas ficaria mais feliz em conhecer um pouco mais sobre essas forças tão importantes logo no primeiro livro, visto que ela é essencial pro decorrer da história. 

Por mais que o livro seja grande, não considerei ele cansativo em nenhum momento, a escrita de Robert pode ser um tanto prolixa em querer detalhar demais, mas não chega a ser cansativa visto que seu poder narrativo. 

Em suma, estou pronto para ler os outros livros da série e extremamente animado para ver o curso que a Roda irá me direcionar, espero que este mundo seja aprofundado e que a mitologia seja apresentada aos leitores. Lembrando que uma adaptação em forma de série já está sendo desenvolvida pela Amazon, sendo esta prevista para o ano que vem, mal posso esperar para assistir, porque tem potencial para ser incrível!


Nenhum comentário:

Postar um comentário



Olá leitores e leitoras! Meu nome é Leonardo Santos, tenho 24 anos, sou de São Paulo mas atualmente estou em Minas Gerais cursando Letras! Minha paixão pela leitura começou desde muito cedo, e é um prazer compartilhar minhas leituras e experiência com vocês!

.

Caixa de Busca

Conheça a equipe do Porão!

SIGA O PORÃO LITERÁRIO!

POST DO DIA

RESENHA: MOBY DICK

PROJETO "LENDO CLÁSSICOS"

SIGA NO INSTAGRAM

Categorias

ÚLTIMAS LISTAS LITERÁRIAS

Facebook

Arquivos

Leitura coletiva PJO

LITERATURA E MÚSICA

Tecnologia do Blogger.

HQ'S e Graphic Novels